Cruzeiro 0x0 América-MG - 18/09/2011

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Santos.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Coritiba.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Santos.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Coritiba.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Arena do Jacaré
Escudo Atlético-MG.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x3 Escudo Vasco.png
Contra América-MG
Escudo América-MG.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x3 Escudo América-MG.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
0 × 0 Escudo América-MG.png
América-MG
24ª rodada do Campeonato Brasileiro 2011
Data: 18 de setembro de 2011 Local: Sete Lagoas, MG
Horário: 18h Estádio: Arena do Jacaré
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique Público pagante: 7.133
Assistente 1: Kleber Lúcio Gil Público presente: 8.915
Assistente 2: Marrubson Melo Freitas Renda: R$ 128.905,00 R$ 128.905
Cr$ 128.905
NCr$ 128.905
Cz$ 128.905
NCz$ 128.905
(preço médio: R$ 18,07 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: América-MG:
1. Fábio 1. Neneca
2. Diego Renan Substituição realizada de jogo ( 13. Gil Bahia ) 2. Marcos Rocha
3. Naldo 3. Micão
4. Victorino Cartão amarelo recebido aos 4. Anderson
5. Marquinhos Paraná 5. Dudu Substituição realizada de jogo ( 15. Leandro Ferreira Cartão amarelo recebido aos )
6. Everton 6. Otávio
7. Roger Cartão amarelo recebido aos 7. Gilson
8. Charles Cartão amarelo recebido aos 8. Amaral Cartão amarelo recebido aos
9. Bobô Substituição realizada de jogo ( 18. Keirrison ) 9. André Dias
10. Montillo 10. Irênio Substituição realizada de jogo ( 18. Rodriguinho )
11. Ortigoza Substituição realizada de jogo ( 16. Élber Pimentel Cartão amarelo recebido aos ) 11. Kempes Cartão amarelo recebido aos Substituição realizada de jogo ( 16. Luciando )
Técnico: Emerson Ávila Técnico: Givanildo
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: América-MG:


Pré-Jogo

Em 14º lugar com 28 pontos, o Cruzeiro pode oscilar entre o 11º e 14º dependendo dos resultados da rodada.

Emerson Ávila tem seis desfalques: o beque Leo Simões e os volantes Fabrício e Leandro Guerreiro, suspensos, os laterais Gilberto e Vítor e o atacante Wellington Paulista, contundidos.

Estarão de volta à equipe o beque Victorino, que está há três meses sem jogar pelo Cruzeiro (participando da Copa América e depois lesionado) e os volantes Charles e Marquinhos Paraná.

Em 20º com 18 pontos, o América, mesmo vencendo, não larga a lanterna.

Givanildo Oliveira não contará com os beques Wilian Rocha e Gabriel. A bequeira sera formada por Anderson Beraldo, Micão e Otávio, ficando Preto na reserva.

