Corinthians 1x2 Cruzeiro - 17/10/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Vasco.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Chapecoense.png
Por Copa do Brasil 2018
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Corinthians.png Gol aos do Última ficha →
No estádio Arena Corinthians
Escudo Corinthians.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Corinthians.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Contra Corinthians
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Corinthians.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Corinthians.png

[edit]

Escudo Corinthians.png
Corinthians
1 × 2 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
Jogo de volta - Final - Copa do Brasil 2018
Data: 17 de outubro de 2018 Local: São Paulo, SP
Horário: 21:45 Estádio: Arena Corinthians
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães Público pagante: 45.978
Assistente 1: Figueiredo Henrique Corrêa Público presente: Não disponível
Assistente 2: Bruno Boschilia Renda: R$ 5.108.151,00 R$ 5.108.151 <br />Cr$ 5.108.151 <br />NCr$ 5.108.151 <br />Cz$ 5.108.151 <br />NCz$ 5.108.151 <br /> (preço médio: R$ 111,10 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Corinthians: Cruzeiro:

12. Cássio 1. Fábio
23. Fagner Cartão amarelo recebido aos 32  (1T) 32'  (1T)   2. Edilson
14. Léo Santos 26. Dedé
3. Henrique 3. Léo
35. Danilo Avelar 29. Lucas Romero
15. Ralf Cartão amarelo recebido aos 8  (1T) 8'  (1T)   5. Ariel Cabral
5. Gabriel Cartão amarelo recebido aos 18  (1T) 18'  (1T)   Substituição realizada 35'(2T) de jogo 35'(2T) ( 22. Mateus Vital ) 8. Henrique
10. Jadson Gol aos 9 do 9' (1T) P Cartão amarelo recebido aos 26  (2T) 26'  (2T)   19. Robinho Cartão amarelo recebido aos 11  (2T) 11'  (2T)   Gol aos 27 do  (1T) 27'  (1T)
11. Romero 30. Thiago Neves Cartão amarelo recebido aos 39  (1T) 39'  (1T)   Substituição realizada 35' (2T) de jogo 35' (2T) ( 16. Lucas Silva )
47. Emerson Sheik Cartão amarelo recebido aos 25  (1T) 25'  (1T)   Substituição realizada 32'(2T) de jogo 32'(2T) ( 25. Clayson Cartão amarelo recebido aos 41  (2T) 41'  (2T)   ) 18. Rafinha Cartão amarelo recebido aos 34  (1T) 34'  (1T)   Substituição realizada 21' (2T) de jogo 21' (2T) ( 10. De Arrascaeta Gol aos 36 do  (2T ) 36'  (2T ) )
7. Jonathas Substituição realizada 21'(2T) de jogo 21'(2T) ( 38. Pedrinho ) 28. Barcos Substituição realizada 30' (2T) de jogo 30' (2T) ( 17. Raniel )
Técnico: Jair Ventura Técnico: Mano Menezes
Reservas que não entraram na partida
Corinthians: Cruzeiro:

Pré-Jogo

RANKING de clubes da CBF 2016: Cruzeiro é o 1º, com 15.288; Corinthians é o 6º, com 14.076.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro passou pelo Paranaense (2×1, 1×1), Santos (1×0, 1/3×2/0) e Palmeiras (1×0, 1×1). Corinthians passou por Vitória (0x0, 3×1), Chapecoense (1×0, 1×0), Flamengo (0x0, 2×1).

CRUZEIRO: Fábio — Edilson, Leo, Dedé, Romero — Henrique, Cabral — Robinho, Neves, Rafinha — Barcos. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Ezequiel, Cacá, Murilo, Hermes, Bruno, Lucas, David, Sobis, Arrascaeta, Raniel, Fred.

AUSENTES: Manoel (amigdalite), Sassá e Esgídio (suspensos).

PENDURADOS: Edílson, Egídio, Raniel.

ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ), Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ), Bruno Boschilia (PR), VAR:

CORINTHIANS: Cássio — Fagner, Leo Santos, Henrique Buss, Avelar — Douglas, Ralf — Jadson — Romero, Jonathas, Sheik. T: Jair Ventura.

BANCO: Walter G, Carlos L, Vílson B, Marllon B, Pedro Henrique B, Gabriel V, Thiaguinho M, Pedrinho M, Vital M, Danilo A, Diaz A, Clayson A.

