Chapecoense 1x1 Cruzeiro - 11/04/2012

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Atlético-MG.png 2x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x2 Escudo Uberaba.png
Por Copa do Brasil
Escudo Rio Branco-AC.png 0x6 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 4x1 Escudo Chapecoense.png
No estádio Arena Condá
Escudo Internacional.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Chapecoense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png
Contra Chapecoense
← Primeira ficha Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 4x1 Escudo Chapecoense.png

[edit]

Escudo Chapecoense.png
Chapecoense
1 × 1 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
Jogo de ida - Segunda fase da Copa do Brasil
Data: 11 de abril de 2012 Local: Chapecó, SC
Horário: 22h Estádio: Arena Condá
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima Público pagante: 7.085
Assistente 1: José Javel Silveira Público presente: Não disponível
Assistente 2: Lúcio Beiersdorf Flor Renda: R$ 102.760,00 R$ 102.760
Cr$ 102.760
NCr$ 102.760
Cz$ 102.760
NCz$ 102.760
(preço médio: R$ 14,50 )
Súmula: Não disponível
Escalações
Chapecoense: Cruzeiro:
1. Rodolpho 1. Fábio
2. Fabiano 2. Diego Renan Cartão amarelo recebido aos 3  (2T) 3'  (2T)   Substituição realizada 36' (2T) de jogo 36' (2T) ( 16. Élber Pimentel )
3. Leonardo 3. Léo  Cartão vermelho recebido aos 35  (2T) 35'  (2T)  
4. Souza Gol aos 17 do  (1T) 17'  (1T) Substituição realizada 21' (2T) de jogo 21' (2T) ( 13. Dema ) 4. Victorino
5. Anderson Cartão amarelo recebido aos 2  (2T) 2'  (2T)   5. Leandro Guerreiro Cartão amarelo recebido aos 41  (1T) 41'  (1T)  
6. William Cartão amarelo recebido aos 24  (1T) 24'  (1T)   Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 15. Rafael Monteiro ) 6. Everton
7. Diogo Roque 7. Wallyson Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. Walter Gol aos 16 do  (2T ) 16'  (2T ) )
8. Athos Cartão amarelo recebido aos 39  (1T) 39'  (1T)   8. Marcelo Oliveira Cartão amarelo recebido aos 46  (1T) 46'  (1T)  
9. João Paulo Substituição realizada 13' (2T) de jogo 13' (2T) ( 18. Éber ) 9. Wellington Paulista Substituição realizada 17' (2T) de jogo 17' (2T) ( 17. Roger )
10. Neném 10. Montillo
11. Eliomar 11. Anselmo Ramon
Técnico: Itamar Schulle Técnico: Vágner Mancini
Reservas que não entraram na partida
Chapecoense: Cruzeiro:

Pré-Jogo

Após eliminar o Rio Branco, do Acre, há um mês, com uma goleada de 6×0, o Cruzeiro volta à Copa do Brasil para o jogo de ida contra a Chapecoense, campeão de Santa Catarina, pela 2ª fase do torneio.

Vagner Mancini não tem problemas pra escalar sua equipe. Somente o volante reserva Rudnei está contundido. Todos os titulares estão têm condição de jogo.

O esquema, mais uma vez, deve ser o 4-2-1-3.

O treinador Itamar Schulle também não tem problemas para escalar sua força máxima, pois o beque Souza, que deveria ficar alguns meses fora do futebol por ter quebrado a perna de um adversário pelo torneio estadual, obteve efeito suspensivo.