O treinador americano terá as voltas de Irênio ao meio de campo e de Alessandro ao ataque.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 17h55 – Times em campo com uniformes tradicionais.
  • 18h – Execução do Hino Nacional
  • 18h03 – Começa a partida. Cruzeiro, à esquerda das cabines dáq a saída.
  • 00 – Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Cribari, Gil Bahia, Elber, Anselmo Ramon, Keirrison, Sebá.
  • 00’30”- Depois de sofrer uma concussão em sua última partida pelo Cruzeiro, o goleiro Fábio usa um gorro protetor na cabeça semelhante ao de Peter Czchec, do Chelsea.
  • 01 – Não pegou o ônibus! Escalado, depois de um mês lesionado, o centroavante americano Alessandro sentiu contusão muscular ao bater de calcanhar numa bola, na véspera do jogo e não pegou o ônibus pra Sete Lagoas.
  • 02 – Bobô, na ponta direita, cruza mas a bola corre muito e bequeira americana fica com ela.
  • 03 – Público não ocupa metade do estádio. Máfia Azul, TFC, Fúria, Mancha Azul, Motozeiros, Pavilhão, Nação Azul e outras organizadas celestes estão presentes com suas bandeiras e faixas. Trezentos amercianos, num cantinho à esquerda das tribunas, prestigiam o Coelho.
  • 04 – Irênio cobra escanteio pela esquerda, Micão, se antecipa à zaga, mas cabeceia pra fora.
  • 05 – Roger Galera lança em profundidade na ponta esquerda pra Ortigoza. Anderson Beraldo faz o desarme.
  • 06 – Sombra! Dudu, volante do América, marca Montillo individualmente.
  • 07 – Falta cobrada sobre a área do Cruzeiro. Kempes, livre de marcação, domina mas está impedido.
  • 08 – Montillo, cercado por Dudu e Rocha, livra-se da marcação e cruza. Anderson Beraldo corta de cabeça.
  • 09 – Só Marquinhos Paraná e Charles marcam no meio de campo celeste. Dudu e Amaral são os marcadores do Coelho que ainda tem três beques e dois alas na contenção.
  • 10 – Cobrança de falta ensaiada do Cruzeiro, Montillo rola pra Roger Galera chutar forte. Bola desvia na zaga americana e sai a escanteio.
  • 11 – Montillo cobra escanteio pela direita, bola fica com a defesa do Coelho.
  • 12 – Cruzeiro troca passes nom meio de campo, mas não encontra espaços na defesa americana pra criar jogada ofensiva.
  • 13 – Amarelo! Kempes desce a borduna em Diego Renan
  • 14 – Roger Galera cobra falta na ponta direita. No primeiro poste, Dudu despacha a bola com um bico.
  • 15 – Faltou pontaria! Roger Galera cobra escanteio pela direita. Defesa corta mal, Charles pega o rebote e chuta forte buscando o canto direito de Neneca. Bola sai pela linha de fundo.
  • 16 – Marcos Rocha toca pra Kempes, que erra o passe e perde a bola.
  • 17 – Disputa intensa no meio de campo. Marquinhos Paraná é o melhor no setor, marcando e saindo pro jogo. Roger Galera e Irênio, encarregados de criar, não cumprem suas obrigações.
  • 18 – Marquinhos Paraná tenta a finta pela direita, toca para Bobô, mas ele perde a bola.
  • 19 – Gilson comete falta em Charles do lado esquerdo da defesa americana.
  • 20 – Bobô cai pedindo falta, Juiz manda seguir o jogo.
  • 21 – Roger Galera, na entrada da área, tenta tabelar com Bobô, Micão se antecipa e desfaz a jogada.
  • 22 – Kempes recebe lançamento de André Dias na área celeste, mas está impedido.
  • 23 – Perigo! Irênio chuta forte, bola desvia em Naldo e sai a escanteio.
  • 24 – Irênio cobra escanteio pela direita com um cruzamento fechado, que Fábio defende sem problemas.
  • 25 – Salve Marrubson! Otávio entra em velocidade na área celeste e cruza rasteir. André Dias arremata pra rede. Bandeira anulka o lance marcando impedimento.
  • 26 – Kempes toca para Marcos Rocha, mas Marquinhos Paraná tenta tirar. Ele erra, e Diego Renan salva.
  • 27 – Gilson, pela esquerda, cruza. Naldo rebate.
  • 28 – Irênio cobra falta sobre a área celeste, Anderson Beraldo arremata com um chute. Bola sai pela linha de fundo.
  • 29 – Escanteio para o Cruzeiro.
  • 30 – Montillo cobra escanteio pela esquerda, Neneca defende, pelo alto, sem dificuldade.
  • 31 – Tirou tinta! Montillo, na ponta direita, cruza sobre a pequena área. Bobô se antecipa à zaga e cabeceia. Bola tira tinta do poste direito.
  • 32 – Naldo comete falta em Kempes.
  • 33 – Irênio, na meia esquerda, cobra falta sobre a área. Naldo despacha a bola.
  • 34 – Amarelo! Otávio comete falta em Ortigoza.
  • 35 – Charles chuta de fora da área, Neneca espalma pra escanteio.
  • 36 – Cruzeiro tenta jogar pelos lados do campo, mas o América se fecha bem e as oportunidades não surgem.
  • 37 – Opa! Roger galera passa a Montillo, que cruza da direita. Dudu desvia a bola pra escanteio com a mão. Montillo pede pênalti, Juiz dá escanteio.
  • 38 – Montillo cobra escanteio, Naldo tenta concluir, mas a defesa americana fica com a bola.
  • 39 – Amarelo! Roger por reclamação desnecessária. Foi o 3º amarelo. Ele não joga contra o Coritiba.
  • 40 – Troca! Dudu, contundido, por Leandro Ferreira.
  • 41 – Francisco Everton chuta de longe, pra rora.
  • 42 – Amaral chuta de longe, defesa celeste rebate.
  • 43 – Desperdício! Montillo vai à linha de fundo, pela direita, e cruza rasteiro. Na marca do pênalti, Bobô, com o arco aberto à sua frente, chuta mal, pra fora.
  • 44 – Marcos Rocha chuta de longe, pra fora.
  • 45 – Vaia! Bobô recebe uma bola no meio de campo e é vaiado.
  • 46 – Fim de 1º tempo. Torcida celeste vaia o time.
  • Bobô: “O jogo está igual. No lance no fim, acabei escorregando, mas vamos corrigir os erros pra fazer o gol na 2ª etapa.”

