Coritiba 2x1 Cruzeiro - 21/09/2011

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa

[edit]

Escudo Coritiba.png
Coritiba
2 x 1 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
25ª rodada Campeonato Brasileiro de 2011
Data: 21 de setembro de 2011 Local: Curitiba, PR
Horário: 20:30 Estádio: Couto Pereira
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro Público pagante: 17.766
Assistente 1: Fabrício Vilarinho da Silva Público presente: Não disponível
Assistente 2: Cristhian Passos Sorene Renda: R$ 216.740,00
R$ 216.740
Cr$ 216.740
NCr$ 216.740
Cz$ 216.740
NCz$ 216.740
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Coritiba: Cruzeiro:
1. Vanderlei 1. Fábio
2. Jonas 2. Gil Bahia Substituição realizada  de jogo ( 13. Bobô aos  do )
4. Émerson 3. Léo Cartão amarelo recebido aos
3. Luccas Claro 4. Victorino
6. Eltinho 6. Everton Cartão amarelo recebido aos
5. Leandro Donizete 5. Fabrício Cartão amarelo recebido aos
11. Léo Gago Cartão amarelo recebido aos Substituição realizada  de jogo ( 15. Willian ) 7. Marquinhos Paraná
7. Rafinha Substituição realizada  de jogo ( 16. Everton Costa ) 8. Leandro Guerreiro Substituição realizada  de jogo ( Sandro Manoel )
8. Tcheco 9. Ortigoza Substituição realizada  de jogo ( 15. Bruninho )
10. Marcos Aurélio aos  do Substituição realizada  de jogo ( 17. Anderson Aquino ) 10. Montillo
9. Bill aos  do 11. Élber
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Emerson Ávila
Reservas que não entraram na partida
Coritiba: Cruzeiro:

Pré-Jogo

Em 14º lugar com 29 pontos, o Cruzeiro oscilará entre o 11º e o 16º lugares dependendo dos resultados.

Emerson Ávila não poderá escalar o beque Naldo, os laterais Diego Renan e Vítor, o atacante Wellington Paulista, contundidos.

Também não terá o volante Charles e o armador Roger Galera, suspensos.

Em 9º lugar com 33 pontos, o Coritiba oscilará entre o 7º e o 12º lugares dependendo dos resultados.

