Cruzeiro 0x1 Grêmio - 14/04/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa


Confrontos posteriores e anteriores
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Atlético-MG.png Gol aos  do Escudo Universidad de Chile.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Botafogo.png 2x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Fluminense.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Atlético-MG.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 7x0 Escudo Universidad de Chile.png
Contra Grêmio
Escudo Grêmio.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Grêmio.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
0 x 1 Escudo Grêmio.png
Grêmio
1ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018
Data: 14 de abril de 2018 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16h Estádio: Mineirão
Árbitro: Rodolpho Toski Marques Público pagante: 15.252
Assistente 1: Victor Hugo Imazu dos Santos Público presente: 19.285
Assistente 2: Bruno Boschilia Renda: R$ 418.305,00
R$ 418.305
Cr$ 418.305
NCr$ 418.305
Cz$ 418.305
NCz$ 418.305
(preço médio: R$ 27,43 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Grêmio:
1. Fábio 1. Marcelo Grohe
22. Edilson 2. Léo Moura
3. Léo 28. Paulo Miranda
26. Dedé Cartão amarelo recebido aos 46  (2T) 46'  (2T)   12. Cortez
6. Egídio 29. Arthur
8. Henrique 4. Walter Kannemann Cartão amarelo recebido aos 29  (2T) 29'  (2T)  
5. Ariel Cabral Substituição realizada 22'(2T) de jogo 22'(2T) ( 21. Mancuello ) 17. Ramiro Cartão amarelo recebido aos 28  (2T) 28'  (2T)  
10. De Arrascaeta 8. Maicon Substituição realizada 13'(2T) de jogo 13'(2T) ( 25. Jailson )
19. Robinho Substituição realizada 32'(2T) de jogo 32'(2T) ( 15. Rafael Marques ) 11. Everton Substituição realizada 41'(2T) de jogo 41'(2T) ( 5. Michel )
30. Thiago Neves 10. Cícero
7. Rafael Sóbis Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 99. Sassá Cartão amarelo recebido aos 40  (2T) 40'  (2T)   ) 90. André Gol aos 10 do  (2T) 10'  (2T) Substituição realizada 31'(2T) de jogo 31'(2T) ( 22. Bressan )
Técnico: Mano Menezes Técnico: Renato Gaúcho
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Grêmio:
12. Rafael
37. Lucas França
16. Rafael Marques
16. Lucas Silva
20. Bruno Silva
25. Marcelo Hermes
27. Manoel
28. Digão
34. Vitinho


Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 15h53 TIMES em campo. Cruzeiro, com camisas brancas, calções e meias azuis; Grêmio, com camisa tricolor calções e meias brancas.
  • 15h55 HINO Nacional.
  • 16h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à esquerda das tribunas, dá a saída.
  • 01 Robinho aciona Sobis, que escora pra Arrascaeta. O uruguaio chuta fraco, sem perigo.
  • 01 André joga com Maicon na direita, defesa celeste contorna a situação.
  • 02 Cortez escapa pela esquerda e aciona Everton, que ganha de Edilson na velocidade, mas leva um carrinho por trás.
  • 03 Ramiro cobra a falta jogando a bola na área. Bequeira celeste corta.
  • 04 Leo Moura tenta avançar pela direita, mas é desarmado por Arrascaeta.
  • 05 Everton recebe na esquerda, ginga em frente de Dedé, passa pelo beque, mas adianta demais a bola e Leo acaba com o ataque gremista.
  • 06 Arrascaeta tabela com Sobis, invade a área e passa a Neves. Miranda fica coma bola.
  • 07 Sobis recebe no maio do ataque e tenta acionar Arrascaeta, Ramiro corta.
  • 08 Leo Moura avança pela direita e cruza. André tenta uma bicicleta, bola sai pela linha de fundo.
  • 09 Edilson avança pela direita, Cortez despacha a bola pra lateral.
  • 10 Grêmio troca passes, Cortez aciona André, que não domina a bola.
  • 11 Neves desarma Maicon na intermediária, passa a Arrascaeta, que devolve a bola. Neves não consegue o domínio e a jogada acaba.
  • 12 PÚBLICO continua chegando ao Mineirão.
  • 13 Arrascaeta chuta de muito longe. Grohe defende sem problemas.
  • 14 Sobis ajuda muito a defesa, mas não aparece na área gremista.
  • 15 POSSE DE BOLA: Grêmio, 60%.
  • 16 Everton recebe na esquerda e passa a Cortez, nas costas de Edilson. O lateral-esquerdo não domina.
  • 17 TORCIDA não consegue se empolgar com um jogo sem lances agudos.
  • 18 Henrique desarma Kannemann na meiuca, mqw é derrubado pelo beque tricolor.
  • 19 Robinho cobra a falta no segundo poste. Dedé sobe de cabeça, Grohe fica com a bola.
  • 20 Edilson avança pela direita, tenta driblar Cortez, que escanteio a bola.
  • 21 Neves cobra corner fechado. André escanteia a bola novamente.
  • 22 André briga pela bola na intermediária e comete falta.
  • 23 Everton domina na esquerda, tenta avançar, mas sai coma bola pela lateral.
  • 24 Grêmio joga melhor. Cruzeiro não consegue articular jogadas ofensivas de boa qualidade.
  • 25 ORGANIZADAS presentes: Rapozama, Lavras, Itatiaiuçu, Varginha, China, FanatiCruz, Pavilhão, Máfia, Jovem, Cachazeiros, Motozeiros, Rasta, Geral.
  • 26 Everton rouba a bola na intermediária, avança pela esquerda, dribla Dedé, Leo aparece na cobertura e acaba coma farra.
  • 27 CRUZEIRO não jogo, apenas cerca.
  • 29 Ramiro cruza, bequeira celeste corta, Maicon domina e aciona André, que toca pra Everton. O atacante invade a área, mas é brecado por Dedé.
  • 30 Cícero cabeceia bola de corner, Fábio defende no centro do gol.
  • 31 Neves cobra corner fechado. Cortez desvia de cabeça pra trás, Grohe fica com a abola.
  • 32 Robinho cobra corner na direita, bola passa pelo primeiro poste, quica na pequena área, mas Cabral comete falta na disputa pelo alto.
  • 34 Henrique aciona Sobis na direita. Kannemann impede o cruzamento.
  • 35 Robinho cobra falta pro meio da área. Bequeira tricolor corta.
  • 37 Leo Moura é acionado na direita, adianta demais a bola e comete falta em Arrascaeta.
  • 38 Robinho e Sobis tentam jogada pelo meio, defesa tricolor está bem postada e a jogada não prospera.
  • 39 Sobis chuta de fora da área, bola si pela lina de fundo.
  • 40 Juiz escorrega e vai ao chão. Nada grave.
  • 43 Cortez cruza da esquerda, bola vai en cima da biqueira celeste.
  • 44 Cícero, na esquerda, passa a Everton, na entrada da área. Defesa celeste corta.
  • 45 Neves avança pelo meio e chuta. Bola acerta Maicon.
  • 46 FIM de 1º tempo. Grêmio jogou com a bola no pés, Cruzeiro errou muito e criou pouco.
  • NEVES: A gente também está marcando. Começamos mal e o Grêmio toca bem a bola. A gente não quer abrir o meio. O Grêmio dá contrataque. A gente tem que aproveitar mais. Temos um homem sempre sobrando pra caprichar no passe ou no cruzamento pra fazer o gol.
  • ANDRÉ: Bastante feliz. Setenta dias parado, pra quem está acostumado a jogadr de três em três dias é muita coisa. Falta ritmo, coisa que só vai ter quando tiver sequência. Pra começo tá bom. Os dois times com posse de bola. É voltar ligado pra vencer. Feliz também por ver o Dedé em campo. Merece estar em campo. Quem errar menos vence.