Seu time está em 2º lugar no Estadual, mesmo tendo perdido em casa, no último domingo, para o Atlético Ibirama por 3×2.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h40 – Cruzeiro faz aquecimento no gramado.
  • 21h45 – Expectativa de 10 mil torcedores na Arena Condá. Poucos torcedores na parte reservada à torcida celeste
  • 21h51 – Chapecoense em campo, com camisas e meias brancas, calções verdes.
  • 21h54 – Cruzeiro em campo com uniforme tradicional.
  • 21h56 – Wallyson: “Eles vão tentar aproveotar o apoio da torcida e marcar um gol nos primeiros 15 minutos. Mas o Cruzeiro está preparada pra tentar vencer e matar o jogo de volta.”
  • 21h57 – Hino Nacional tocado por Leo Bernardi, acordeonista cego vestido com a camisa da Chapecoense.
  • 22h – Wagner Mancini: “Domingo, Diego Renan não joga, então, optamos por usá-lo hoje e os outros no próximo jogo do Mineiro.”
  • 22h01 – Itamar Schulle – “As alterações são para o retorno dos titulares.”
  • 22h03 – Começa o jogo. Cruzeiro, à esquerda das tribunas, dá a saída.
  • 00 – Reservas do Cruzeiro: Rafael
 Monteiro, Marcos, Thiago Carvalho, Amaral, Roger Galera, Elber, Walter.
  • 01 – Montillo desce pela direita e cruza. Anselmo Ramon chega batendo de prima. Bola por cima do travessão.
  • 02 – Wellington Paulista derrubado na ponta direita. Montillo cobra, Fabiano corta, de cabeça.
  • 03 – Athos tenta jogada na esquerda, Diego Renan põe a bola pra lateral.
  • 04 – Neném faz boa jogada pela direita e cruza, Fábio voa e espalma pra cortar o centro. William fica com o rebote e chuta. Bola por cima do travessão.
  • 05 – Wallyson derruba João Paulo pra evitar contra-ataque.
  • 06 – Leandro Guerreiro chuta de longe, bola desvia na defesa e sai a escanteio. Montillo cobra Rodolpho corta.
  • 07 – Caramba! Wellington Paulista cruza da direita, Anselmo Ramon recebe a bola na entrada da pequena área, gira e chuta forte. Rodolpho abafa o chute e salva gol certo.
  • 08 – Athos cobra falta a cinco passos da entrada da área. Bola fica na barreira.
  • 09 – Dá-lhe, touceira! Leo Simões desfaz ataque da Chape sai jogando com Wellington Paulista, que atravessa o campo, mas perde a bola pras touceiras do gramado.
  • 10 – Wallyson recebe passe dentro da área, mas é cercado e desarmado por Souza.
  • 11 – Anselmo Ramon evita um lateral e, mesmo caído, lança Wallyson, que é desarmado.
  • 12 – Máfia Azul está presente na Arena Condá com suas faixas.
  • 13 – Cruzeiro toca bola no meio de campo. Chape, toda recuada, assiste.
  • 14 – Montillo cobra escanteio pela esquerda, Rodolpho corta de soco.
  • 15 – Athos lança João Paulo, que é desarmado por Victorino dentro da área. Neném fica com o rebote e chuta. Escanteio.
  • 16 – Gol! Neném cobra escanteio pela direita. Souza, marcado por Anselmo Ramon e Leo Simões, mas protegido por Fabiano, sobe mais do que todo mundo e cabeceia. Bola entra no canto esquerdo de Fábio, que nem se mexe. Chapecoense 1×0.
  • 17 – Wellington Paulista leva um pescoção de William, mas o juiz marca falta contra o Cruzeiro.
  • 18 – Carrapato! Wanderson marca pessoalmente Montillo.