Marcelo “Pacote” Oliveira não terá o beque Jeci, contundido, e o lateral-esquerdo, Lucas Mendes, suspensao.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 20h20 – Cruzeiro em campo com uniforme tradicional.
  • 20h25 – Emerson Ávila: “Jogo muito difícil. O Coritiba sempre joga bem em seu estádio. Temos muitos desfalques, mas apostamos no garotos da base.”
  • 20h26 – Coritiba em campo com uniforme tradicional: camisas brancas com duas listras verdes horizontais, calções pretos e meias brancas.
  • 20h28 – Execução dos hinos do Paraná e do Brasil.
  • 20h31 – Estádio com metade da lotação.
  • 20h34 – Começa o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines dá a saída.
  • 00 – Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Cribari, Gabriel Araújo, Sandro Manoel, Bruninho, Bobô, Keirrison.
  • 01 – Coritiba pressiona a defesa celeste, que troca passes
  • 01’30” – Montillo arranca pela direita, mas é desarmado por Emerson.
  • 02 – Francisco Everton erra tentando voltar bola a Victorino, que também erra, perde a bola dentro da área e permite o arremate de Bill, que sai fraco.
  • 03 – Jonas e Tcheco trocam passes pela direita, mas o meia estica muito a bola e desperdiça boa chegada.
  • 04 – Falha! Tcheco cobra falta sobre a área, defesa celeste para, Luccas Claro arremata da pequena área, bola bate na rede pelo lado de fora.
  • 05 – Fábio joga com uma proteção na cabeça.
  • 06 – Montiilo, pela direita, cobra falta jogando a bola sobre a área. Ninguém aparece pro arremate.
  • 07 – Coritiba toca bola na defesa, Cruzeiro não pressiona.
  • 08 – Francisco Everton cobra lateral na cabeça de Leo Gago, que aciona Bill. Artacante comete falta em Victorino e atrapalha a jogada do Coxa.
  • 09 – Gil Bahia rouba bola passa a Montillo, que chuta fraco, pra fora.
  • 10 – Eltinho dribla Gil Bahia e cruza da esquerda. Leo Simões corta.
  • 11 – Elber cruza da esquerda, Montillo ajeita, Ortigoza, cercado dentro da área, não consegue concluir.
  • 12 – Leandro Donizetti desce pela esquerda, Leandro Guerreiro corta pra lateral.
  • 13 – Linha burríssima! Leo Gago cobra falta pela esquerda, defesa sai e deixa Emerson e Luccas Claro livres, Por sorte, nenhum dos dois consegue alcançar a bola.
  • 14 – Dez cruzeirenses em seu campo de defesa. Coritiba é o dono da bola.
  • 15 – Falta na intermediária celeste a favor do Coxa.
  • 16 – Marcos Aurélio cobra com força, mas a bola passa longe do gol de Fábio.
  • 17 – Marcos Aurélio chega ao fundo, pela direita, corta para trás e cruza de três dedos. Fábio se estica todo e consegue tirar da cabeça do atacante Bill.
  • 18 – Amarelo! Leo Gago derruba Gil Bahia.
  • 19 – Montillo cobra falta, Vanderlei defende pelo alto.
