Cruzeiro 0x0 Unión Española - 28/04/1994

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 4x0 Escudo Uberlândia.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Atlético-MG.png
Por Copa Libertadores da América
Escudo Unión Española.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x2 Escudo Grêmio.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 4x0 Escudo Uberlândia.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Atlético-MG.png
Contra Unión Española
Escudo Unión Española.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →

Índice

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
0 × 0 Escudo Unión Española.png
Unión Española
2º jogo das Oitavas de Final da Taça Libertadores 1994
Data: 28 de abril de 1994 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 21:35 Estádio: Mineirão
Árbitro: Ernesto Filipi Público pagante: 23.919
Assistente 1: Saul Feldman Público presente: Não disponível
Assistente 2: Hector Bonora Renda: Cr$ 97.503.000,00 R$ 97.503.000
Cr$ 97.503.000
NCr$ 97.503.000
Cz$ 97.503.000
NCz$ 97.503.000
(preço médio: Cr$ 4.076,38 )
Súmula: Súmula do jogo
Escalações
Cruzeiro: Unión Española:

1. Dida 1. Gerardo Rabajda
2. Paulo Roberto Cartão amarelo recebido aos  (1) Cartão vermelho recebido aos 44  (2T) 44'  (2T)   2. Pablo Galdames
3. Célio Lúcio 3. Mario Lucca Cartão amarelo recebido aos
4. Luizinho 4. Mauro Donoso Cartão amarelo recebido aos
5. Nonato Cartão amarelo recebido aos  (1) 5. Claudio Figueroa
6. Ademir 6. Ricardo Perdomo
7. Rogério Lage Substituição realizada 1' (2T) de jogo 1' (2T) ( Cleison ) 7. Ricardo Rojas Cartão vermelho recebido aos 30  (2T) 30'  (2T)  
8. Luís Fernando Flores Substituição realizada 31' (2T) de jogo 31' (2T) ( Macalé ) 8. Mario Salas
9. Ronaldo 9. Sierra Cartão amarelo recebido aos
10. Catê 10. Juan Carreño Substituição realizada 24' (2T) de jogo 24' (2T) ( Carlos Morales ) Cartão vermelho recebido aos 44  (2T) 44'  (2T)  
Técnico: Ênio Andrade Técnico: Nelson Acosta
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Unión Española:

O jogo

Na quarta-feira, 28abr94, os pouco mais de 24 mil torcedores que foram ao Mineirão acreditavam que o Cruzeiro pudesse vencer por mais de dois gols de diferença e avançar para as quartas de final.

Os planos começaram a mudar logo aos 8 minutos de jogo. Num lance isolado, sem bola, Roberto Gaúcho acertou um soco no lateral chileno e foi sumariamente expulso. Com dez, as dificuldades para furar o bloqueio chileno aumentaram ainda mais. O Unión Española arriscou alguns ataques. No melhor deles, Dida fez milagre para defender um chute da entrada da área.

No 2º tempo, o goleiro Tabajda se transformou numa muralha. Fez ótimas defesas, uma delas numa cabeçada de cima para baixo de Ronaldo, que ele defendeu no canto direito baixo. Para complicar, no auge da pressão, Paulo Roberto revidou uma entrada com uma cotovelada e também foi expulso. Dois chilenos também foram expulsos, mas o Cruzeiro já não tinha forças para reagir.

O 0×0 melancólico fechou a quinta participação do clube na história da Libertadores, a mais fraca até então. Uma campanha bem aquém das possibilidades daquele time.

Fonte

  • Blog PHD
  • Livro Almanaque do Cruzeiro Esporte Clube 1921-2013- RIBEIRO, Henrique - Caxias do Sul-RS: Editora Belas Letras Ltda., 2014. 405