Segundo Tempo

  • 18h – Times em campo.
  • 18h03 - Começa o 2º tempo. América dá a saída.
  • 00 – Troca! Bobô por Keirrison.
  • 01 – Marcos Rocha tabela com Leandro Ferreira pelo meio e cruza pra André Dias, que não domina.
  • 02 – Ortigoza dispara com a bola, mas é desarmado pela defesa.
  • 03 – Amaral ataca pela direita, mas perde o controle da bola e ela escapa pela linha de fundo.
  • 04 – Roger Galera lança Keirrison, mas a bola fica com Neneca.
  • 05 – Kempes cai após receber falta e o jogo fica parado.
  • 06 – Amarelo! Victorino comete falta em André Dias, na intermediária celeste.
  • 07 – Amaral cobra falta sobre a área, Fábio tira de soco.
  • 08 – Cruzeiro troca passes no meio de campo, sem conseguir penetrar na defesa americana.
  • 09 – Cabeçada providencial! Marcos Rocha cruza pela direita, Diego Renan se antecipa a Kempes e cabeceia impedindo um gol certo do América.
  • 10 – Posse de bola: Cruzeiro 55%.
  • 11 – Roger Galera lança Ortigoza, que não alcança a bola. Tiro de meta para o América.
  • 12 – Montillo faz inversão rasteira pra Charles, que é marcado por Gilson e ganha o lateral.
  • 13 – Keirrison avança pela intermediária americana e, na entrada da área, rola pra Montillo, que chuta forte, pra fora.
  • 14 – Leandro Ferreira recebe de André Dias, mas não consegue fazer o lançamento que tentou.
  • 15 – Troca! Diego Renan cansado, por Gil Bahia.
  • 16 – Troca! Sai Irênio, cansado, entra Rodriguinho.
  • 17 – Marquinhos Paraná passa a Montillo, que está livre na direita, impedido.
  • 18 – Por pouco! Marcos Rocha desce pela direita e cruza. André Dias, na pequena área, se antecipa à bequeira celete arremata. Bola tira tinta no poste esquerdo do arco celeste.
  • 19 – André Dias recebe cruzamento de Marcos Rocha e conclui pra fora.
  • 20 – Amaral cobra falta na intermediária, bola passa por cima do travessão.
  • 21 – Francisco Everton tenta driblar Marcos Rocha e cai. Falta.
  • 22 – Roger Galera, na intermediária, cobra falta, Micão corta.
  • 22’30” – Ortigoza chuta rasteiro, Neneca espalma pra escanteio.
  • 23 - Neneca sai esquisito e Victorino tenta desviar, Gil Bahia chuta, bola desvia na zaga.
  • 23’30”- Amarelo! Leandro Ferreira comete falta em Roger Galera.
  • 24 – Amarelo! Amaral comete falta em Montillo.
  • 25 – Perdeu a paciência! Torcida celeste grita: “Raça! Raça!”
  • 25’30”- Kempes recebe na esquerda e chuta forte na rede, por fora.
  • 26 – Defesaça! Montillo cobra escanteio pela esquerda, passando a Francisco Everton, que devolve a bola ao meio. O cruzamento é interceptado por Anderson Beraldo. Charles fica com o rebote e solta uma bomba, Neneca evita o gol celeste faz com uma defesa impressionante.