  • 20 – Montillo disputa bola com Emerson na ponta direita e é desarmado.
  • 21 – Jonas cruza da direita, Victorino corta de cabeça, dentro da área.
  • 22 – Leo Gago cobra falta sobre a área, Emerson vence Leandro Guerreiro e cabeceia no ângulo superior direito. Fábio voa e espalma pra escanteio.
  • 23 – Gol! Fábio sai do arco pra cortar bola jogada por Leo Gago sobre a área, Marcos Aurélio fica com o rebote, livra-se de Francisco Everton e toca por cobertura. Coritiba 1×0.
  • 24 – Gil Bahia sai pro jogo, mas é desarmado facilmente por Leo Gago.
  • 25 – Tcheco cai no gramado sentindo dores no joelho direito, após disputa com Ortigoza.
  • 26 – Cruzeiro faz outra péssima partida com falhas na defesa, sem criatividade no meio e ataque inoperante, que ainda não chutou uma bola a gol.
  • 27 – Pequena torcida celeste presente no Couto Pereira não consegue se manifestar.
  • 28 – Cruzeiro tenta sair pro ataque, mas não tem imaginação pra furar o bloqueio alviverde.
  • 29 – Montillo tenta passar por três jogadores e é derrubado por Leandro Donizetti.
  • 30 – Francisco Everton cobra falta diretamente nas mãos de Vanderlei.
  • 31 – Bill dribla Marquinhos Paraná e cruza da direita. Fábio se estica e defende com dificuldade.
  • 32 – Rafinha entra livre na área celeste e chuta. Victorino corta.
  • 33 – Fabrício sai jogando, perde a bola com facilidade armando contra-ataque do Coxa.
  • 34 – Gil Bahia desarma Tcheco e avança pelo campo do Coxa até perder a bola.
  • 35 – Elber cansado de ser esquecido, vai ra direita, mas perde a bola pra Donizatti.
  • 36 – Gil Bahia perde a bola pra Rafinha e corre atrás pra recuperar a bola na lateral da área.
  • 37 – Cruzeiro troca passes no meio de campo. Falta criatividade.
  • 38 – Emerson derruba Ortigoza. Francisco Everton cobra falta mal, bola sai pela linha de fundo.
  • 39 – Elber, pela direita, tenta passar por Elrtinho, que concede lateral.
  • 40 – Eltinho derruba Marquinhos Paraná no meio de campo. Montillo cobra falta sobre a área, Vanderlei defende sem dificuldade.
  • 41 – Montillo joga bola sobre a área, Emerson corta.
  • 42 – Elber, pela direita, passa por Leandro Donizetti, mas é desarmado por Tcheco.
  • 43 – Rafinha ataca em velocidade pela meia direita e chuta forte. Bola desvia em Victorino e sai pela linha de fundo. Bandeira marca tiro de meta.
  • 44 – Bill tenta driblar Marquinhos Paraná pela direita. Volante cerca e desvia bola pra escanteio.
  • 45 – Jonas cruza pela direita, Victorino corta, Leo Gago cruza da esquerda, Marquinhos Paraná, dentro da área, corta de cabeça.
  • 46 – Eltinho sobe com Elber e, leva cotovelada, cai e é tirado de campo.
  • 47 – Marquinhos Paraná lança Ortigoza, que perde a disputa pela bola com Vanderlei.