AUSENTES: Matheus Matias, Rodrigo Figueiredo, Roger (sem inscrição no torneio), Renê Júnior (lesão no joelho esquerdo), Paulo Roberto (inflamação na coxa esquerda), Araos (suspenso).

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h38 TIMES em campo.
  • 21h40 HINO Nacional.
  • 21h42 UNIFORMES tradicionais.
  • 21h43 ESTÁDIO lotado. Torcida Celeste ocupa todo o espaço destinado a ela.
  • 21h44 VAR: Wilton Sampaio (GO), Ivan Bphn (PR), Rodolfo Toski (PR).
  • 21h47 COMEÇA. Cruzeiro, à direita, Corinthians dá a saída.
  • 01 Edílson derruba Avelar, que sente dor no panturrilha esquerda.
  • 01 Jadson cobra falta, defesa celeste corta.
  • 02 Rafinha derruba Sheik no campo de defesa dos gambás.
  • 02 Jonathas pisa na bola. Lateral, Cruzeiro.
  • 03 Henrique corta na defesa, gambás recuperam bola na meiuca.
  • 04 Fagner derruba Rafinha, que fica estendido no gramado.
  • 04 Rafinha sai de campo na maca.
  • 05 MARCAÇÃO IMPLACÁVEL dos dois times.
  • 06 Jonathas derruba Cabral e pede desculpas. Argentino não aceita.
  • 07 Boa trama do Cruzeiro na esquerda, Neves busca Barcos na área, Argentino, bem marcado, não chega na bola.
  • 08 AMARELO. Ralf, por falta em Romero.
  • 09 Jadson cobra falta, Dedé corta, de cabeça.
  • 10 GRAMADO tem 8% de grama artificial.
  • 10 Romero dispara [ela esquerda, dedo corta.
  • 11 PERIGO! Jadson cruza da esquerda, Sheik tenta, mas no consegue arrematar de cabeça.
  • 12 Gmbás trocam passes na defesa. Avelar joga bola pra frente, Heniruq despacha de sem-pulo.
  • 13 Sheik avança pela esquerda, mas é impedido de cruzar por Dedé.
  • 14 Cruzeiro não pressiona saída de bola do Corinthians. Prefere esperar em seu campo de defesa.
  • 15 Cruzeiro ainda não chutou gol.
  • 16 Romero derruba Sheik.
  • 17 Avelar cruza da esquerda, Romero rebate.
  • 18 AMARELO. Gabriel, por carrinho em Dedé, perto da área celeste.
  • 19 SALVOU! Jadson finaliza de dentro da área, Leo corta.
  • 20 Cruzeiro contrataca, Neves finaliza, Cássio faz boa defesa.
  • 21 Jadson lança Fagner nas costas de Romero. O ateral da Copa no consegue dominar a bola. Tiro de meta, Cruzeiro.
  • 22 Avelar vacila, Robinho chuta, Henrique Buss escanteia a bola.
  • 23 Neves cobra corner na direita, Jonathas corta.
  • 24 Gambás fazem muito barulho.
  • 25 Cássio tira de soco bola alçada na área corintiana
  • 25 Dedé passa do meio de campo, mas erra passe pra Neves.
  • 25 AMARELO. Sheik, por falta em Romero.
  • 26 Romero Angel cruza da esquerda, Dedé corta.
  • 27 FALTAS: Corinthiaqns 8×7.
  • 28 GOL. Rafinha desarma leo santos e passa a barcos, que acerta o poste esquerdo, com chute da entrada da área. Robinho fica com o rebote e manda pra rede. CRUZEIRO 1×0.
  • 29 Foi o 4º chute do Cruzeiro no alvo.
  • 30 POSSE DE BOLA: Corinthians, 69%.
  • 30 FOGUETÓRIORem Belo Horizonte.
  • 31 Barcos lança robinho em profundidade, Leo santos corta pra lateral.
  • 32 Cruzeiro marca alto pela primeira vez.
  • 33 AMARELO. fagner, por falta em romero.
  • 34 BALIZA. Neves cobra falta na esquerda, Dedé cabeceia, bola acerta o poste direito, Robinho apanha o rebote, mas chuta pra fora.