  • 19 – Montillo cobra falta, Diego Renan chuta bola pra dentro da pequena área, estabelece-se a balbúrdia, Wanderson aparece pra despachar a bola.
  • 20 – Quase! Anselmo Ramon entra na área, deixando Souza pra trás e finaliza com a canhota na saída de Rodolpho. Bola sai à direita do goleiro.
  • 21 – Wellington Paulista chuta enviezado, da lateral direita da área, bola sai rente ao poste esquerdo do arco catarinense.
  • 22 – Chapecoense, compacta na defesa, não oferece espaços para a armação celeste.
  • 23 – Amarelo! William por falta em Wellington Paulista.
  • 24 – Montillo cobra falta pela direita, defesa corta.
  • 25 – Por pouco! Leo Simões chuta de fora da área, bola fica com Wellington Paulista, que gira sobre o marcador, mas, na saída de Rodolpho, chuta a bola por cima do travessão.
  • 26 – Wellington Paulista recebe um chambão de William e cai fora do gramado.
  • 27 – Wellington Paulista cruza da direita, Rodolpho defende, mesmo acossado por Anselmo Ramon.
  • 28 – Victorino passa do meio de campo e lança Wallyson. Bola sai pela lateral.
  • 29 – Wallyson cruza da esquerda, Wellington Paulista cabeceia pra fora.
  • 30 – Roque passa a William, que chuta de fora da área. Bola sai pela linha de fundo.
  • 31 – Anselmo Ramon, gira sobre Souza e chuta forte. Bola sai à esquerda do arco catarina.
  • 32 – Amarelo! Neném por falta em Montillo.
  • 32’30” – Montillo cobra falta jogando a bola sobre a área. Rodolpho corta com um soco.
  • 33 – Wanderson entra com um carrinho violento em Montillo. Tiro livre indireto a três passos da meia lua.
  • 34 – Wellington Paulista cobra a falta, bola fica na barreira.
  • 35 – Guerreiro e Leo Simões pressionam João Paulo no meio de campo. Falta pra Chape.
  • 36 – Montillo, pela direita, dentro da área, cruza duas vezes. Defesa corta ambas.
  • 37 – Wallyson entra driblando na área, mas é desarmado antes de arrematar.
  • 38 – Francisco Everton cruza da esquerda, um dos três galalaus da bequeira catarina corta de cabeça.
  • 39 – Wellington Paulista derrubado por Athos na ponta direita.
  • 39’30” – Amarelo! Athos comete falta por trás em Wellington Paulista.
  • 40 – Marcelo Oliveira chuta de longe, muito fraco, sem problemas pra Rodolpho que defende sem sair do lugar.
  • 40’30” – Amarelo! Leandro Guerreiro por uma falta inexistente em Diogo Roque.
  • 41 – Diego Renan tenta puxar o contra-ataque, mas é derrubado.
  • 42 – Wellington Paulista cruza da direita, bola sai do lado oposto.
  • 43 – Wallyson tenta driblar Fabiano, que cede escanteio, perto da bandeira de corner da ponta esquerda. A cobrança dá em nada.
  • 44 – Neném cobra falta sofrida por Eliomar na ponta direita. Fábio defende sem problemas.
  • 45 – Caçado! Wellington Paulista sofre sua 6ª falta. Montillo cobra, defesa corta.
  • 45’30” – Amarelo! Marcelo Oliveira evita contra-ataque puxando Neném pela camisa.
  • 46 – Fim de 1º tempo. Cruzeiro insistiu nas bolas aéreas sem bons resultados. Nas rasteiras, criou e perdeu chances.
  • Montillo: “Tem que melhorar, estamos jogando mal.”