Segundo Tempo

  • 17h02 COMEÇA o 20 tempo. Grêmio dá a saída.
  • 46 TROCA. Sobis x Sassá.
  • 46 Neves chuta de fora da área. Kannemann tenta cortar e fura, Grohe defende.
  • 47 Cortez avança pela esquerda, mas sofre falta de Edilson. Lateral-esquerdo gremista perde a chuteira no lance.
  • 48 Henrique avança em velocidade pelo meio e passa a Sassá. Ramiro desarma o centroavante celeste.
  • 49 Leo Moura ataca pela direita, mas sofre falta de Egídio.
  • 50 Leo Moura cobra a falta pra área. eo corta.
  • 51 Ramiro cabeceia, Leo corta.
  • 52 Egídio cruza da esquerda, Arthur cabeceia pra trás. Maicon corta.
  • 52 Everton contratada pela esquerda, mas erra o passe pra Ramiro.
  • 53 Egídio cruza da esquerda, Leo Moura carrinha pra escantear a bola.
  • 53 Neves cobra corner, bola passa por todo mundo e sai pela lateral.
  • 54 Leo Moura aciona Ramiro, que dribla Egídio e cruza da direita. Everton desvia de cabeça, André, livre, manda a bola pra rede. GRÊMIO 1×0.
  • 55 1º GOL do Brasileiro 2018.
  • 56 Neves invade a área e chuta cruzado. Grohe voa pra defender.
  • 57 AMARELO. Cabral, por falta em Arthur.
  • 58 Cruzeiro desperta e vai em busca do empate.
  • 59 TROCA. Maicon x Jaílson.
  • 60 Cortez aciona Everton na esquerda, bola rápida demais.
  • 61 DEFESAÇA. Everton entorta Dedé e chuta forte, rasteiro. Fábio voa pra escantear a bola.
  • 62 Corner cobrado na esquerda, nada acontece.
  • 63 Everton chuta de longe, bola bate em Leo e sai a corner.
  • 64 Ramiro cobra corner, Egídio corta.
  • 65 CÃIBRAS. Paulo Miranda cai, coma perna direita travada.
  • 66 TROCA. Cabral x Mancuello.
  • 67 Grêmio troca passes. Leo Moura conduz a bola e é parado com falta.
  • 68 Arthur recebe falta por trás, de Mancuello.
  • 69 Ramiro lança Arthur, Fábio sai e fica com a bola.
  • 70 Edilson cruza, Paulo Miranda corta.
  • 70 Arrascaeta avança pela esquerda e chuta. Grohe defende.
  • 71 AMARELO. Ramiro.
  • 72 Arrascaeta dispara rumo à área tricolor, mas é parado por carrinho criminoso de Kannemann.
  • 73 VERMELHO. Kannemann, prlo carrinho criminoso em Arrascaeta.
  • 74 JOGO PARADO, por conta do chororô gremista.
  • 75 TROCA. ROBINHO x Rafael Marques.
  • 76 TROCA: André x Bressan.
  • 77 Edilson cobra a falta, buscando o ângulo direito, bola desvia na barreira, amortece, vai em direção à linha de fundo fica com Grohe.
  • 78 Arthur arranca pelo meio, perde a bola, Cícero a recupera, mas erra o passe.
  • 79 Everton contratada em velocidade pelo meio, mas erra o passe, cai no gramado, recupera a bola e passa a Arthur, que sofre falta de Sassá.
  • 80 NENHUMA INSPIRAÇÃO. Cruzeiro pressiona o Grêmio, mas sem jogadas trabalhadas.
  • 84 TROCA. Everton x Michel.
  • 85 Neves tenta a inversão de jogada pra Arrascaeta, aberto na esquerda, bola corre muito e sai pela linha de fundo.
  • 86 CERA. Cícero divide com Dedé e fica caído.
  • 88 SETE MINUTOS de acréscimo. E é pouco, pela cera que o Grêmio fez.
  • 89 Cortez escapa pela esquerda, após passe de Michel. Dedé chega atrasado e comete falta.
  • 90 AMARELO. Dedé, pela falta em Cortez.
  • 91 Mancuello recebe dentro da área e finaliza de pé esquerdo, de prima. Paulo Miranda corta na frente do arco tricolor.
  • 92 Bola sobre a área, Paulo Miranda corta de cabeça.
  • 93 Edilson avança pela direita e joga a bola na área. Bequeira gremista corta.
  • 95 QUASE! Edilson lança bola na área, Dedé sobe de cabeça, Arrascaeta chuta cruzado, rasteiro, de prima. Bola raspa o poste direito e sai pela linha de fundo.
  • 96 DEFESAÇA. Mancuello chuta forte bola lançada na área gremista, Grohe voa e faz defesaça.
  • 97 FIM de jogo.
  • ANDRÉ: “Graças a Deus, pude fazer o gol. Pra mim, que fiquei esse tempo todo sem jogar, nessa negociação que não foi fácil, poder jogar, estrear fazendo gols me deixa muito feliz. É o que o Renato falou. A gente vai entrar em todos os campeonatos para buscar o título”.

