CruzeiroTimeDoPovo

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar
Logo do movimento lançado pelo Cruzeiro.

#CruzeiroTimeDoPovo é um movimento da torcida do Cruzeiro criado no Twitter e adotado pelo Clube nas suas campanhas publicitárias posteriormente.


Origem

Após o bom comparecimento do público nos jogos contra Figueirense – 39.042 presentes – e Atlético-MG – 45.991 pessoas –, ambos pelo Brasileirão, enquanto brigava pela parte de baixo e após declaração de Bruno Vicintin, vice-presidente do clube, na qual alfinetou o rival em áudio vazado. Naquela ocasião, um movimento nasceu nas redes sociais, inicialmente no Twitter.

Com a hashtag #CruzeiroTimeDoPovo, a Nação Azul passou uma mensagem de exaltação às origens do Cruzeiro desmitificando uma lenda criada por muitos de que o rival teria sido fundado por trabalhadores e pessoas humildes, além de ser absolutamente a maior torcida do estado de Minas Gerais.

O movimento #CruzeiroTimeDoPovo estava apenas começando ali. Na mesma semana o Cruzeiro adotaria a campanha em definitivo.

Histórico

A vitória do povão cruzeirense

Na fase final, os clubes revogaram a medida que destinava a renda ao clube mandante. O presidente da Ademg (Administração de Estádios de Minas Gerais), Afonso Celso Raso, lançou o "desafio das torcidas" e mandou confeccionar ingressos diferenciados para atleticanos e cruzeirenses para saber quem seria a maioria no confronto.[1]

Na apuração, a nação cruzeirense venceu a torcida alvinegra por uma diferença de 2.245 ingressos. A vitória foi definida no setor de geral, de valores mais baixos, quando os cruzeirenses somaram 3.254 ingressos a mais, enquanto nos outros, com valores mais altos, a maioria foi da torcida atleticana.[1]

Isso levou o diretor da Ademg a concluir que o Cruzeiro é que tinha a verdadeira torcida do povão na cidade.[1]

Campanha adotada pelo Clube

O departamento de marketing da Raposa, abraçou a ideia e, a partir do dia 16 de setembro, começou a usar o #CruzeiroTimeDoPovo em todas as suas peças publicitárias. No dia seguinte trocou a foto da página oficial no Facebook.

Uma linha de roupas oficiais do Clube, entre outros produtos licenciados, também tiveram a marca do movimento estampada em suas peças. No jogo contra o Vasco, os jogadores e Mano Menezes chegaram ao Mineirão usando camisas com a estampa do movimento.

Vídeos

Entrevista de Geovanno Moreira para o Cruzoeiro

Fontes

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 RIBEIRO, Henrique. Almanaque do Cruzeiro. Páginas: 191-192.

Ligações Externas