Cruzeiro 0x0 Atlético-GO - 20/05/2012

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 1x2 Escudo Atlético-PR.png Gol aos do Escudo Náutico.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Cruzeiro.png 6x1 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Escudo Náutico.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Parque do Sabiá
Escudo Cruzeiro.png 2x3 Escudo América-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Ponte Preta.png
Contra Atlético-GO
Escudo Cruzeiro.png 3x2 Escudo Atlético-GO.png Gol aos do Escudo Atlético-GO.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
0 × 0
Escudo Atlético-GO.png



Informações

Data: 20 de maio de 2012 às 18:30
Local: Uberlândia, MG
Estádio: Parque do Sabiá


Público e Renda

Público pagante: 3.952
Público Presente: Não disponível
Renda: R$ 89.775,00 R$ 89.775 <br />Cr$ 89.775 <br />NCr$ 89.775 <br />Cz$ 89.775 <br />NCz$ 89.775 <br /> (preço médio: R$ 22,72 )


Escalações

Cruzeiro
  1.  Fábio
  2.  Marcos Martins Substituição realizada de jogo ( 14. Diego Renan Simbolo jogador base.png )
  3.  Léo
  4.  Alex Silva Substituição realizada de jogo ( 13. Victorino )
  5.  Amaral Cartão amarelo recebido aos  (1)
  6.  Marcelo Oliveira
  7.  CharlesSimbolo jogador base.png
  8.  Souza Silva
  9.  Wellington Paulista
10.  Montillo
11.  Everton Cartão amarelo recebido aos  (1) Substituição realizada de jogo ( 18. Anselmo Ramon  Cartão vermelho recebido aos )
Técnico: Celso Roth

Atlético-GO
  1. Roberto
  2. Joilson
  3. Gilson Cartão amarelo recebido aos
  4. Paulo Henrique Cartão amarelo recebido aos
  5. Pituca
  6. Ernandes
  7. Marinho Substituição realizada de jogo ( 16. Juninho )
  8. Fernando Bob
  9. Digo Campos Substituição realizada de jogo ( 17. Felipe )
10. Bida
11. Elias Substituição realizada de jogo ( 18. Willian )
Técnico: Adilson Batista


Reservas que não entraram na partida


Pré-Jogo[editar]

No Cruzeiro estreia no técnico Celso Rorth. que só não pode contar com Roger Galera, suspenso.

No AtléticoGO, a atração é o treinador Adílson Batista, que recusou convite para voltar ao Mais Querido de Minas.

O goleiro Márcio, o lateral Rafael Cruz, o atacante Marcão, Felipe Brisola e beque Leonardo estão lesionados e não jogam.

O Parque do Sabiá é o melhor estádio do Brasil. Mas o público não deverá ser grande.

Lance a lance[editar]

Primeiro Tempo[editar]