Segundo Tempo

  • 23h04 – Cruzeiro volta a campo com Walter em lugar de Wallyson.
  • 23h05 – Leandro Guerreiro: “Determinação e vontade pra superar as dificuldades, principalmente o gramado que está ruim..”
  • 23h06 – Chapecoense volta a campo com Rafael Mineiro em lugar de William.
  • 23h07 – Começa o 2º tempo. Chapecoense dá a saída.
  • 00 – Trocas! William por Rafael Mineiro; Wallyson por Walter.
  • 01 – Cruzeiro toca bola no ataque, Chape toda recuada.
  • 02 – Anselmo Ramon passa a Walter, que gira sobre dois marcadores e arremta com perigo. Bola passa rente ao travessão.
  • 02’30” – Amarelo! Wanderson por falta em Montillo.
  • 03 – Anselmo Ramon chuta de fora da área, bola passa perto do poste esquerdo do arco catarina.
  • 03’30” – Amarelo! Diego Renan por falta em João Paulo.
  • 04 – Neném cruza, Diego Renan sobe mais que Athos e cabeceia, dentro da área. Juiz marca falta do catarinense.
  • 05 – Wellington Paulista tenta cruzar da esquerda e ganha escanteio.
  • 06 – Montillo cobra escanteio pela esquerda, Victorino cabeceia, Rodolpho defende.
  • 07 – Marcelo Oliveira arremata de fora da área, bola passa à direita de Rodolpho e sai pela linha de fundo.
  • 08 – Montillo lança Anselmo Ramon, Fabiano corta. Lateral para o Cruzeiro.
  • 09 – Francisco Everton cruza da esquerda, Fabiano corta de cabeça, dentro da pequena área.
  • 10 – Anselmo Ramon passa a Wellington Paulista, que é desarmado na ponta esquerda.
  • 11 – Wellington Paulista tenta jogada individual na esquerda, mas cercado por quatro catarinas fica sem a bola,
  • 12 – Anselmo Ramon puxa contra-ataque, bola fica com Wanderson.
  • 13 – Troca! João Paulo por Eber.
  • 14 – Foguete! Anselmo Ramon faz o pivô, Leandro Guerreiro enche o pé. Bola sai raspando o travessão.
  • 15 – Finalizações: Cruzeiro 18×6. Wellington Paulista, 6, Anselmo Ramon, 4 foram oas maiores chutadores.
  • 15’30” – Anselmo Ramon puxa contra-ataque e passa a Wellington Paulista, que chuta mal, bola sai pela linha de fundo. Na pequena área, Walter fica uma onça por não ter recebido o passe.
  • 16 – Gol! Diego Renan cruza da direita, de canhota. Walter se mete entre os beques e cabeceia pra rede. Cruzeiro 1×1
  • 17 – Eber derruba Leo Simões dentro da área celeste. Falta!
  • 17’30” – Amarelo! Eber por encher o saco do juiz, após cometer falta dentro da área celeste.
  • 18 – Victorino comete falta em Rafael Mineiro, que pede cartão amarelo. Juiz não dá. Nem devia.
  • 18’30” – Troca! Wellington Paulista por Roger Galera.
  • 19 – Neném cobra falta pela direita. Marcelo Oliveira cabeceia pra escanteio.
  • 20 – Troca! Souza por Dema.
  • 21 – Roger Galera cobra falta, que ele mesmo sofreu, Rodolpho espalma pra escanteio.
  • 22 – Montillo cobra escanteio, Leandro Guerreiro se apoia em Dema, bola fica com Leo Simões que, de voleio, manda a bola pra rede. Juiz marca falta de Guerreiro.
  • 23 – Finalizações: Cruzeiro 21×7.
  • 24 – Míope? Eliomar encontra Rafael Mineiro solto dentro da área. Lateral chuta forte, cruzado, bola sai à direita de Fábio. Impedido, antes que ela chegue ao lateral, Eber participa do lance, mas o bandeira come mosca e não marca.
  • 25 – Francisco Everton cruza da esquerda, Dema corta de cabeça, dentro da área.
  • 26 – Mauro Cézar Pereira, comentarista da ESPN: “O Cruzeiro é mais prejudicado pelo gramado ruim, mas também padece de uma escalação ruim com três atacantes e com o Montillo inexistente na armação. Jogo ruim.”
  • 27 – Montillo cobra escanteio pela direita Leonardo corta pra escanteio.
  • 28 – Carpe Diem, no PHD: “Amaral poderia substituir Marcelo Oliveira. Ele marca forte e tem o recurso do chute de fora da área, o que é ótima arma nesse pasto.”
  • 29 – Athos cruza da direita, Fábio corta bola com um soco.
  • 30 – Wanderson desarma Montillo pela enésima vez.
  • 31 – Chutaço! Defesaça! Athos chuta da entrada da área, Fábio espalma pra escanteio.
  • 32 – Bola na área celeste, juiz marca falta de Leonardo sobre Leo Simões.
  • 32’30” – Troca! Diego Renan, com dores na coxa, por Elber.
  • 33 – Público: 7.085. Renda: R$102.760,00.
  • 34 – Montillo escora Neném, que pede falta. Juiz não concorda.
  • 35 – Vermelho! Leo Simões entra de carrinho por trás em Athos, no meio de campo, recebe segundo cartão amarelo e o vermelho.
  • 36 – Leandro Guerreiro vai jogar de beque ao lado de Victorino
  • 37 – Rafael Mineiro joga bola na área, Leandro Guerreiro corta.
  • 38 – Anselmo Ramon tenta jogada pela esquerda, mas não consegue dar sequência ao lance.
  • 39 – Defesa vacila, bola fica com Eber que, livre, da marca do pênalti chuta. Fábio defende.
  • 40 – Anselmo Ramon chuta forte de fora da área, bola sai rente ao poste esquerdo do arco catarina.
  • 41 – Bola na área celeste, Fábio se antecipa a Eber e defende.
  • 42 – Walter chuta, de dentro da area, bola acerta a bequeira, Roger Galera apanha o rebote e chuta forme. Rodolpho defende.
  • 43 – Leonardo carrinha Walter, juiz marca tiro livre indireto nas proximidades da área da Chape. Roger Galera cobra pra Walter, que é desarmado por Leonardo dentro da grande área.
  • 44 – Elber chuta de fora da área, bola desvia num catarina. Escanteio.
  • 45 – Carrapato competente! Wanderson anulou Montillo, que recebeu apenas duas faltas durante a partida.
  • 46 – Roger Galera e Montillo tentam tabelar na ponta esquerda, mas a jogada dá em nada.
  • 47 – Chapecoense sai em perigoso contra-ataque, mas demora na definição, A defesa celeste se recompõe e fica com a bola.
  • 48 – Fim de jogo. Resultado justo pelo bom trabalho defensivo dos catarinas.
  • Números: Faltas: Chapecoense 25×18. Passes errados: Cruzeiro 31×25. Finalizações: Cruzeiro 22×10.

