Categoria:Temporada 2014

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar

Nota: Este artigo é sobre a temporada do Cruzeiro no futebol. Para a do vôlei, veja: Temporadas do Vôlei

← Temporada 2013 Icone-Calendario.png Temporada 2015 →


Geral

Mando de Campo Jogos Aprov. em pts Vitórias (aprov.) Empates Derrotas Gols
Feitos
Gols
Sofridos
Saldo de
Gols
Média de
gols
Média de
gols sofridos

Geral 76 70,18% 48
(63,16%)
16 12 141 68 73 1,86 0,89
Mandante 36 80,56% 27
(75,00%)
6 3 78 26 52 2,17 0,72
Visitante 35 55,24% 16
(45,71%)
10 9 47 37 10 1,34 1,06
Amistosos 5 100,00% 5
(100,00%)
0 0 16 5 11 3,20 1,00

Jogos Treino

Números de jogos treino não são considerados em nenhuma das estatísticas.

Artilharia

- Jogador Gols Gol aos do
Ricardo Goulart 24
Marcelo Moreno 24
Júlio Baptista 12
Willian 11
Dagoberto 9
Éverton Ribeiro 9
Bruno Rodrigo 6
Alisson 5
Dedé 5
10º Léo 5
11º Marlone 4
12º Marquinhos 4
13º Nilton 3
14º Henrique 2
15º Souza 2
16º Samudio 2
17º Borges 2
18º Manoel 2
19º Lucas Silva 2
20º Egídio 2
21º Mayke 1
22º Hugo Ragelli 1
- Gols contra aos do 0

Estatísticas

Jogador Jogos oficiais Titular Reserva Cartões Cartão amarelo recebido aos Cartões Cartão vermelho recebido aos Amistosos
Fábio 67 67 0 3 0 4
Willian 55 35 20 11 0 5
Éverton Ribeiro 54 53 1 7 0 5
Marcelo Moreno 51 40 11 0 1 5
Henrique 51 47 4 11 0 4
Ricardo Goulart 50 47 3 3 0 5
Egídio 48 46 2 7 0 5
Lucas Silva 48 45 3 9 0 5
Dedé 46 46 0 12 0 2
Mayke 45 35 10 4 0 2
Léo 43 41 2 3 0 5
Dagoberto 42 18 24 6 0 0
Nilton 41 27 14 5 1 3
Ceará 40 36 4 5 0 5
Júlio Baptista 39 24 15 2 0 4
Bruno Rodrigo 33 32 1 4 1 0
Marlone 30 13 17 1 0 5
Samudio 24 18 6 10 1 5
Alisson 23 9 14 3 0 4
Willian Farias 21 8 13 3 0 3
Borges 19 9 10 0 0 0
Marquinhos 18 16 2 3 0 4
Manoel 17 16 1 1 0 5
Souza 16 11 5 2 0 0
Tinga 13 7 6 3 0 4
Luan 11 7 4 2 2 0
Élber 11 4 7 1 0 0
Rodrigo Souza 8 7 1 2 0 0
Wallace 7 7 0 2 0 0
Eurico 5 1 4 0 0 1
Neilton 4 2 2 0 0 1
Elisson 3 3 0 0 0 1
Judivan 2 0 2 0 0 0
William 1 0 1 0 0 0
Martinuccio 1 0 1 0 0 0
Alex Flávio 1 1 0 0 0 0
Marcelo Oliveira 1 1 0 0 0 0
Bruno Edgar 1 1 0 0 0 0
Hugo Ragelli 1 0 1 0 0 0
Breno Lopes 1 0 1 0 0 0
Rafael 1 1 0 0 0 2