Vídeos

Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE mostrou que aprecia mais o Rural do que o Morrinhão. Compareceu em quantidade bem inferior aos jogos do estadual e não teve ânimo pra empurrar o time o tempo todo. Teve lampejos de entusiasmo e nada mais.
  • FÁBIO não teve culpa no gol, praticou uma defesaça num chute de Everton e mais não fez porque o adversário não exigiu.
  • EDÍLSON começou bem, buscando a linha de fundo pra cruzar, mas caiu na real, quando percebeu que Everton estava esfogueado e recolheu-se à lateral, passando a maior parte do jogo despercebido.
  • DEDÉ foi driblado, perdeu disputas diretas, apelou pra falta quando as pernas não ajudam a acompanhar o atacante adversário, fez ligações direitas inúteis e não impediu gol de bola cruzada. Mas também venceu disputas direitas, cortou bolas pelo alto e por baixo. Foi, enfim, um jogador de futebol normal e não um Deus, como torcedores afoitos garantiam que seria. E é melhor que assim seja, pois, time que se fia em milagreiros não se ajusta no coletivo, o que é o mais importante.
  • LEO marcou bem, rebateu bem, fez coberturas precisas de Dedé e Egídio. O melhor do jogo. Sem fazer estardalhaço.
  • EGÍDIO foi driblado no lance do gol e isto foi tudo o que o torcedor de rede viu. Os lances em que ele venceu as disputas e o apoio ao ataque não foram registrados pelo olhar viciado dos tolos.
  • HENRIQUE fez uma excelente partida, como quase sempre. Mesmo diante do melhor meio de campo do futebol brasileiro, deu jeito de apoiar o ataque algumas vezes. Na marcação, ficou mais recuado e centralizado, posto que os ponteiros recuaram muito pra dobrar a marcação nas laterais, dispensando-o de correr feito louco pra coberturas, como em outros jogos.
  • CABRAL fez uma partida discreta, mas não ruim, como os chatos estão escrevendo nas redes. Marcou por zona, deu bons passes e, só uma vez, tirou o terno, vestiu o macacão, abriu a caixa de ferramentas e deu marretada no adversário. Prum volante argentino, uma cacetada só até que não foi demais. Saiu pra entrada de Mancuello, um volante mais ofensivo.
  • ROBINHO ajudou muito a defesa, recuando pra dobrar a marcação. Deve ter sido por isto, que pouco criou no ataque. saiu mais cedo, pro time ter dois homens de área.
  • NEVES não ajudou muito na marcação, não criou jogadas, nem finalizou. Na etapa inicial, por falta de um atacante com quem dialogar, pois Sobis resolver jogar na defesa. Na etapa final, tinha Sassá na área, mas parece ter faltado fôlego.
  • ARRASCAETA foi o melhor do meio pra frente, buscando as jogadas individuais, já que o time não funcionva coletivamente. Ajudou a defesa pelo lado esquerdo e, por pouco, não empatou a partida numa finalização de prima nos estertores do jogo.
  • SOBIS não foi nove, nem falso nove. Resolveu, por conta própria ser secretário do Edilson, irritando o técnico que o sacou no intervalo. Foi, a bem da verdade, um bom secretário de lateral, mas não era disso que o time precisava.
  • MANCUELLO entrou pra criar jogadas de ataque e foi o que tentou fazer. Em seu melhor momento, quase empatou o jogo com bela finalização.
  • SASSÁ brigou muito, mas sem ajuda, pois o time celeste parece não saber o que fazer com um centroavante.
  • MARQUES entrou pra jogar na área e, quem sabe, se valer de sua altura pra cabecear uma bola decisiva. Mas ele não teve bola pra fazer o que se pedia, até porque Dedé, que virou centroavante, é mais eficiente neste quesito e não deixa passar bola alta.
  • MANO acertou ao não expor seu time num jogo franco desde o início. O Grêmio não pode ter facilidades, pois tem um entrosamento invejável. Assim, os meias recuaram pra ajudar os laterais, os volantes saíram pouco e os laterais atacaram ainda menos. Houve exageros, como Sobis secretariando Edilson. Com a entrada de Sassá, os beques do Grêmio tiveram o que fazer, mas o centroavante não recebeu bons passes, nem lançamentos e bolas cruzadas. Quem precisava criar as jogadas não fez o que devia. Neves e Robinho passaram em branco no quesito criatividade. Arrascaeta buscou as jogadas individuais e deu trabalho à defesa adversária. Finalmente, Mancuello, que entrou pra organizar o meio e o ataque, não teve com quem dialogar e limitou-se a uma boa finalização. O Cruzeiro não teve volume, embora tenha criado ao menos três boas chances de gol, tantas quando o Grêmio. Mas a sensação foi a de que os gaúchos massacraram, tamanha a posse de bola que tiveram. Mas não foi bem isto o que aconteceu e o placar magro é o que melhor traduz o jogo real e não o das redes sociais, sempre dramáticas.