Segundo Tempo

  • 21h36 – Coritiba volta a campo sem alterações.
  • 21h37 – Cruzeiro volta a campo com Bobô puxando a fila.
  • Bobô: “Emerson pediu mais presença de área, pediu pra pressionar o adversário.”
  • 21h39 – Começa o 2º tempo.
  • 00 – Troca! Gil Bahia por Bobô. Marquinhos Paraná vai jogar na lateral-direita.
  • 01 – Montillo, do meio de campo, lança Fabrício. Bola sai pela lateral, na ponta direita.
  • 02 – Francisco Everton ataca pela esquerda, Emerson cede escanteio.
  • 03 – Elber passa Marquinhos Paraná, que lança Montillo. Defesa corta.
  • 04 – Rafinha derruba Elber na entrada da área do Coxa, contunde-se e sai de carriho-maca. Juiz não marcou a falta.
  • 05 – Perigo! Bill aciona Eltinho dentro da área, Marquinhos Paraná aparece e toma a bola do lateral do Coxa.
  • 06 – Troca! Rafinha por Everton Costa.
  • 06’30”- Leo Gago joga bola sobre a área, Marquinhos Paraná corta.
  • 07 – Tcheco cobra escanteio pela direita, Emerson cabeceia, Victorino corta.
  • 08 – Lucas cruza da direita, Fábio defende.
  • 09 – Tcheco aciona Bill, que chuta cruzado. Bola sai à direita de Fábio.
  • 10 – Leo Gago comete falta em Fabrício que reclama do Juiz pela falta de cartão ao paranaense.
  • 11 – Eltinho cruza da esquerda, Everton Costa cabeceia, Fábio defende.
  • 12 – Troca! Ortigoza, contundido na perna direita, por Bruninho.
  • 13 – Bruninho tenta jogada individual, mas é desaramdo pela defesa do Coxa.
  • 14 – Gol! Cruzeiro se enrola com a bola no ataque, Everton Costa puxa contra-ataque, lança Bill, na meia lua. Centroavante dribla Leo Simões e, cara a cara com Fábio, chuta pra rede, sem dificuldade. Coritiba 1×0.
  • 15 – Bill se diverte driblando jogadores do Cruzeiro na ponta direita.
  • 16 – Eltinho vai à linha de fundo pela direita e cruza pra fora.
  • 17 – Bruninho lança Montillo que cruza mal pela direita. Tiro de meta.
  • 18 – Elber recebe de Fabrício e chuta em cima da defesa.
  • 19 – Cruzeiro não consegue armar uma jogada que preste.
  • 19’30” – Elber desce pela direita, Emerson cede escanteio.
  • 20 – Gol! Montillo cobra escanteio pela direita, Bobô salta entre Emerson e Vanderlei e cabeceia pra rede. Cruzeiro 1×2.
  • 21 – Cruzeiro aperta o jogo pressionando defesa do Coxa, que se fecha.
  • 22 – Marquinhos Paraná lança Bruninho na área. Defesa corta.
  • 23 – Marquinhos Paraná avança pela direita, mas é parado com falta por Leo Gago.
  • 24 – Francisco Everton tabela com Bruninho e cruza da esquerda. Claro corta.
  • 25 – Montillo cobra falta pela esquerda, Leo Gago corta.
  • 25’30” – Elber avança pela esquerda, mas é derrubado por Tcheco. Bola na área, Bobô é desarmado por Luccas Claro.
  • 26 – Leandro Guerreiro cai sentindo dores no joelho direito.
  • 28 – Francisco Everton tabela com Montillo, recebe na frente e chuta forte, de dentro da área. Bola passa perto do poste direito do arco de Vanderlei.
  • 29 – Cruzeiro melhorou muito depois do gol, pressiona o Coxa e pode até empatar.
  • 29’30”- Trocas! Leo Gago por Willian, Marcos Aurélio por Anderson Aquino.
  • 30 – Empurra-empurra! Eltinho cai, o tempo esquenta.
  • 31 – Troca! Leandro Guerreiro por Sandro Manoel.
  • 31’30”- Amarelos! Francisco Everton e Everton Costa pelo desentendimento no meio de campo.
  • 32 – Cruzeiro ataca pela esquerda, bola na área, Emerson corta.
  • 33 – Eltinho derruba Elber.
  • 34 – Elber, entre três, na ponta direita, cruza e consegue escanteio. Montillo cobra, Emerson corta de cabeça.
  • 35 – Francisco Everton lança Bruninho dentro da área. Bandeira marca impedimento.
  • 36 – Tcheco cruza da direita, muito alto, Fábio fica com a bola.
  • 37 – Marquinhos Paraná lança Montillo, que é desarmado pela defesa.
  • 38 – Elber tenta invadir a área, mas é desarmado pela defesa e cai.
  • 39 – Montillo enfileira até ser desarmado por Luccas Claro.
  • 40 – Francisco Everton, pela esquerda, cruza mal. Leandro Donizetti rebate.
  • 40’30”- Elber passa por dois e chuta forte, bola desvia em Emerson.
  • 41 – Anderson Aquino cruza da esquerda, Leo Simões.
  • 42 – Sandro Manoel perde a bola pra Tcheco, que sai em disparada e recebe voadora de Fabrício.
  • 42’30”- Amarelo! Fabrício pela voadora em Tcheco.
  • 43 – Anderson Aquino cobra falta com perigo. Fábio voa no canto esquerdo e espalma pra escanteio.
  • 44 – Tcheco cobra escanteio pela direita, Victorino corta.
  • 44’30”- Elber lança Francisco Everton, na direita. Eltinho corta pra lateral.
  • 45 – Amarelo! Leo Simões por falta em Tcheco.
  • 46 – Tcheco cobra falta com força, Victorino corta.
  • 47 – Bola alta sobre a área, Fábio disputa com Bil, rebate, mas fica caído.
  • 48 – Fábio está recuperado.
  • 49 – Tcheco catimba cobrança de falta no meio de campo. Leo Simões joga bola sobre a área, defesa despacha.
  • 50 – Fim de jogo. Cruzeiro cai para o 15º lugar. Coritiba sobe pro 8º.