Público e Renda

Motivo Jogo Público pagante Renda Bruta Renda Líquida
(com sócio)
Renda Líquida
(sem sócio)
% Bruto/líquido Ingresso médio
Mineiro Escudo URT.png URT 11.843 R$ 409.109,00 R$ 262.480,62 R$ 47.264,93 64,16% R$ 34,54
Mineiro Escudo Villa Nova-MG.png Villa Nova-MG 8.074 R$ 229.715,00 R$ 125.541,30 R$ -51.944,76 54,65% R$ 28,45
Mineiro Escudo América-MG.png América-MG 12.571 R$ 628.050,00 R$ 255.426,95 R$ 11.701,95 40,67% R$ 49,96
Mineiro Escudo Guarani-MG.png Guarani-MG 6.304 R$ 174.965,00 R$ 98.807,77 R$ -44.552,23 56,47% R$ 27,75
Libertadores Escudo Universidad de Chile.png Universidad de Chile[nota 1] 27.575 R$ 957.725,00 R$ 670.407,50 R$ 0,00 70,00% R$ 34,73
Mineiro Escudo Minas Futebol.png Minas Futebol 9.444 R$ 309.065,00 R$ 215.575,67 R$ 51.550,67 69,75% R$ 32,73
Mineiro Escudo Tupi.png Tupi 11.624 R$ 358.095,00 R$ 247.445,93 R$ 21.520,93 69,10% R$ 30,81
Libertadores Escudo Defensor.png Defensor[nota 1] 37.310 R$ 1.284.320,00 R$ 899.024,00 R$ 0,00 70,00% R$ 34,42
Mineiro Escudo Boa Esporte.png Boa Esporte 12.587 R$ 404.785,00 R$ 275.495,29 R$ 42.955,29 68,06% R$ 32,16
Libertadores Escudo Real Garcilaso.png Real Garcilaso[nota 1] 42.775 R$ 1.706.160,00 R$ 1.194.312,00 R$ 0,00 70,00% R$ 39,89
Mineiro Escudo Atlético-MG.png Atlético-MG 48.818 R$ 2.322.088,00 R$ 1.467.902,12 R$ 792.775,00 63,21% R$ 47,57
Libertadores Escudo Cerro Porteño.png Cerro Porteño[nota 1] 36.583 R$ 1.213.445,00 R$ 849.411,50 R$ 0,00 70,00% R$ 33,17
Brasileiro Escudo São Paulo.png São Paulo 17.530 R$ 635.780,00 R$ 447.974,54 R$ 445.314,54 70,46% R$ 36,27
Libertadores Escudo San Lorenzo.png San Lorenzo[nota 1] 41.986 R$ 2.678.157,50 R$ 1.874.710,25 R$ 0,00 70,00% R$ 63,79
Brasileiro Escudo Coritiba.png Coritiba 11.603 R$ 378.245,00 R$ 259.080,32 R$ 38.380,32 68,50% R$ 32,60
Brasileiro Escudo Sport.png Sport 13.679 R$ 403.720,00 R$ 289.222,52 R$ -1.452,48 71,64% R$ 29,51
Brasileiro Escudo Flamengo.png Flamengo 10.283 R$ 323.060,00 R$ 242.505,48 R$ 242.505,48 75,07% R$ 31,42
Brasileiro Escudo Vitória.png Vitória 24.156 R$ 970.604,00 R$ 764.244,83 R$ 127.680,83 78,74% R$ 40,18
Brasileiro Escudo Figueirense.png Figueirense 21.190 R$ 926.038,00 R$ 731.861,84 R$ 184.908,84 79,03% R$ 43,70
Brasileiro Escudo Santos.png Santos 39.215 R$ 2.047.658,00 R$ 1.650.912,84 R$ 643.364,84 80,62% R$ 52,22
Brasileiro Escudo Grêmio.png Grêmio 32.294 R$ 1.413.807,00 R$ 1.115.219,12 R$ 228.192,12 78,88% R$ 43,78
Copa do Brasil Escudo Santa Rita.png Santa Rita 15.048 R$ 501.895,00 R$ 364.493,09 R$ -956,91 72,62% R$ 33,35
Brasileiro Escudo Chapecoense.png Chapecoense 26.682 R$ 1.203.320,00 R$ 933.425,75 R$ 334.965,75 77,57% R$ 45,10
Brasileiro Escudo Bahia.png Bahia 20.861 R$ 767.253,00 R$ 577.777,54 R$ 46.574,54 75,30% R$ 36,78
Brasileiro Escudo Atlético-PR.png Atlético-PR 17.850 R$ 631.678,00 R$ 474.994,46 R$ 178.230,00 75,20% R$ 35,39
Brasileiro Escudo Atlético-MG.png Atlético-MG 49.534 R$ 3.810.281,00 R$ 2.054.725,94 R$ 462.992,94 53,93% R$ 76,92
Copa do Brasil Escudo ABC.png ABC 12.522 R$ 406.115,00 R$ 273.903,28 R$ -39.306,72 67,44% R$ 32,43
Brasileiro Escudo Internacional.png Internacional 51.944 R$ 2.948.985,00 R$ 2.221.523,43 R$ 611.690,43 75,33% R$ 56,77
Brasileiro Escudo Corinthians.png Corinthians 32.958 R$ 1.509.747,00 R$ 1.163.813,84 R$ 227.571,84 77,09% R$ 45,81
Brasileiro Escudo Palmeiras.png Palmeiras 26.944 R$ 1.122.208,00 R$ 858.646,26 R$ 165.698,26 76,51% R$ 41,65
Copa do Brasil Escudo Santos.png Santos 25.714 R$ 1.029.363,00 R$ 773.025,16 R$ 47.052,16 75,10% R$ 40,03
Brasileiro Escudo Botafogo.png Botafogo 36.004 R$ 1.807.922,00 R$ 1.312.449,07 R$ 591.252,07 72,59% R$ 50,21
Brasileiro Escudo Criciúma.png Criciúma 28.475 R$ 1.187.572,00 R$ 908.099,92 R$ 305.082,92 76,47% R$ 41,71
Brasileiro Escudo Goiás.png Goiás 56.729 R$ 3.609.142,00 R$ 2.258.950,26 R$ 808.843,26 62,59% R$ 63,62
Copa do Brasil Escudo Atlético-MG.png Atlético-MG 39.786 R$ 7.855.510,00 R$ 5.646.481,34 R$ 414.231,34 71,88% R$ 197,44
Brasileiro Escudo Fluminense.png Fluminense 45.804 R$ 2.661.430,00 R$ 1.878.493,30 R$ 158.938,30 70,58% R$ 58,10
Total 964.299 (média: 26.786) R$ 50.827.012,50 R$ 35.638.365,03 R$ 7.093.026,45 70,12% R$ 52,71
  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 Não tivemos acesso ao borderô. Foi usado como média uma renda líquida de 70%