  • CRUZEIRO foi dominado e mereceu a derrota, mas não como se leu nas redes, onde o caso foi de vareio, massacre, ficar na roda e sandices que tais. No fim das contas, teve tantas chances de gol quanto o adversário. A estratégia parece ter sido deixar o Grêmio jogar, mas bloquear as laterais pra evitar as bolas cruzadas. E foi assim, de bola cruzada, que levou o gol. Do goleiro aos volantes, o time fez boa partida. Na frente, foi cada um por si, sem jogo coletivo.
  • GRÊMIO fez seu jogo habitual, com toque de bola caprichado e marcação ajustada. Teve volume de jogo, mas criou pouco pra tanta posse de bola. Everton, Arthur, Ramiro, Cícero e Maicon foram os destaques. Grohe apareceu bem quando foi exigido, Miranda dominou a área e os laterais, Moura e Cortez, se apresentaram pro jogo. De chato, a cera. Como sempre, depois que faz seu gol, o tricolor não deixa o jogo seguir.
  • ÁRBITROS aplicaram as regras do jogo. Só reclamou deles quem é muito burro e não entende da missa metade.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Enfrentamos o campeão da Libertadores, time que vem jogando futebol de alta qualidade nos últimos três anos, e impôs as dificuldades que, quando outro time não está bem como não estivemos, ficam grandes. Em determinados momentos, a impressão foi de que não tínhamos condições de vencer, nem de segurar o resultado. Tivemos as maiores dificuldades no 1º tempo, com poucos contrataques. Mas o Grêmio controlou bem o jogo. No 2º, diminuimos um pouco a diferença, fizemos a alteração do Sassá pra definir mais a equipe, mas mesmo assim sofremos no meiocampo, tomamos o gol da maneira que não era pra tomar e que deu condição pro adversário administrar. Com a expulsão do Kannemann, a gente foi sufocar, mas sem organização, só no abafa pra empatar. Até criamos, mas não fizemos e saímos derrotados. Quando se é dominado da forma que fomos, é porque faltou posicionamento, força, vigor, porque quando não se consegue de um jeito tem que tentar de outro. É preciso ter outros mecanismos, que não são os ideais, um tipo de solução que a gente não encontrou.
  • FÁBIO: Deixamos o Grêmio ficar dentro das características dele, de tocar a bola. Aí, eles controlaram a partida e não tivemos forças pra reverter.
  • HENRIQUE: Deixamos eles jogarem e correr atrás de uma equipe que gosta da posse de bola é mais difícil. Eles tiveram a felicidade de fazer o gol. O Cruzeiro teve bons momentos, mas o Grêmio teve momentos ainda melhores e venceu.
  • SUPERESPORTES: Durante praticamente todo o tempo, o Grêmio controlou a partida e usou a posse de bola como maior arma pra segurar o Cruzeiro. O time celeste, por sua vez, não conseguiu evitar que o adversário lançasse mão desse artifício, esteve apático e criou pouco.
  • FÁBIO VELAME: O time celeste foi inofensivo no 1º tempo e desorganizado no 2º. Tirando a chance do Neves, logo após o gol do Grêmio, o resto foi bumba-meu-boi. Sobis continua sendo menos um e os meias Robinho, Neves e Arrascaeta pouco produziram. O uruguaio ainda conseguiu uma expulsão de um gremistas, já os outros dois…
  • TATO: Mano liberou os jogadores mais jovens e montou um elenco com muitos veteranos. Agora não adianta reclamar da falta de vigor…
  • ERNESTO ARAÚJO: O time celeste não teve articulação ofensiva. Na primeira metade da etapa inicial, deu raiva ver diversas tentativas inócuas de trocar passes próximo à area gremista. Sem falar nos três cruzamentos seguidos que explodiram no marcador e foram parar na linha de fundo. Irritou também o excesso de escanteios batidos à meia-altura.
  • MAURO FRANÇA: O Grêmio teve maior posse mas não a transformou em volume de jogo. Criou apenas dois lances de perigo em todo o jogo e fez um gol. O problema do Cruzeiro não são os volantes, e sim a linha de meias. Apenas Arrascaeta jogou. Robinho e Neves foram nulos, tanto na criação quanto na recomposição. Volantes têm que marcar e sair pro jogo e aí fica difícil.
  • REINALDO DRUMOND: Derrota merecida do time de um técnico que joga pra não perder e não pra vencer.
  • MATHEUS PENIDO: Jogo modorrento. O time do Gremio é muito bom, masnão é muito objetivo. Mano sempre aposta tudo numa retranca, o que é um convite pra tirar uma soneca na frente da televisão.

Fontes

Transmissão

  • PPV