  • 18h27 – Times em campo com uniformes tradicionais.
  • 16h59 – Pouca gente no Parque do Sabiá.
  • 18h30 – Começa o jogo. Dragão, à direita das tribunas, dá a saída.
  • 00 – Reservas do Cruzeiro: Rafael
 Monteiro, Victorino, Diego Renan, Diego Arias, Wallyson, Walter, Anselmo Ramon.
  • 04 – WP recebe lançamento de Souza, dentro da área, mas está impedido.
  • 06 – Montillo desce pela direita, vai à linha de fundo e cruza. Paulo Henrique rebate, Souza chega chutando, bola passa or cima do travessão.
  • 07 – Bida recebe lançamento nas costas da bequeira, na marca do pênalti, mas arremata mal e a bola sai à esquerda de Fábio.
  • 08 – Gilson chega feito maluco e levanta Montillo próximo à área do Dragão. Falta.
  • 08’30”- Amarelo! Gilson pelo chambão em Montillo.
  • 09 – Amaral cobra a falta com uma bomba, rasteira. Roberto defende com segurança.
  • 09’30”- Amaral derruba Marino na entrada da área celeste. Falta.
  • 11 – Elias cobra com a canhota, por cobertura, na forquilha esquerda. Fábio espalma. Corner.
  • 12 – Diogo Campos chega à linha de fundo, pela esquerda e cruza forte. Leo Simões rebate com um bico, que acerta em Marino e vai para a linha de fundo.
  • 13 – Dragão toca a bola na intermediária celeste em busca de espaço para golpear.
  • 14 – Paulo Henrique recebe passe na área celeste, mas conclui mal. Tiro de Meta.
  • 14’30”- Marcos recebe passe de Montillo, mas deixa a bola escapar pela lateral. Torcida vaia.
  • 15 – Celso Roth aplaude Marcos, dando uma força ao lateral.
  • 16 – Souza cobra falta pela direita, Leo Simões cabeceia pra fora.
  • 17 – Alex Silva ca[ido no meio de campo. Victorino está no aquecimento.
  • 17’30”- Troca! Alex Silva por Victorino.
  • 18 – Dr. Sérgio Freire informa: Alex Silva torceu o joelho, sozinho.
  • 19 – Defesaça! Elias passa a Bida, que solta uma bomba. Fábio defende.
  • 20 – AtléticoGO domina a partida. Seus volantes jogam, os do Cruzeiro, não.
  • 20’30”- Amarelo! Francisco Everton, por reclamação. Justa, por sinal, pois um juiz inverteu falta..
  • 21 – Bida cobra falta, Fábio defende.
  • 22 – Marino cruza da direita, Amaral corta. Corner.
  • 23 – Elias cobra escanteio, Marino cabeceia, Fábio defende.
  • 24 – Montillo cruza da direita, Roberto defende pelo alto.
  • 25 – Reversões de lateral: duas, uma de cada time, em sequência.
  • 26 – Bola cruzada da direita, Elias faz o corta-luz, Diogo Campos não aprece para a finalização. Victorino corta.
  • 27 – Montillo cruza da direita. Pra fora.
  • 28 – Chelsea! 13 partidas com 3 atacantes, 12 com 2 e, hoje, com um só.
  • 29 – Milagre! Souza chuta, Francisco Everton arremata da pequena área, mas Roberto fecha o ângulo e defende.
  • 30 – Bida cobra falta, Fábio salta e corta de soco.
  • 31 – Souza prende a bola na ponta direita e consegue um lateral.
  • 31’30”- Montillo cruza, mas WP comete falta em Paulo Henrique, dentro da área.
  • 32 – Charles erra no ataque, Amaral conserta com um bico.
  • 33 – Perigo! Fernando Bob entra na área celeste, mas é prensado por Leo Simões quando arremata.
  • 34 – Pudo da vita! Bida entra na área celeste pela direita, Charles chega na cobertura, cece escanteio e dá uma bronca geral.
  • 35 – Fernando Bob chuta de longe, bola passa por cima do travessão.
  • 36 – Montillo recebe falta na ponta esquerda.
  • 37 – Amaral cobra falta, Victorino marca o gol, mas está impedido e bandeira dedura.
  • 38 – Marcos cruza da direita, Francisco Everton disputa bola com o goleiro. E perde.
  • 39 – Victorino faz lançamento de 50 metros para marcos, que tenta jogada inividual. Amaral fica com a bola e passa a Montillo. Jogada ;e desfeita pela defesa goiana.
  • 40 – Cruzeiro equilibrou o jogo
  • 41 – Inacredutável! Montillo recebe de Souza, entra na área, pela direita, cruza, Francisco Everton arremata, Roberto defende, Charles apanha o rebote e chuta, de dentro da pequena área. Bola explode na bequeira e sai da área.
  • 42 – WP recebe lançamento perfeito de Montillo, na entrada da área, e chuta forte. Bola sai à esquerda de Roberto.
  • 43 – AtléticoGO trabalha bola na intermediária celeste, sem pressa. Defesa do Cruzeiro é envolvida.
  • 44 – Marcelo Oliveira impede cruzamento de Marino na direita,
  • 45 – Roberto cobra tiro de meta tentando uma ligação direta.
  • 45’30”- Posse de bola: Cruzeiro, 53%
  • 46 – Fim de 1º tempo. Placar justo.
  • Marcos: “Vaia acontece, qualquer um passa por esta situação, é complicado, mas a gente tem de dar o máximo dentro de campo e mostrar que tem personalidade.”
  • Bida: “Jogo deve ser decidido no meio de campo, se a gente aumentar apegada pode até vencer.”