  • 35 Cruzeiro se fecha, gambás trocam passes.
  • 35 AMARELO. Rafinha, por falta em Sheik.
  • 36 QUASE! Jadson cobra falta na direita, Henrique Buss sobe no meio da multidão e cabeceia. Bola sai rente ao poste esquerdo.
  • 37 Edílson cbra falya na intermediária corintiana, bola acerta a barreira e não atinge o alvo.
  • 38 TORCIDA CELESTE canta alto, gambás se calam.
  • 39 Neves cobra falya, henrique cabeceia, bola sai à direita de Cássio.
  • 40 AMARELO. Neves, por alta em Sheik parando contra-ataque corintiano.
  • 41 velar cruza da esquerda, Fá io corta de soco.
  • 42 Henrique desarma Jadson, bola fica com barcos que lança no vazio. Neves está longe.
  • 43 Avelar lança jadson, Edílson crta de cabeça.
  • 43 POSSE DE BOLA: Corinthians, 70%.
  • 44 Romero chuta, dedé corta pra corner, Jadson cobra corner, Dedé tira de cabeça.
  • 45 Fagner corta pro meio e finaliza. Bola sai à direita de Fábio.
  • 45 DEDÉ fez 10 dos 22 desarmes do Cruzeiro.
  • 4+1 Sheik passa por Romero, Cabral chega a na cobertura e corta.
  • 45+2 Avelar cruza da esquerda, Jonathas cabeceia, bola sai à esquerda de Fábio.
  • 45+2 Leo derruba Jonathas, em disputa aérea.
  • 45+3 Jadson cobra falta, Dedé corta pelo alto.
  • 45+3 Avelar joga bola na área, Cabral corta.
  • 45+4 Bola longa, Fagner não alcança. Tiro desta, Cruzeiro.
  • 45+4 FIM de 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 22h52 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 46 Edílson desarma Avelar e recua. Dedé despacha a bola com um chutão.
  • 46 Sheik cruza direita. Leo corta. Jadson cobra, defesa celeste corta.
  • 47 Romero escanteia bola, Jadson cobra, defesa corta.
  • 48 Barcos cai sentindo dores na canela direita.
  • 49 Barcos sai na maca.
  • 49 Corinthians com dez jogadores no campo de defesa celeste.
  • 50 Pressão absurda dos gambás, Fábio voa e corta de soco.
  • 51 Juiz consulta o var sobre queda de Sheik na área celeste.
  • 52 Pressào dos jogadores gambás obriga Juiz a consultar o vídeo.
  • 53 PÊNALTI. Juiz carioca marca contra o Cruzeiro. P6enalti de Neves em Jadson. Foi nada.
  • 54 ROUBO. Gaciba diz que não foi pênalti
  • 55 GOL. Jadson cobra rasteiro no canto direito, Fábio voa pro lado esquerdo.
  • 56 TORCEDOR OTÁRIO, toma Var nor rabo de novo!
  • 57 Torcida gambá cresce, juiz vai ficar sob pressão.
  • 58 AMARELO. Robinho, por falta em Ralf.
  • 58 Jadson cobra falta, Buss não alcança a bola.
  • 59 LUIS ROBERTO, locutor da Globo, apesar de torcedor do São Paulo, vibrou quando o Juiz inventou o pênalti.
  • 60 DEFESAÇA. Neves cobra falta, Henrique Buss corta pra trás, Leo arremata da entrada da pequena área, Cássio salva.
  • 61 Henrique cai. Levou pescoção de Ralf.
  • 62 Angel Romero passa por Edílson e cruza da esquerda. Jonathas cabeceia pra fora.
  • 63 Corinthians gira a bola, Cruzeiro observa.
  • 64 Edílson dá um bico, Barcos no alcança a bola.
  • 65 Romero cruza da esquerda. Buss corta de cabeça.
  • 66 Angel Romero cruza da esquerda, Dedé dá uma canelada na bola. Corner, gambás.