Vídeos

Atuações

  • Fábio – Duas defesas difíceis e intervenções corretas sempre que teve de trabalhar. (Síndico)
  • Diego Renan – Não comprometeu na defesa. E fez um belo cruzamento para o gol de empate. (Síndico)
  • Leo Simões – Passou aperto com os galalaus da Chape, mas saiu-se bem na maioria das disputas. Foi expulso por uma falta dura, mas necessária. (Síndico)
  • Victorino – O melhor da defesa. Foi quem mais empurrou o time pra cima da Chape. (Síndico)
  • Francisco Everton – Defendeu bem e arriscou subidas interessantes ao ataque. (Síndico)
  • Leandro Guerreiro – Marcou e apoiou. Deu um belo chute, disputou bolas na área adversária, enfim, suou a camisa como sempre. (Síndico)
  • Marcelo Oliveira – Esforçado. (Síndico)
  • Roger Galera – Cobrou faltas interessantes. (Síndico)
  • Montillo – Tentou, mas não conseguiu jogar. A marcação de Wanderson esteve perfeita. (Síndico)
  • Anselmo Ramon – O mais inspirado da noite. Fe zo pivô, deslocou-se pra abrir espaços pra Walter, deu bons chutes a gol. (Síndico)
  • Wallyson – Com gramado e marcação pesadas, não conseguiu jogar e foi substituído no intervalo. (Síndico)
  • Wellington Paulista – Buscou o jogo o tempo todo, alternando bons e maus lances. Foi quem mais sofreu faltas e deu trabalho aos marcadores. (Síndico)
  • Walter – Lutou muito. Fez o gol de empate.(Síndico)
  • Vagner Mancini – Repetiu a estratégia usada contra o Atlético-MG. Três atacantes pra tentar furar o bloqueio no começo, quatro meiocampistas pra tentar controlar o jogo no final. Seu time dominou o jogo, mas guardar a bola no filó, que é bom, só conseguiu em uma ocasião. Jogo interessante pra reafirmar a necessidade de alguns ajustes táticos e técnicos. (Síndico)
  • Torcida – Poucos torcedores celestes, cem, se tanto, apoiaram o time. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – Cancha escorregadia, marcação pesada, lances ríspidos a toda hora dificultaram a arbitragem. Pra piorar, um impedimento do ataque verde não marcado quase decidiu fraudulentamente a partida. (Síndico)
  • Cruzeiro – Time lutador, mas sem brilho. Com seu melhor jogador anulado, a criação ficou por conta dos nada criativos. Restou levantar bolas sobre a área. Uma delas resultou em gol. (Síndico)
  • Chapecoense – Defesa implacável, goleiro seguro, um armador de qualidade -Neném- e uma vontade tremenda fizeram do Verdão do Oeste um adversário terrível para o Cruzeiro. (Síndico)