Vídeos

Atuações

  • Torcida – Os poucos que compareceram, não tiveram motivos pra festejar. Na Web, o festival de besteiras está animadíssimo com os profetas do acontecido expedindo faturas pra todo mundo esquecendo-se de que, não faz muito tempo, se divertiam com o Barcelona das Américas sem reclamar de nada. (Síndico) ///
  • Fábio – Sem erros. E fez duas defesas salvadoras. (Síndico) ///
  • Gil Bahia - Tem dificuldade para pasar da defesa ao ataque, pois não sabe bem o que fazer com a bola quando está no campo do adversário. Falta traquejo, algo que deveria ter adquirido no Campeonato Mineiro. (Síndico) ///
  • Victorino – Um pouco melhor que Leo Simões, mas ainda longe do beque de seleção que já teve atuações impecáveis no Cruzeiro do primeiro semestre. (Síndico) ///
  • Leo Simões – Sua atuação ficou marcada pelo drible seguido de gol aplicado por Bill. Ele foi apenas mais uma das muitas vítimas do veloz ataque do Coxa. Nos demais lances pecou e se penitenciou como qualquer beque submetido à tarefa de parar um ataque que já meteu 5 gols no Vasco e no Botafogo e 6 no Palmeiras. (Síndico) ///
  • Francisco Everton – Fraco tecnicamente, mas esforçado animicamente. Teve o mérito de sair pro jogo no 2º tempo tentando jogadas pela esquerda. (Síndico) ///
  • Leandro Guerreiro – Mal, sem mobilidade, sem pegada, sem energia. Acontece. (Síndico) ///
  • Marquinhos Paraná – Um dos poucos a se salvar do naufrágio técnico, físico e tático do time. Cumpre bem suas funções. No 1º tempo fez a cobertura pela esquerda, no 2º foi lateral-direito. Contra o ataque mais veloz do futebol brasileiro, usou a amnha, cercou, deu botes precisos e não deixou ninguém se criar em seu setor. Quando pôde, subiu aoa taque e distribuiu bem as bolas, procurando os atacantes melhor posicionados. Alguns cegos querem que ele seja um Piazza na volância e um Maurinho 2003 na ala. Mas isto nem a seleção brasileira tem. (Síndico) ///
  • Fabrício – Em má fase, esforça-se muito e produz pouco. Precisa reaver o futebol que fazia do tripé de volantes o esteio do time. Trocar bolas, acelerar e desacelar o jogo conforme as circunstâncias, marar por zona ou individualmente e todo o repertório perdido com as constantyes mudanças de treinador. (Síndico) ///
  • Sandro Manoel – Sabe jogar, mas o desentrosamento atrapalha. Cometeu um erro em saída de bola que poderia ter resultado em gol ou na expulsão de Fabrício que se viu obrigado a parar o lance com uma voadora. Com mais cancha, pode ser útil. (Síndico) ///
  • Montillo - Tudo passa por ele, algo que os treinadores rivais já manjaram há tempos e tentam neutralizar com marcação pesada. Se não aparecer alguém pra incomodar os adversários, seu futebol vai cair. (Síndico) ///
  • Bruninho - Prende bem a bola. Ideakl pra segurar resultados. Na fase atual, tem de acreditar mais em si e partir pra cima. Como fazia no Bahia de Feira. (Síndico) ///
  • Bobô – Fez um gol! Aleluia! Um feito desses enche de alegria e esperança o coração dos torcedores. (Síndico) ///
  • Ortigoza – Esforçado e atrapalhado. (Síndico) ///
  • Elber – Esquecido na esquerda em boa parte do 1º tempo, começou a se deslocar em busca de jogo por todos os lados. Arriscou jogadas individuais que deram pouco resultado, mas não conseguiu o mais importante: ir à linha de fundo e cruzar para os centroavantes. (Síndico) ///
  • Emerson Ávila – Pegou um time decadente e não conseguiu melhorá-lo em nenhum ascpecto. Tecnicamente, alguns jogadores estão abaixo do que um dia jogaram, casos de Fabrício, Guerreiro, Roger, Leo etc. De um modo geral, o fôlego anda curto e taticamente a montillodependência está só aumentando. Depois de um 1º tempo ruim, trocou um lateral por um atacante, equilibrou a partida, mas o time jamais deu esperança de empatar, pois tem um ataque muito ruim. (Síndico) ///
  • Cartolas - Cartola que acompanha padeiro acaba queimando a rosca. De demissão em demissão de treinador, conseguiram baixar o futebol do time a níveis poucas vezes alcançados. Agora, resta continuar a dança trocando de treinador novamente. (Síndico) ///
  • Juiz & Bandeiras – O juiz deixou de marcar uma falta de ERmerson em Elber na entrada da área e livrou a cara de fabrício, que mereceu um vermelho por vadora aplicada em Tcheco. Os bandeiras não comprometeram. (Síndico) ///
  • Cruzeiro – Entrou pensando apenas em se defender e tomou um passeio do 1º tempo. No 2º, com três atacantes, melhorou um pouco. Com Montillo muito marcado, laterais sem força e confiança, restaria o apoio dos volantes que também não estavam em seus melhores momentos. Se Bobô se afirmar como centroavante e Charles voltar com a antiga disposição leonina, pode dar trabalho ao Vasco. A conferir. (Síndico) ///
  • Coritiba - Um time muito bom, que partica um futebol rápido, atrevido, agradável de se ver. Dominou dois terços da partida sem dificuldade alguma. Só penou quando sofreu um gol e ficou indeciso entre se defender e continuar atacando. Foi a brecha que o Cruzeiro encontrou pra jogar alguma bola. (Síndico) ///