  • 66 Juiz vai à beira do campo chamar a tenção de Mano Menezes.
  • 67 TROCA. Jonathas x Pedrinho.
  • 67 TROCA. Rafinha x Arrascaeta.
  • 68 Angel Romero ataca pela esquerda, Ed;ilson escanteia a bola.
  • 68 Jadson cobra corner na esquerda, Fábio corta de soco.
  • 69 GOL. Fábio corta duas bolas de soco, Dedé chuta pra frente, corta, Pedrinho pega rebote e manda uma ba;aço. Bola entra no ângulo direito.
  • 70 ANULADO. Juiz consulta o var e e anula o gol. Houve falta de jadson em Dedé: um tapa no peito do beque celeste.
  • 71 LEONARDO GACIBA, da Globo, concorda com o Juiz carioca. Houve mesmo falta de Jadson em Dedé.
  • 72 FRENTE AMPLA: Luís Roberto, Caio Ribeiro e Bob Faria, da Globo, só pensam e falam no que pode dar certo pros gambás.
  • 73 TROCA. Barcos x Raniel.
  • 74 CERA. Barcos sai na maca. A conta vem depois, nos acréscimos.
  • 75 SOS. Henrique e Cabral sofrem no meio de tantos meias gambás. Precisam de ajuda, Mano!
  • 76 Romero toma bola de Fagner e aciona Arrascaeta, que chuta de fora da área. Bola passa por cima do travessão.
  • 77 Raniel toma bola de Ralf e passa a Robinho, que cruza. Henrique Buss corta.
  • 78 TROCAS. Sheik x Clayson.
  • 79 Fagner cruza direita, Dedé corta de cabeça.
  • 80 Avelar levanta a bola, Pedrinho finaliza, Fábio encaixa.
  • 81 CABRAL pisa errado e fica caido.
  • 81 TROCA. Gabriel x Mateus Vital.
  • 81 TROCA. Neves x Lucas Silva.
  • 81 GOL. Leo desarma o ataque corintiano e lança Raniel, que dribla o marcador no meio de campo e aciona Arrascaeta. O uruguaio dispara pela intermediária corintiana e toca por cima de Cássiom que sai em desespero. Bola na rede! CRUZEIRO 2×1.
  • 82 12º GOL de Arrascaeta na temporada.
  • 83 PERDEU! Lucas aciona raniel, que não consegue passar por Cássio.
  • 84 Torcida Celeste volta a acalar Itaquera.
  • 85 Pressão corintiano, Corner. Jadson corta na direita, Henrique Buss cabeceia pra fora.
  • 86 AMARELO. Clayson, por levantar Robinho.
  • 87 Cruzeiro gastou R$60 mil com passagens aéreas pra resgatar Arrascaeta no Japão, onde ele estava com a Seleção Uruguaia.
  • 88 SINALIZADORES acesos pela torcida corintiana, jogo parado.
  • 89 PÚBLICO: 45.958 presentes, R$5.000.000.
  • 89 Jogo recomeça, com fumaça e tudo.
  • 89 Romero derruba Pedrinho.
  • 90 Jadson cobra falta na direita. Leo corta.
  • 91 Vital levanta a bola na área, Fábio salta, Buss comete falta nele.
  • 91 SETE MINUTOS de acréscimo. Sacanagem!
  • 92 Cruzeiro todo na defesa.
  • 93 Gambás rondam a área celeste. Leo toma bola de romero e dá um bico pra frente.
  • 93 Jadson joga bola na ‘;area, Fábio sobe e desce coma bola nos braços.
  • 94 Jadson cruza direita, leo corta.
  • 94 Dedé toma bola de Angel denttro da área celeste.
  • 95 Raniel puxa contrataque, mas dá passe com displicência pra Robinho, defesa corta.
  • 96 Cruzeiro tenta prender a bola na esquerda. Gambás no deixam.
  • 96 Pedrinho cruza, Henrique corta, de cabeça.
  • 97 Angel arremata, dedé corta.
  • Henrique corta bola cruzada.
  • 98 FIM DE JOGO. Cruzeiro hexacampeão brasileiro.