O que foi dito

  • Vagner Mancini, treinador do Cruzeiro: Jogar num campo deste causa muito desgaste. Nossa intenção era fazer o time descansar um pouco, já que terpa uma sequência dura. O campo não oferecia a miníma chance pra se usar a técnica, que a gente teria mais. Isso acabou fazendo que jogo fser disputado em bolas altas e com o uso do corpo. Os atletas lutaram desde o início. A gente tem de exaltar isso. A Chapeocense tem bom time, é atual campeã do estado, tem atletas altos e soube usar a bola alta. Com tudo isso, tivemos 5 chances reais de gol. Não fizemos e levamos gol em jogada que sabíamos ser o forte da Chapecoense. Na quarta-feira, temos amplas chances de avançar de fase.
  • Leandro Guerreiro, volante do Cruzeiro: A gente se esforçou ao máximo, mas encaramos um péssimo gramado. Até fizemos algumas tabelas, o que é muito difícil de acontecer neste gramado. A gente fica triste, porque Chapecó é uma cidade bonita, tem um estádio maravilhoso, mas onde tem que investir, que é no gramado, o pessoal não investe. Ficamos tristes, mas temos que passar por cima de tudo.
  • Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro: A gente sabia que seria muito difícil com esse campo escorregadio. A bola quicando muito, não tinha como ser dominada. Mas conseguimos fazer uma boa partida e ainda bem que não saímos derrotados.
  • Francisco Everton, volante/lateral esquerdo do Cruzeiro: O jogo foi truncado, o campo não ajudou. Agora, temos que trabalhar pra sair com a classificação no jogo de volta.
  • Fábio, goleiro do Cruzeiro: O Cruzeiro veio pra vencer. Se conseguíssemos os dois gols de vantagem e levássemos a classificação, seria gratificante. Mas sabíamos das dificuldades. Depois que vimos a situação do campo, percebemos que as dificuldades seriam maiores. A maioria das jogadas foi criada pelas laterais, o que dificulta muito pra jogadores como Montillo e Wallyson, que têm muita velocidade com a bola no chão.
  • Blog da Chapecoense: Chapecoense x Cruzeiro foi destaque na mídia estadual e nacional. Além dos canais fechados Sportv, ESPN e Globo Minas, a partida foi transmitida na TV aberta para todo o Oeste Catarinense. Esta decisão, anunciada horas antes do início do jogo, oportunizou a mais de 1 milhão de pessoas, dos 86 municípios do Oeste, acompanharem a partida.
  • Fabricio Rosso, no Blog da Chapecoense: A Chapecoense esteve perto da excelência. A marcação funcionou muitissimo bem, nosso trio de zaga foi praticamente perfeito. Só cometeu uma falha de posicionamento no gol Cruzeiro. Nosso ataque é que se tivesse aproveitado as oportunidades poderia ter matado a partida. Agora, quem tem obrigação de passar é o Cruzeiro, para nós o que vier é lucro.
  • Verdão Sempre, no Blog da Chapecoense: Que orgulho minha Chape deu ontem!!! Parabéns, minha querida Chapecoense pela garra, detreminação, força de vontade. Time de coração!!! Jogamos de igual p igual com um dos 5 melhores times do país Parabéns pela luta, meu time. Agora, vou torcer pro Tigre superar o Atletico e quem sabe nós superamos o Cruzeiro lé pra termos um clássico catarinense nas oitavas de final. Sei que será muito dificil acontecer mas nada é impossível.
  • João Chiabi Duarte, no PHD: Com a expulsão do Leo e já tendo feito todas as mudanças, Mancini trouxe Marcelo Oliveira pra frente da zaga. Colocou Guerreiro de beque central, ajudando ao Elber que teria de fechar o corredor direito. Trouxe o Roger paa jogar quase de segundo volante e o Montillo mais pra trás. E deixou Anselmo Ramon e Walter mais á frente. Era o possível naquela hora.
  • Ricardo Malfaia, no PHD: Já fazem alguns anos em que o Cruzeirão não consegue trocar 8 passes que seja no meio. Ou ficar 30 segundos com a bola perto círculo central, entre as duas intermediárias, procurando uma brecha. Perdendo ou ganhando. As jogadas são forçadas, aprofundadas demais. Atacante não aguenta. Cruzeirão é mais um time que aposta em bico pra frente.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas
  • PPV