  • 27 – Defesa celeste cede escanteio.
  • 28 – Amaral cobra escanteio pela direita, Francisco Everton limpa a área com um chutão.
  • 29 – Amarelo! Charles comete falta em Gilson.
  • 30 – Judas! Parte da torcida celeste xinga Zezé Perrella.
  • 31 – Keirrison tenta lançar Montillo, mas a bola sai forte demais e o meia não consegue dominá-la.
  • 32 – Charles, contundido, recebe atendimento fora de campo.
  • 33 – Montillo tenta passar por dois americanos e recebe falta.
  • 34 – Elber se prepara pra entrar em campo. Roger Galera se apresenta para a substituição, mas não é ele quem vai sair.
  • 35 – Troca! Ortigoza por Elber.
  • 36 – Elber, na ponta esquerda, dribla Amaral e é derrubado. Juiz manda seguir o jogo.
  • 37 – Emerson Ávila manda Elber partir pra cima da defesa americana e é atendido.
  • 38 – Montillo cobra falta sofrida por Gil Bahia. Otávio corta.
  • 39 – Troca! Kempes por Luciano.
  • 40 – Cruzeiro pressiona desordenadamente.
  • 41 – Defesaça! Montillo chuta cruzado, forte, de dentro da área. Neneca faz grande defesa.
  • 42 – Melhores, segundo UOL: Montillo, que lutou muito e criou as melhores jogadas do time cleste e Marcos Rocha, ala que apoiou bastante e deu boas assistências.
  • 43 – Piores, segundo UOL: Bobô, que perdeu gol incrível no final do 1º tempo e foi substituído no intervalo e Irênio, que esteve apagado, .não conseguiu criar e acabou substituído na etapa final.
  • 44 – Amarelo! Elber, por simular pênalti.
  • 45 – Rádio Itatiaia elege o ala direita do América, Marcos Rocha, o melhor em campo.
  • 46 – Elber passa a Roger Galera, que tenta dominar, mas perde a bola pra Otávio.
  • 47 - Luciano engana Victorino e toca para trás. Rodriguinho finaliza mal.
  • 48 – Fim de jogo. Cruzeiro, com 14 pontos, permanece em 14º lugar. Com 19 pontos, América é o 20º.
  • Números: Desarmes: América 28×20 / Escanteios: Cruzeiro 11×6 / Faltas cometidas: Cruzeiro 22×18 / Finalizações no alvo: Cruzeiro 5×0 / Finalizações pra fora: América 12×9 / Impedimentos: América 5×2 / Passes errados: América 35×22.
  • Oliveira Farma, no PHD: “O Cruzeiro está praticando o pior futebol do campeonato brasileiro. No mesmo nível do América e do CAP. Não há um time, é bola pro Montillo pra ver no que dá… Ele tenta, mas se seus chutes cruzados não entram. As chances que ele cria são perdidas de forma bisonha. Hoje, foi deprimente.”
  • André Dias: “Pecado a bola não ter entrado. Hoje, volto pra casa com a sensação, com o gostinho que merecíamos os três pontos, lutamos e buscamos, aproveitamos a situação turbulenta que o Cruzeiro está passando, mas infelizmente não conseguimos o gol. Considero este empate .o derrota, vou lamentar muito, porque merecíamos a vitória.”