Vídeos

Gols
Bastidores

Atuações

  • TORCIDA CELESTE lotou seu espaço, mas a transmissão do Sportv não foi muito generosa com o áudio, fazendo sua voz aparecer só no final.
  • FÁBIO foi perfeito nas interceptações dos cruzamentos. No golaço anulado, deu um passo para a esquerda e foi pego de surpresa por um tirambaço do meio da rua. Sem culpa.
  • EDÍLSON esteve seguro na defesa e tentou uma ou outra tabela mais à frente, sem relevância.
  • LEO não cometeu falha alguma e quase marcou um gol numa bola defendida em cima da linha pelo Cássio.
  • DEDÉ, o melhor do jogo! Divertiu-se cortando de cabeça os cruzamentos aéreos do Corinthians. Pelo chão, também foi perfeito. E ainda acertou uma bolada no poste do arco de Cássio, ainda no primeiro tempo. No lance polêmico, valorizou o toque do Jadson e conseguiu a anulação do gol.
  • ROMERO se preocupou em marcar e errar o mínimo possível. Mostrou melhor futebol do que Hermes vinha jogando nas últimas partidas.
  • HENRIQUE capitaneou o time, ganhando lances importantes e protegendo muito bem a zaga. Partidaça!
  • CABRAL marcou bem, mas cometeu algumas falhas de posicionamento principalmente por falta de gás. Não conseguiu encaixar um passe mais decisivo.
  • ROBINHO foi outro destaque do time. Correu como nunca para marcar e atacar e foi premiado com um gol em uma finalização difícil que ele fez parecer fácil.
  • RAFINHA também foi um monstro. Roubou a bola do primeiro gol servindo-a açucarada para o Barcos finalizar. Infernizou a defesa dos gambás enquanto conseguiu e recompôs com afinco.
  • NEVES não fez uma boa partida. Facilitou a cavada de pênalti do Ralf cavar, depois de se enrolas com a bola numa faixa morta da grande área. Foi substituído, pra Lucas melhorar a marcação na meia-cancha.
  • BARCOS não fez o pivô tão bem como na primeira partida, mas dentro da área manja do riscado. Com categoria, limpou o lance, finalizou e no rebote Robinho aproveitou.
  • ARRASCAETA veio lá do Japão para marcar o gol do Hexa. Entrou para resolver a parada no contra-ataque e resolveu, sem choro nem vela. Carrasco máximo finais.
  • RANIEL entrou para servir como válvula de escape e conseguiu descolar uma senhora assistência para o segundo gol.
  • LUCAS rendeu Thiago Neves para ajudar a fechar o time no final. Conseguiu fazer bem sua tarefa.
  • MANO escalou bem principalmente na lateral esquerda, evitando a presença de um cara completamente sem confiança e que poderia sofrer com Angel Romero ou Pedrinho. Sem inventar, fez o time jogar o de sempre, o que foi mais do que suficiente para sobrar para cima do rival.
  • CEUZEIRO foi melhor no primeiro e no segundo jogo da decisão. Como um relógio, seguiu o script da partida sem se desviar do planejado. A anulação do gol aliviou o peso de ter que marcar e, no contra-ataque, liquidou a fatura.
  • CORINTHIANS foi pior que o Cruzeiro nos dois tempos da partida. Confuso na etapa inicial, pouco incomodou e se mostrou presa fácil para contra-ataques e trocas de passes com velocidade. Não fosse a interferência da arbitragem, dificilmente teria mexido no placar.
  • ÁRBITROS erraram na utilização do recurso de vídeo e se complicaram nos dois lances capitais. Com a bola rolando, tomaram as decisões corretas na maior parte do jogo.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Acho que o pessoal vai ter um pouquinho de tolerância com minhas maneiras defensivas de jogar. No futebol, nada acontece por acaso. Existem muitas maneiras de se ganhar. Tenho meu estilo, acredito nele e faço os jogadores acreditarem. Por isso, somos os únicos bicampeões, eu como técnico e o Cruzeiro como equipe. No futebol, você vai ser contestado muitas vezes. Mas de um técnico de ponta se exige muitas virtudes, uma delas é a coragem de fazero que acredita ser o certo. Senão, qualquer um pode dirigir. Pra ficar de bem com a torcida, é molezinha. Tem de enfrentar, como hoje, a decisão de colocar Romero. Decisão arriscadíssima, porque se dá errado, o inventor é o professor pardal. Barcos é experiente, segura bem na frente. Na jogada do gol, da bola no poste, ele teve calma incrível pra girar dentro da área. São jogadores acostumados com decisão. Eu tenho o reconhecimento dos jogadores, que é o mais importante pro técnico. Torcedor é mais emotivo, vai e volta com os resultados. A imprensa também. Analisar um trabalho não é fácil. Os jogadores, não. Eles fazem parte do trabalho, sabem como as decisões são tomadas. Fico muito feliz por conquistarmos juntos um lugar na história do Cruzeiro, um clube extremamente vencedor.