Segundo Tempo[editar]

  • 19h30 – Dragão em campo, sem alterações.
  • 19h31 – Paulo Henrique: “Há 7 anos eu não jogava aqui em Uberlândia, que é minha cidade, estou feliz.”
  • 19h33 – Cruzeiro volta a campo em lugar de Marcos.
  • 18h34 – Começa o 2º tempo.
  • 00 – Troca! Marcos por Diego Renan. Sistema de som informa alteração, torcida comemora.
  • 01 – Cruzcredo! Francisco Everton cobra lateral, Montillo devolve, bola sai pela lateral.
  • 01’30”- Marino deixa Marcelo Oliveira na saudade e cruza pela direita. Fábio defende.
  • 02 – Souza passa a Francisco Everton, que devolve mal, no pé de um adversário.
  • 03 – Bola alta na área celeste. Fábio sobe e cata.
  • 03’30”- Adílson Batista está agitado na beira do campo.
  • 04 – Diego Renan tenta tabelar com Montillo, que está impedido.
  • 05 – Terrível! Cinco minutos de erros dos dois lados. Nada dá certo. Pelad monumental.
  • 06 – Joilson lança Elias que, dentro da área, tenta arrematar, mas é impedido por Amaral que cede escanteio.
  • 07 – Bola sobre a área celeste, defesa passa aperto, mas Amaral dá um chutão e limpa o espaço.
  • 08 – Marcelo Oliveira recua na fogueira, Fábio limpa a área com um chutão.
  • 09 – Dragão voltou a jogar bola e já tomou conta da partida.
  • 10 – Cruzeiro toca bola, sob pressão terrível dos goianos.
  • 11 – Até que enfim! Souza lança Montillo, que gira na entrada da área e arremata rasteiro, com a direita. Roberto salta e defende à sua direita.
  • 12 – Bida chuta de longe. Bola se erde no espaço.
  • 13 – Leo Figueiredo, comentarista do PFC: “Montillo e Bida são os melhores em campo.”
  • 14 – AtléticoGO tarbalha a bola no atque, Cruzeiro fica na roda.
  • 15 – Bida tenta jogada pela esqeurda, mas sai com a bola pela linha de fundo.
  • 16 – Perigo! Elias chuta de fora da área, bola sai rente à forquilha direita.
  • 17 – Milagre! Souza cruza da direita, WP sobe e cabeceia pra baixo, no canto esquerdo. Roberto voa e defende.
  • 18 – Troca! Francisco Everton por Anselmo Ramon.
  • 19 – Leo Simões desarma ataque do AtléticoGO, sai jogando, mas lança no vazio.
  • 20 – Quase! Souza cruza da direita, WP sobe e cabeceia tirando a bola de Roberto, mas ela sai rente ao poste direito do arco goiano.
  • 21 – Outra! Montillo faz bela jogada pela direita e chuta forte. Roberto espalma pra escanteio.
  • 22 – Troca! Elias por William.
  • 23 – Souza cobra escanteio pela direita, Fernando Bob fica com a bola e sai jogando.
  • 24 – Pituca tenta ligação direta. E erra redondamente.