Vídeos

Atuações

  • Fábio – Sem erros. (Síndico) ///
  • Diego Renan – Salvou um gol e travou bom duelo com Gilson. (Síndico) /// Jogou relativamente bem enquanto teve folego, depois de ficar muito tempo parado. É opção muito melhor do que improvisar Marquinhos Paraná ou lançar o garoto Gil Bahia na lateral-direita. (Sangue Azul) ///
  • Gil Bahia - Entrou apavorado e sofreu com os avanços de Gilson. Com o tempo foi se acalmando e não comprometeu. (Síndico) /// Entrou assustado e não teve cobertura do Charles que era quem deveria cair pela direita. Na primeira investida, tomou uma bola nas costas e não subiu mais. (Matheus Reis) ///
  • Victorino – Seguro, não permitiu que os atacantes americanos tomassem conta da área. (Síndico) /// Esteve bem, mas cansou. Num escanteio ofensivo subiu, mas voltou andando e quase que o time se complica. Tanto é, que depois não subiu mais. Que recupere logo a condição física ideal. (Matheus Reis) ///
  • Naldo – O melhor da defesa, rebateu, disputou corrida com atacantes, fez cobertura, enfim, uma atuação séria. (Síndico) ///
  • Francisco Everton – Teve de enfrentar Marcos Rocha, o melhor do time adversário, e safou-se como pôde da tarefa. Não comprometeu, embora também não tenha contribuído para levar o time ao ataque. (Síndico) /// Um pouco menos terrível do que normalmente é. Sofreu com o Marcos Rocha no segundo tempo mas pelo menos quando passou do meio de campo deu prosseguimento a algumas jogadas, o que ele não costuma fazer. (Matheus Penido) ///
  • Charles – Defendeu razoavelmente e saiu pro jogo com coragem. Poderia ser melhor aproveitado se o meio de campo estivesse melhor arrumado.(Síndico) /// Maior finalizador do jogo e um dos maiores (quiçá maior) perdedores de bolas no jogo. (Seixas) /// De bom, os costumeiros chutes que levam perigo. Mas continua errando passes curtos e adiantando as bolas que tenta carregar, o que compromete muito o time na busca por uma viara de jogo ou de um contra-ataque. (Chaves) ///
  • Marquinhos Paraná – Tecnicamente bom, não maltrata a bola, taticamente perfeito colocando-se com precisão e evitando as tabelas pelos lados de campo. Ainda encontrou tempo para algumas subidas ao ataque com passes esclarecidos. E tudo isto sem carrinhos, cotovelaços, rasteiras e papagaiadas que tais. (Síndico) /// Melhor em campo ao lado de Montillo. Talvez tenha perdido um lance no jogo todo. Marcação em cima, roubada de bolas, não deu espaços para os adversários, além de mostrar lucidez e qualidade ao sair jogando. (Chaves) ///
  • Roger Galera – Pouca participação no jogo. A química entre ele e Montillo não é das melhores, embora sejam estilos complementares. Tomou um cartão besta e terá uma semana de descanso. (Síndico) /// Terceirizou sua função. Paraná e Charles carregaram a bola e fizeram a ligação com o ataque por ele. Nas raros contra-ataques celestes, não deu um pique. E ainda pegou um atestado médico livrando-lhe do trabalho durante a semana. (Matheus Reis) /// Não tá a fim de bola como no início da temporada, e pra piorar o pique tá cada vez menor. Vive de uma ou outra bola bola enfiada como ontem quando lançou pro Montillo servir o Bobô no gol perdido. (Matheus Penido) ///
  • Montillo - Pela disposição e boas jogadas individuais, o melhor do time. Paradoxalemnte, seu estilo pode estar impedindo o jogo coletivo. Neste caso, caberia ao armador equalizar as ações de meio de campo. Mas o armador estava dispersivo e pouco produziu. (Síndico) ///