  • LEO: Trabalhamos debaixo de sol e chuva. Hoje, graças a Deus, colhemos este fruto. Estão todos de parabéns pela entrega, dedicação e por acreditarem sempre. Entramos pra história. Ninguém havia sido bicampeão seguido da Copa do Brasil. É uma alegria e uma honra muito grandes.
  • SOBIS: Fizemos um jogo espetacular. Somos um time chato e essa camisa pesa mesmo. O time mais chato que eu já vi jogar é o Cruzeiro. Ninguém consegue ganhar da gente em mata-mata. Além do nosso nome ficar eternizado na história do Cruzeiro, conquistamos feitos inéditos. Será a primeira vez que um time vai usar esse negocinho, esse patch na camisa durante dois anos. Isso é história, primeiro time hexacampeão, primeiro bicampeonato seguido. Tem que respeitar muito, muito, essa camisa.
  • DEDÉ: Momento único. Estou feliz demais. É um título diferentíssimo. Estou emocionado. Essa torcida fez a diferença. Vou falar: hoje, com todo o meu coração, o que essa torcida fez este ano, acho que no futebol eu nunca vi uma torcida fazer. Momento difícil, momento bom, momento ruim, eles estavam lá apoiando, lotaram o Mineirão. Por isso, coroa essa torcida, a melhor torcida do Brasil. Nesse mesmo momento, no ano passado, o Dr. Sérgio Campolina chegou no meu ouvido: ‘Olha, você vai ter que fazer uma cirurgia no joelho’, no dia do título. Hoje, estou aqui. Depois de uma cirurgia perfeita, coroando o título dentro de campo. Agora, você imagina o que está passando na minha cabeça, a emoção. Estou feliz demais. Obrigado, torcedor, pela paciência, dizer que eu amo vocês do fundo do meu coração. Eu nunca vou ser um jogador que vai puxar saco, fazer marketing pra torcedor vir torcer pra mim. Mas eu tenho, do fundo do meu coração, um amor diferentíssimo por essa torcida. Uma torcida que me acolheu, que no momento difícil me apoiou. Então, nação celeste, eu amo vocês.
  • MIGUEL TOLENTINO: Partidaça do Cruzeiro! Primeiro tempo seguro, muito consciente, preciso e matreiro pra aproveitar o erro corintiano, organizado defensivamente pra suportar a pressão e aproveitar o nervosismo do mandante. No 2º tempo, apesar dos sustos iniciais, o time foi cirúrgico pra definir o jogo. Título merecido pra quem foi soberano como visitante.
  • MATHEUS CHAVES: Vi o jogo sozinho e acho que foi o primeiro título que vi em casa sem companhias. No rescaldo pós-jogo, acabei me deliciando com o ranço dos caras da ESPN. Todos sem exceção metendo a ripa no Mano, dizendo que o Cruzeiro tinha obrigação de jogar mais bola etc e tal. Acho essa suposição uma grande sacanagem com o trabalho dele.
  • ERNESTO ARAUJO: Que passe do Raniel ! Mas acho que o passe foi o mais fácil, difícil foi dominar a bola, que chegou como um tijolo. Sem o domínio, ele não poderia avançar e passar a bola ao Arrascaeta. Por isso, muitas vezes, reclamo de erros técnicos nas jogadas, Mas quando esses erros são eliminados as chances de gol crescem. Sei que não é fácil. Se fosse, qualquer um seria jogador de Série A e teria salário milionário.
  • FILIPE BRAGA: Raniel só acertou o serviço pro Arrascaeta nos últimos jogos de mata-mata. Felizmente acertou no momento mais importante. Muito bom. Mas merece um puxão de orelha pela displicência no lance em que apareceu sozinho na frente do Cássio.
  • SOUZA: O time celeste é muito tático. Venceu todos os jogos fora de casa. Saiu da Libertadores por conta o var, nas besta decisão, venceu o adversário e sua torcida, além do var.
  • MAURO FRANÇA: O time todo jogou bem, foi eficiente, preciso. Taticamente, beirou à perfeição, especialmente no 1º tempo. Por isto, escolho o Mano como o melhor da decisão. É um voto também, nos jogadores e na comissão técnica, pelo excelente trabalho, pela estratégia, às vezes arriscada, mas que funcionou mais uma vez.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas
  • Sportv
  • Fox Sports