  • 25 – Perigo! Amaral comete falta em Joilson na entrada da área. Bida cobra com a direita, tirando da barreira. Bola fica na rede, pelo lado de fora. Torcida rubronegra, do lado oposto, comemora o falso gol.
  • 26 – Montillo joga bola na área, Joilson fica com ela.
  • 26’30”- Amarelo! Amaral chega duro em Bida, por trás.
  • 27 – Paulo Henrique derruba Montillo, que pede cartão para o atleticano. Juiz nega.
  • 28 – Perigo! Souza cobra falta, estabelece-se uma tremenda baderna na área atleticana, Souza apanha o rebote e chuta de fora. Bola sai à direita de Roberto, com perigo.
  • 29 – Vermelho! Anselmo Ramon por xingar o bandeira Marcos Santos Pessanha.
  • 29’30”- Jogadores do Cruzeiro cercam Juiz e Bandeira.
  • 30 – Anselmo Ramon: “Pô, não posso mais falar? Não posso mais reclamar?”
  • 32 – Troca! Diogo Campos por Felipe.
  • 33 – Cruzeiro todo recuado
  • 34 – Marcelo Oliveira falha na entrada da área, Felipe fica cm a bola, mas é desarmado por Charles.
  • 35 – Felipe tabela com Fernando Bob, mas chuta a bola na arquibancada.
  • 36 – Retranca! O jogador mais adiantado do Cruzeiro é Wp, que está no círculo central.
  • 37 – Orai e vigiai! Cruzeiro não vê a cor da bola. Dragão passeia de um lado pra outro com a gorduchinha.
  • 38 – Charles derruba Joilson no bico da área. Fábio pede um só na barreira.
  • 39 – Bida cobra a falta, Ernandes cabeceia por cima do travessão.
  • 40 – Marcelo Oliveira corta, com uma puxeta, lançamento para Felipe.
  • 40’30”- Bola sobre a área celeste, Marcelo Oliveira tira com um bico.
  • 41 – Troca! Marino por Juninho.
  • 41’30”- Expulso! Preparador físico do Cruzeiro, Flávio de Oliveira, por xingar o bandeira.
  • 42 – Cerco! Dragão cerca o Cruzeiro, que não chega nem ao meiod e campo.
  • 43 – Cruzeiro tem um minuto de posse de bola, mas não consegue armar um ataque.
  • 44 – Lá vem o Dragão! Impedimento de Felipe atrapalha ataque rubronegro.
  • 45 – Montillo e Diego Renan prendem a bola na ponta direita. E conseguem um lateral.
  • 46 – Victorino dá um bico na meia lua e limpa a área celeste.
  • 46’30”- Posse de bola: AtléticoGO, 54%.
  • 47 – Fim de jogo. Cruzeiro criou três oportunidades, embora tenha sido dominado pelo toque de bola do Dragão.
  • Montillo: “Tá começando. Teve mudança durante a semana e a gente não sabe bem ainda o que o treinador quer. Ficamos sem um jogador o que atrapalha num campo tão grande assim.”
  • Roberto: “Substituir o Márcio é um presente de Deus. Mas com o trabalho do Professor Medeiros, cada goleiro do elenco tem condições de jogar.”