  • Bobô – Autor de duas finalizações, uma boa outra bisonha, preocupou a defesa americana mais do que seu substituto, Keirrison. (Síndico) /// Deu trabalho para os zagueiros e soube se posicionar bem na área. Mas perdeu a bola do jogo. Deveria ter continuado no 2º tempo. (Chaves) ///
  • Ortigoza – Lutador, mas atrapalhado, algumas vezes, pela rebeldia da bola. (Síndico) ///
  • Elber – Desta vez, entrou com personalidade e buscou o jogo. Pode ser uma opção pra dar mais qualidade ao meio de campo ou ao ataque conforme o treinador queira ou precise. (Síndico) ///
  • Keirrison – Sem inspiração, lento e mal colocado. (Síndico) /// Alguém precisa avisar a ele que atacante tem que movimentar, brigar com os zagueiros, marcar presença. Não basta ficar na espreita parado atrás dos beques esperando sobrar alguma coisinha pra guardar, como se fosse um Romário aos 40 anos. (Matheus Penido) ///
  • Emerson Ávila – Com dois meias, um deles fazendo figuração, seu time não consegue o controle do meio de campo e joga sempre no ritmo proposto pelo adversário. Contra o Coxa, se tiver juízo, não repete o esquema frouxo deste clássico. (Síndico) /// Não tem culpa da ruindade do time. Não tem culpa de terem mandando o Joel embora achando que o problema era treinador. Está com um problemão na mão e não é a pessoa mais indicada pra resolvê-lo nesta atual situação. O erro já foi feito, cabe a ele então definir algumas situações. Por exemplo, ontem errou ao sacar o Bobô após 45 minutos. É preciso, após alguns jogos-testes, definir um time base e tentar seguir em frente. (Chaves) ///
  • Torcida – Baixo comparecimento, mas boa atuação. As organizadas deram força o tempo todo. Os desorganizados, mais cabreros, se animaram vez ou outra. Vaias só nos finais de cada tempo. E uma dose extra para Bobô logo após o gol desperdiçado. (Síndico) ///
  • Cartolas - Enquanto aguarda ansiosamente a eleição de Albertinho Rodrigues, parte da torcida xingou Zezé Perrella, por volta dos 30 do 2º tempo. Básico. (Síndico) /// Foi curioso o pessoal xingando o Zezé Perrella, cantando que o Cruzeiro tem dinheiro, mas não compra jogador e o Fubá, puto da vida, mandando a galera parar de cantar contra o presidente, rsrsrs. (Chaves) ///
  • Juiz & Bandeiras – Os bandeiras estiveram perfeitos. O Juiz deixou de marcar um pênalti de Dudu num cruzamento de Montillo. Ou muito me engano? (Síndico) ///
  • Cruzeiro – (Mauro França) /// Com Montillo marcado individualmente, Roger Galera sem inspiração e Charles defendendo e atacando, coube a Marquinhos Paraná distribuir o jogo. Não foi, evidentemente, o melhor arranjo e, com ele, o Cruzeiro jamais teve controle da partida. A tentativa de atrair o América para usar o contra-ataque também não funcionou. Restou a precária alternativa de jogar a bola pra Montillo e deixar o argentino tentar as arrancadas individuais. Assim, fica difícil imaginar que o time vença qualquer jogo até o fim do torneio. (Síndico) ///
  • América - (Mauro França) /// Bem arrumado em seu 3-5-2, o América foi mais lúcido e só não venceu por falta de qualidade individual. Neneca, com duas boas defesas, Marcos Rocha, pela força ofensiva, foram os melhores do verdenegro. (Síndico) ///