O que foi dito

  • Dimas Fonseca, diretor de futebol do Cruzeiro: Estamos dado total apoio ao Emerson e ele tem trabalhado muito. Mas o que nós todos queremos, e o treinador muito mais, são as vitórias e elas não estão acontecendo. Amanhã, em Belo Horizonte, vamos conversar bastante, ouvir o presidente, vocês sabem que nunca tomamos decisões precipitadas, no vestiário, e temos que ter muito cuidado pra não prejudicar ainda mais o andamento nosso no campeonato. O Emerson, por todo trabalho como coordenador, merece confiança e respeito e vamos reunir com ele e a comissão técnica antes de qualquer decisão.
  • Emerson Ávila, treinador do Cruzeiro: A situação é bastante desconfortável. Mas eu sou muito confiante e determinado no que faço. Se a diretoria entender que continuo sendo o nome pra buscar a reabilitação, amanhã estarei lá, pronto pra treinar à tarde os jogadores que não foram relacionados e os que não jogaram hoje. Esta é a vida no futebol. É claro que sabemos que resultado é sempre determinante, no futebol vivemos de vitórias. A diretoria sabe melhor do que eu, o que é mais interessante pro clube. Não faltou empenho. O time mostrou muita garra, determinação e organização. Pressionamos o Coritiba, o 2º tempo foi praticamente todo no campo deles. O gol que tomamos no início da 2ª etapa nos prejudicou bastante. Mesmo com o domínio territorial e um bom volume de jogo, não conseguimos empatar. A confiança só voltará quando vencermos, o que não estamos conseguindo há seis rodadas. Enquanto isso, outros vão conseguindo seus pontinhos aqui e ali, vão subindo, a situação é perigosa, temos que estar atentos. Vamos nos preparar pro próximo jogo. O tempo é curto e se formos analisar problemas, contusões, perderemos mais tempo precioso pra treinamento, organização da equipe e mudanças. Gostei do Elber e do Bruninho. Jogaram com desenvoltura, sem medo de errar. Em alguns momentos prendendo a bola um pouco demais, principalmente o Elber, que desarticulou a defesa do Coritiba e partiu com qualidade e velocidade, conseguiu se desvencilhar dos adversários, mas não foi o suficiente pra criar boas oportunidades.
  • Fábio, goleiro do Cruzeiro: Garra não faltou, todo mundo lutou, dividiu. Entendemos a cobrança do torcedor, mas raça ele não pode cobrar neste jogo. Vai melhorar. Vamos dar a volta por cima. Precisamos começar a vencer. A torcida tem que nos apoiar. Domingo, tem que jogar junto com o time o tempo todo, porque vamos sair desta situação.
  • Fabrício, volante do Cruzeiro: Fiquei feliz de o Bobô ter marcado gol, porque a gente está precisando dos atacantes e eles fazendo gols, a confiança volta e tira o peso das nossas costas.
  • Leandro Guerreiro, volante do Cruzeiro: O sinal vermelho está mais acesso do que nunca. Nesta hora, a equipe tem de ter tranquilidade. Vocês puderam ver, garra não faltou, a gente sabia que seria muito difícil, mas tentou.
  • Marcelo Oliveira, treinador do Coritiba: O Cruzeiro não teve muitas chances. Falei isso no intervalo pros jogadores. Eles aproveitaram a bola parada e o contra-ataque. Foi assim que marcaram o gol. O adversário colocou mais meias, jogadores rápidos, saiu pro jogo e nos botou pra trá. Inconscientemente, pensamos em proteger o resultado.
  • Leandro Donizete, volante do Coritiba: Soubemos jogar no erro do adversário. Toda vez que demonstrarmos raça, força, com qualidade no toque de bola, conquistaremos vitórias. Os adversários ganham uma bola, pegam moral e vêm pra cima. Mas o importante é que tomamos um gol só e conseguimos segurar o resultado.
  • Rafael Belattini, no blog do Juca Kfouri: O Coritiba dominou o Cruzeiro e venceu para também entrar na briga por uma vaga na Libertadores. Criando muito mais que a equipe mineira, o time paranaense saiu na frente com Marcos Aurélio aproveitando a falha de Fábio ao cortar um cruzamento e batendo forte para fazer 1×0. Mesmo diminuindo o ritmo forte do início, o Coritiba não era ameaçado em nenhum instante. Então, aos 13 da segunda etapa, Bill bateu cruzado para fazer 2×0. Os mineiros diminuiram sete minutos depois com Bobô, buscaram pressionar, mas o 2×1 deixou o Cruzeiro como mais um mineiro que só deve se preocupar em não ser rebaixado.
  • Matheus Reis, no PHD: A organização, que o time não apresentava com Joel Santana, também não existe com o Emerson Ávila. O meio não troca meia dúzia de passes, não gira a bola, não se movimenta. Fabrício está numa fase terrível e Francisco Everton é limitadíssimo. Pelo que mostrou em campo, não dá pra entender a ausência do Gabriel Araújo. E mais, se é pra improvisar, melhor Marquinhos Paraná na lateral esquerda do que o Francisco Everton. Gil Bahia esteve bem no 1º tempo.
  • Mauro França, no PHD: O juiz foi caseiro, seguindo o padrão da arbitragem brasileira. No lance do Elber no inicio do 2º tempo, se fosse pro time da casa não tenho duvida que ele marcaria penalti. Fora isso, deixou de marcar faltas e parou pelo menos dois contra-ataques do Cruzeiro pra atender jogadores do Coritiba caidos no gramado (e não era caso grave). E se o Fabricio merecia o vermelho, o mesmo vale para o lateral do Coritiba que agrediu Montillo no meio de campo.

Fontes

Transmissão

  • Sportv