Vídeos[editar]

Melhores momentos
Jogo completo

Atuações[editar]

  • Fábio – Trabalhou pouco. A defesa não permitiu muits finalizaçãoes do Dragão. A rigor, só um defesa difícil. (Síndico)
  • Marcos - Encabula-se com as primieras vaias e desmorona psicologicamente, algo que Vagner Mancini já havia detectado. Errou uma vez, erra todas as demais. Neste jogo, só conseguiu uma boa jogada em 45 minutos. (Síndico)
  • Diego Renan – Psicologicamente mais resistente do que Marcos, entrou e fez o arroz com feijão da posição. Marcou mais do que atacaou. (Síndico)
  • Leo Simões – Boa atuação. Não brincou em serviço contou com boa proteção dos volamntes pra dioficultar as ações dos atacanters do Dragão. (Síndico)
  • Alex Silva –Jogava com tranquilidade até torcer o joelho aos 17 minutos e sair na maca. (Síndico)
  • Victorino - Substituiu Alex Alves e não brincou em serviço. Quando se via em aperto, metia o pé na bola e limpava a área. (Síndico)
  • Marcelo Oliveira - Em sociedade com Francisco Everton, cuidou de fechar a ponta direita do Dragão. Pouco atacou. (Síndico)
  • Charles – Muita vontade, mas pouca efetividade. Melhor na defesa do que no apoio. (Síndico)
  • Amaral - Protegeu bem a bequeira, arriscou-se pouco no ataque e deu um bom chutes de longa distância cobrando falta. (Síndico)
  • Francisco Everton – Marcou e siau para o jogo. Teve oportunidade de marcar, o que não aconteceu por méritos do goleiro, não por sua culpa. (Síndico)
  • Souza – Bom trabalho de aramçaõ e ótimos cruzamentos. (Síndico)
  • Montillo – Sem o brilho de outros tempos, ainda assim foi quem criou as melhores jogadas do time. Começou avançado, como ponta-direta, terminou como armador, chegando de trás, sua especialidade. (Síndico)
  • Wellington Paulista - Muita luta,apesar da solidão na maior parte da partida. Duas boas cabeçadas que quase resultam em gol. (Síndico)
  • Anselmo Ramon – O time ficou mais agudo com sua entrada e caiu na retranca após sua expulsão besta. Estaria irritado pela reserva recém-adquirida? Se oriente, rapaz! (Síndico)
  • Celso Roth – Já riscou do caderno do time qualquer resquício de futebol bunitim que ainda havia. Sua equipe primeiro tomou pulso da partida e só no 2 tempo começou a mostrar as garras. Mas aí Anselmo Ramon fez besteira e, numa cancha maior do que as demais, o jeito foi fechar tudo. (Síndico)
  • Torcida – Ainda não se sabe quantas pessoas compareceram. Os que foram, mais vaiaram do que incentivaram. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – Deram uma opu oputra cplher de chá para os botineiros -Amaral, por exemplo-, mas não comprometeram. A expulsão de Anselmo Ramon foi justa. (Síndico)
  • Cruzeiro – Começou mal, mas fechado. Na metade da etapa inicial, melhorou, mas não ariu o jogo. Quando abriu, na etapa final, perdeu um jogador e adotou a retranca. Faltou um puxador de contra-ataque pra dar alguma esperança de gol à torcida. Só defender deixa o jogo inssosso. (Síndico)
  • AtléticoGO – Time bem arrumado, com bom toque de bola e paciência. Dominou a maior parte do jogo, mas não teve um finalizador pra decidir. Felipe só entrou no final da partida. Por quê? Seja lá qual for o motivo, melhor pro Cruzeiro que se livrou de um carrasco histórico. (Síndico)

O que foi dito[editar]