O que foi dito

  • Simone Castro, no PHD: Roger Galera não dá mais: ou ele aceita ser reserva e ajudar quando necessário, ou vamos ser prejudicados por termos, como titular, um jogador que tem lampejos de bom futebol, mas não marca ninguém! Volte com os 3 volantes, Ávila, pelo amor de Deus! Isso não é ser defensivo como dizem certos torcedores que se acham e certos jornalistas, que não passam de comentaristas de resultado. Pense no time e não em agradar os desmiolados!
  • André Kfouri, em seu blog: O Cruzeiro está cinco pontos acima da ZR. Não é seguro viver assim. Quando um time não consegue fazer um gol no lanterna do campeonato, não é bom sinal.
  • Rafael Belattini, no blog do Juca Kfouri: A 1ª etapa na Arena do Jacaré foi parecida com as histórias infantis que envolvem raposas e coelhos. Ou seja, deu sono. A Raposa cruzeirense errava passes e não conseguia se impor, como era de se esperar que acontecessem contra o coelho do América. Tanto que o time verde e preto marcou um gol com André Dias, em lance bem anulado por impedimento, enquanto o Cruzeiro só assustou aos 31, com Bobô desviando de leve um cruzamento de Montillo, mas errando o alvo. Só que a camisa 9 do Cruzeiro não seria lembrada por este lance, mas sim pelo incrível gol que perdeu aos 43, num lance que não surpreende quem se lembra do Bobô dos tempos de Corinthians. E ele nem voltou dos vestiários, dando lugar a Keirrison. Promissor, não? Pois não era mesmo para o cruzeirense se empolgar. A 2ª etapa foi equilibrada, melhor para o América na primeira metade e depois com o Cruzeiro pressionando atrás do gol salvador, apostando sempre em Montillo, que carregava a equipe sozinho mas não conseguiu o marcar. 0×0. (…) Mais do que explicados os protestos da torcida que sabe bem o motivo pelo clube ter saído de favorito a conquistar a América, para um time que não vence nem o lanterna América.
  • Emerson Ávila, treinador do Cruzeiro: Importante é que os atletas estão se dedicando e buscando sair desta situação difícil. So precisamos é de ganhar uma partida pra deixá-los mais confiantes e nós da comissão técnica mais tranquilos. Sigo meu trabalho tentando fazer o melhor, buscando mais conforto pro Cruzeiro na tabela de classificação. Não achei o jogo truncado, foi aberto com as duas equipes procurando a vitória. No 1º tempo, foram criadas algumas situações, os alas foram as principais opções de ataque do América. No 2º tempo, o jogo teve mais velocidade. Fizemos mudanças e foram boas as entradas dos atletas. Estamos todos no mesmo barco. Não adianta o Montillo querer aliviar minha situação. Claro que pegando a coisa no meio do caminho, com pouco tempo de trabalho, é mais difícil, mas os treinadores que vão se revezando durante a competição entram sempre em situações como essas. Eu já conhecia o grupo, sabia as peças que tínhamos, o que poderíamos utilizar pra montar uma equipe mais forte. Infelizmente são 4 partidas no meu comando e so 2 pontos, mas seguimos adiante, temos o Coritiba e não dá tempo de buscarmos tantas explicações.
  • Roger Galera, armador do Cruzeiro: Foi um jogo movimentado, equipes procurando a vitória, perdemos algumas chances incríveis, que acarretaram neste empate. O trabalho continua, não adianta baixar a cabeça ou entregar os pontos. A missão é dura, mas tenho certeza de que vamos resolver. Empate no Brasileiro é ruim pras duas equipes independentemente das condições. Não foi um jogo bonito, mas foi de entrega e dedicação. Em uma fase como esta é assim mesmo.
  • Fábio, goleiro do Cruzeiro:A luz vermelha já está acesa. Jogando no Cruzeiro, de maneira alguma, a gente quer ficar fugindo de rebaixamento. Temos consciência de que precisamos vencer o mais rápido possível. Tentamos nesta partida. Infelizmente não conseguimos. Melhoramos em muitos fundamentos, a vibração foi um pouco melhor, mas não suficiente pra vencer. A equipe não está tendo a consistência necessária pra vencer.
  • Charles, volante do Cruzeiro: Jogando em casa, diante de nossa torcida, perdemos muitas chances de gol, inclusive comigo, e o goleiro deles fez boas defesas.
  • Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro, que esteve nas arquibancadas: Acompanho porque é um momento difícil e temos que ajudar os companheiros. Precisamos buscar logo essa vitória. Nesta segunda, farei ressonância magnética. Se estiver cicatrizado começo a treinar. Espero que dê pra jogar domingo. A lesão foi grave, mas quero voltar rapidamente pra ajudar meus companheiros. Já passei por essas fases algumas vezes. Vou torcer pra um ou dois companheiros marcarem gols, pra acabar com esta sina e a gente voltar a vencer.
  • Givanildo Oliveira, treinador do América: Jogamos de forma diferente, com mais conjunto e ousadia. Mas faltou o gol. Vamos corrigir isso. Estamos em urgência e ela só está aumentando. Mas o time jogou bem. Uma coisa importante, por exemplo, foi não ter sofrido gols. Isso já é um alento. A marcação era algo que me preocupava, mas fizemos bem essa função no clássico. O Cruzeiro tem excelentes jogadores no meio-campo, mas nós conseguimos evitar as investidas deles. A defesa ainda preocupa, porque não podemos tomar mais gols. Vamos acelerar nos próximos jogos e melhorar ainda mais.
  • André Dias, centroavante do América: Muitos dizem que nossa equipe é limitada tecnicamente. Mas estamos lutando em pé de igualdade com grandes equipes, fazendo gols e agradando ao treinador. É evidente que precisamos melhorar muito se quisermos sair dessa situação. Vamos treinar e brigar pelas vitórias. É isso que nos deixará tranquilos.
  • Kempes, atacante do América: Tive poucas chances. Na verdade, as únicas foram em um chute cruzado e, se não me engano, em uma cabeçada que o lateral deles tirou. A equipe se portou bem. Temos de sair de cabeça erguida, já que não tomamos os gols que estávamos tomando.
  • Douglas Sena, no PHD: Saí da Arena com a vontade de que 2011 passe logo. Todos os jogadores estão sem confiança. Tocam pro Montillo e deixam o baixinho sozinho no meio dos leões. Triste.

Fontes

Transmissão

  • Sportv