Númeração Fixa

Número Jogador
1 Fábio
30 Alex
24 Alan
12 Elisson
3 Léo
23 Marlone
13 Wallace Substituição realizada de jogo ( Hugo Ragelli )
26 Dedé
4 Bruno Rodrigo
5 Souza
2 Ceará
25 Willian
6 Egídio
15 Willian Farias
22 Mayke
8 Henrique
16 Lucas Silva
19 Nilton
18 Marcelo Moreno
35 Neilton
21 Samudio
7 Tinga
10 Júlio Baptista
17 Everton Ribeiro
27 Elber
28 Ricardo Goulart
29 Alisson
9 Borges
11 Dagoberto
31 Eurico
32 Rafael
33 Manoel
34 Marquinhos
36 Bruno Edgar
14 Judivan
20 Breno Lopes

Resumo da temporada

Campeão estadual, brasileiro que mais avançou na Libertadores, finalista da Copa do Brasil e campeão brasileiro. Foi um ano especial para o Cruzeiro, até mais do que 2013, quando a Raposa já havia levado o Brasileirão. A temporada que chega ao fim teve Marcelo Moreno goleador, Ricardo Goulart e Éverton Ribeiro na seleção brasileira e o elenco celeste mostrando ainda mais força, liderando o Brasileirão por 33 rodadas seguidas.