  • Celso Roth, treinador do Cruzeiro: A gente nunca planeja empate, ainda mais em casa. Mas pelas circunstâncias, no desequilíbrio que o time vinha, a lesão do Alex, a expulsão, a substituição técnica… Não ficamos felizes, mas poderia ter sido pior. O Cruzeiro já demonstrou algumas coisas. O Atlético teve volume no começo, nós nos ajeitamos, lá pelos 25 minutos. No 2º tempo, melhoramos com as substituições, mas tivemos a expulsão. Aí, o Atlético veio com 2 ou 3 atacantes. Acertamos a marcação e nada aconteceu. Oportunidades de gol quem teve foi o Cruzeiro. A situação do Marcos é complicada. Ele foi bem no treinamento, mas teve dificuldades no jogo. Todo mundo tem um momento ruim, vamos analisar assim. Ele faz parte do grupo, vai continuar trabalhando e vamos administrar a situação. Temos coisas a fazer, mas fiquei satisfeito com a aplicação do grupo. Mesmo na dificuldade no início do jogo, estávamos tentando, correndo, às vezes de forma errada, neste campo grande, mas sempre nos dedicando. Depois, acertamos a marcação no 1º tempo, o time melhorou, e no 2º melhorou mais ainda. Temos coisas pra acertar mas a dedicação, a entrega e a organização melhoraram muito. Não temos varinha mágica. O Cruzeiro vinha de 4 derrotas, hoje demos o primeiro passo num jogo complicado. Era complicado porque tínhamos a responsabilidade de ganhar, não é? E contra um time que joga junto há 3 ou 4 anos, de forma diferente, com 4 volantes e com um treinador que tem bagagem. Sabíamos que teríamos dificuldades, mas nos portamos muito bem. Depois de dois dias e meio de trabalho, não que eu esteja satisfeito, mas deu um alento. Há possibilidade de usar dois atacantes. Quando coloquei dois, o time melhorou muito. Criamos mais oportunidades de gol e o Atlético ficou acuado.
  • Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro: Fui falar com o bandeira que todo mundo reclama, que não precisava expulsar, que é normal do jogo, mas ele disse que o Anselmo o xingou com palavrões, Fiquei sem reação, não sabia o que dizer até porque o Anselmo não me disse nada.
  • Souza, meia do Cruzeiro: Não foi um resultado heróico, o time estava melhor no jogo, tinha criado oportunidades, principalmente, com a bola parada, mas em lance isolado o Anselmo acabou expulso e a equipe teve de se recompor atrás, segurar, pra não sair tanto no prejuízo, mas o time já deu uma crescida, trabalhou a bola, teve ultrapassagem, coisa que a gente não vinha mostrando.
  • Adílson Batista, treinador do AtléticoGO: Foi um jogo bem consciente e merecíamos um resultado melhor. Fico satisfeito com a atuação do time, mas com o resultado não. Poderíamos ter levado 3 pontos pelo volume de jogo, pelas oportunidades criadas, mas futebol é assim. Não foi por falta de opção, o Atlético estava aberto com o Juninho, tinha o Felipe, o William, tivemos duas bolas que poderiam definir o jogo com o Bida e o Elias. Trabalhamos bem, os jogadores tentaram rodar, achar espaços, o Cruzeiro se fechou, e não tivemos uma chance pra fazer o gol depois disso. Criamos com o Elias e sem ele também. O Cruzeiro se fechou, temos que entender, não foi pela ausência do Elias que não fizemos o gol. Coloquei o William pra ter um jogador de área, e o Diogo fazia o lado direito, pedi os dois por dentro, e aí entendi que era o momento de fazer nova substituição, entrou o Felipe e depois o Juninho, mas não conseguimos fazer os gols que deveríamos ter feito.
  • J. Fábio, comentarista do PHD: Roth pôs panos quentes. Disse que o time melhorou muito com a entrada de um segundo atacante. Eu vi diferente. O time só atacou após a entrada de outro atacante. Não era nem questão de jogar melhor, pois o time só deu um chute a gol no 1º tempo. Muito triste. Na CBN, disseram que o time continua o mesmo do Brasileiro de 2011. Na Itatiaia ,concordaram com Celso Roth. Disseram que o time evoluiu durante o jogo. São visões distintas, mas ambas corretas. Durante o jogo, cheguei a sentir saudades do Diego Renan, de tão ruim estava o Marcos. Roth percebeu e fez a alteração no intervalo. O time ficou menos ruim, mas sem mudar da água pro vinho.
  • Celeste Campos, comentarista do PHD: O Cruzeiro começou apanhando do adversário, equilibrou por volta dos 30 minutos, dominou no 2º tempo e, perto dos 30, após perder Anselmo, deixou de atacar. Mas, dessa vez, o adversário nada conseguiu fazer. O time me pareceu mais bem distribuído em campo e diferente daquele amontoado dos tempos do Mancini. Alguns jogadores são fracos demais. Em compensação, Souza, Fábio, Montillo e o miolo de zaga jogaram bem.
  • Matheus Reis, comentarista do PHD: O time foi mais pegador do que o arremedo do Mancini. No 2º tempo, “mordeu” demais e não sofreu nenhum lance agudo. Nas chances criadas, houve trabalho, troca de passes, triangulação. Roberto trabalhou e não foi por acaso. O Cruzeiro chegou com consciência. Além disto, marcou muito mais do que vinha fazendo.
 O AtléticoGO não criou chance perigosa a partir da metade do 1º tempo. É pouco, mas a postura foi bem diferente. Falta muito, mas com três dias de trabalho e com o elenco disponível pra este jogo, não há muito do que reclamar. Força, Juarez! Queimem no inferno, cornetas!

Fontes[editar]

Transmissão[editar]

  • Sportv