Cruzeiro 0x0 Botafogo - 18/08/2002

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Palmeiras.png Gol aos do Escudo Ponte Preta.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Palmeiras.png Gol aos do Escudo Ponte Preta.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Palmeiras.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Bahia.png
Contra Botafogo
Escudo Botafogo.png 3x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x2 Escudo Botafogo.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
0 × 0
Escudo Botafogo.png



Informações

Data: 18 de agosto de 2002 às 16:00
Local: Belo Horizonte, MG
Estádio: Mineirão

Árbitro: Antônio Pereira da Silva
Assistente 1: Flávio Gilberto Kanitz
Assistente 1: Geraldo Castro


Público e Renda

Público pagante: 11.155
Público Presente: Não disponível
Renda: R$ 57.251,00 R$ 57.251 <br />Cr$ 57.251 <br />NCr$ 57.251 <br />Cz$ 57.251 <br />NCz$ 57.251 <br /> (preço médio: R$ 5,13 )


Escalações

Botafogo
1. Carlos Germano
2. Cleberson
3. Odvan
4. Leonardo Inácio
5. Almir Substituição realizada 32' (2T) de jogo 32' (2T) ( Carlos Alberto )
6. Anderson
7. Bruno
8. Esquerdinha Substituição realizada 18' (2T) de jogo 18' (2T) ( Camacho )
9. Galeano
10. Lúcio
11. Dudu Substituição realizada 27' (2T) de jogo 27' (2T) ( Ademílson )
Técnico: Arthur Bernardes


Reservas que não entraram na partida


Jogo

Num jogo fraco tecnicamente, Cruzeiro e Botafogo empataram por 0 a 0, neste domingo à tarde, no Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo foi válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Foi o primeiro jogo de Vanderlei Luxemburgo no comando do Cruzeiro.

Com o resultado, os dois times continuam sem vencer no campeonato. Tanto Cruzeiro como Botafogo empataram dois jogos e perderam um cada, somando apenas dois pontos e ocupando posições ruins na tabela do Brasileirão.

Com muito equilibrio no meio-de-campo, a partida começou sem que nenhuma das duas equipes dominasse as ações. A primeira oportunidade foi do Botafogo. Aos três minutos, Almir cobrou falta e a bola foi para fora, com perigo. A resposta do Cruzeiro veio aos 14 minutos, Jussiê recebeu na área e chutou, mas a bola bateu em Odvan e saiu.

O Cruzeiro passou a dominar o jogo, explorando as deficiências da defesa alvinegra. Aos 17 minutos, Joãozinho foi lançado na área e chutou na rede, pelo lado de fora. Aos 26 minutos, Joãzinho avançou pelo meio e arriscou para fora, assustando Carlos Germano.

Um minuto depois a resposta alvinegra. Lúcio, com um belo toque, deixou Leonardo Inácio na cara do gol. O lateral chutou para fora. Aos 33 minutos, Jorge Wagner arriscou de fora da área, Carlos Germano deu rebote e teve que fazer arrojada defesa aos pés de Fábio Júnior.

A última chance do primeiro tempo foi do Cruzeiro, aos 44 minutos. Maicon cruzou da direita e Fábio Júnior cabeceou para fora, sobre o gol alvinegro.

O segundo tempo começou com o mesmo panorama. O Botafogo fechado na defesa, tentando os contra-ataques,e o Cruzeiro, sem sucesso, buscando furar o bloqueio defensivo dos cariocas. Aos dois minutos, Jorge Wagner cobrouscanteio e Luisão cabecou sobre o gol.

A pressão cruzeirense continuou. Aos cinco minutos, Ruy recebeu na área e chutou forte, Carlos Germano deu rebote e Cléberson afastou o perigo. Dois minutos depois, Joãozinho arriscou de fora da área e Carlos Germano cedeu escanteio.

Aos 18 minutos, Alessandro avançou pela esquerda e chutou cruzado para fora. Aos 24 minutos, Joãozinho avançou pela esquerda, se livrou da marcação de Odvan, mas chutou prensado com a zaga. Aos 32 minutos, Ademílson puxou contra-ataque pela direita, se livrou de Cris, mas chutou em cima de Luisão. Um minuto depois, Leandro avançou pelo meio da defesa alvinegra e chutou para grande defesa de Carlos Germano.

O Botafogo assustava nos contra-ataques. Aos 36 minutos, Lúcio foi lançado pela esquerda e cruzou para a área. Jefferson se antecipou a Ademílson, que esperava para marcar. Na última chance do jogo, aos 43 minutos, Jorge Wagner cobrou falta e a bola raspou a trave de Carlos Germano.[1]

Referências

Transmissão

  • Globo
  • SporTV
  • PPV