Ainda assim, nem tudo foram flores. O principal revés foi a eliminação nas quartas de final da Libertadores, para o San Lorenzo. Além disso, houve derrotas incômodas, como diante do Flamengo, no Maracanã, e os clássicos perdidos para o Atlético-MG - foram quatro no ano, sendo dois na final da Copa do Brasil.

Deu certo

O atacante Marcelo Moreno foi a principal contratação do Cruzeiro para 2014. Chegou com moral pelo passado com a camisa celeste, com a qual foi artilheiro da Libertadores em 2008, e já com status de ídolo. No entanto, vinha de um ano em baixa no Flamengo. No Rio, não emplacou e passou a maior parte da temporada no banco. Moreno reencontrou o bom futebol no Cruzeiro e foi o artilheiro do time no Brasileirão, com 15 gols. Para 2015, o futuro do atacante na Toca segue incerto.

Deu errado

Apesar do ano vitorioso do Cruzeiro, é possível encontrar problemas. Um exemplo foi a participação de jogadores renomados, como Borges, Júlio Baptista, Dagoberto e Tinga. Pelo menos dentro de campo, esses quatro ajudaram pouco. Borges praticamente não jogou; passou o ano tentando voltar de lesões sucessivas. Tinga também foi pouco aproveitado e terminou a temporada se recuperando de uma fratura séria na perna. Dagoberto e JB até tiveram um número de participações considerável, mas foram pouco decisivos, principalmente o segundo.

O cara

Se em 2013 o destaque do Cruzeiro foi Éverton Ribeiro, em 2014 o posto parece ter ficado com Ricardo Goulart. Os 14 gols marcados no Brasileirão renderam ao meia até uma convocação para a seleção brasileira. Goulart viveu a melhor temporada da carreira e foi um dos principais responsáveis por levar o time mineiro à conquista do segundo Brasileiro seguido.

A revelação

Alisson já estava nos profissionais desde 2013, mas foi em 2014 que deixou de ser uma promessa e virou realidade. Após a Copa do Mundo, o jogador de 21 anos se tornou titular e foi decisivo em várias partidas. O ano só não foi melhor para ele porque uma lesão o tirou da reta final da temporada, inclusive a decisão da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG. Foi contra o rival que o meia marcou seu mais belo gol pelo Cruzeiro.

A vitória

O título brasileiro foi sacramentado diante do Goiás, no Mineirão. No entanto, foi apenas uma formalidade, após a grande vitória sobre o Grêmio, na rodada anterior, em Porto Alegre. Depois de passar sete anos sem vencer o Tricolor gaúcho no Sul, o Cruzeiro conseguiu uma virada improvável. Foi atropelado no primeiro tempo, numa atuação para comemorar ter ido para o intervalo perdendo por 1 a 0. Na etapa final, no entanto, o time foi outro. Com gols de Goulart e Ribeiro, venceu e chegou aos 73 pontos, número que nenhum outro concorrente conseguiu.

O golaço

O Cruzeiro fechou 2014 com estilo. O último gol do ano, na partida em que se celebrava a conquista do Brasileirão, foi uma pintura de Marcelo Moreno, de voleio, na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense. O curioso é que o boliviano já havia marcado de voleio contra os tricolores no primeiro turno. O segundo, no entanto, foi ainda mais plástico.

A decepção

Embora tenha sido o brasileiro que mais avançou, no Cruzeiro é comum o discurso de que a saída da Libertadores foi precoce. A queda para o San Lorenzo não foi bem digerida, mesmo que os argentinos tenham sido campeões. Após derrota por 1 a 0 em Buenos Aires, o time celeste não conseguiu passar de um empate por 1 a 1, no Mineirão. Levou um gol logo no início, se abalou e teve força apenas para um gol. A eliminação na competição continental foi mais lamentada até que a queda para o rival Atlético-MG na final da Copa do Brasil.[11]

Referências

Subcategorias

Esta categoria possui as seguintes 5 subcategorias, de um total de 5.

Páginas na categoria "Temporada 2014"

As seguintes 76 páginas pertencem a esta categoria, de um total de 76.

2