Categoria:Copa do Brasil 1990

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar
← Copa do Brasil 1989 Escudo CBF.png Copa do Brasil 1991 →




A Copa do Brasil 1990 foi a 2ª edição do torneio nacional.


Adversário

1ª fase

Histórico

O Cruzeiro participou da segunda edição da Copa do Brasil como vice-campeão mineiro de 1989. A estreia contra o Goiás, campeão goiano de 1989, aconteceu logo após a decisão do Estadual em que o time estrelado levantou o título em partida única contra o Atlético-MG. E o primeiro duelo contra os goianos, no Mineirão, pela primeira fase, serviu também como o “jogo da entrega das faixas de campeão mineiro” ao plantel cruzeirense.

O Cruzeiro enfrentou o maior time da história do Goiás com nomes que iriam se consagrar no futebol nacional e internacional, como Luvanor, Túlio e Péricles. Na partida de volta, o Verdão sobrou no Serra Dourada e aplacou a maior goleada sofrida pelo Cruzeiro em toda a sua trajetória na Copa do Brasil: 4 a 0. Foi uma despedida melancólica do meia Careca, herói da decisão do estadual, quando marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Atlético. O jogador estava de saída do clube, pois havia sido negociado ao Sporting de Portugal por um milhão de dólares. A goleada custou o cargo do treinador Ênio Andrade. O Goiás prosseguiu na competição e chegou à decisão, mas perdeu o título para o Flamengo.

Em meio a tantos bons jogadores, o destaque da segunda partida foi o ponta-esquerda, Agnaldo, que marcou três gols na goleada do Serra Dourada. O técnico Ênio Andrade ficou tão impressionado com a sua atuação que, no ano seguinte, quando retornou ao Cruzeiro, pediu a sua contratação. No entanto, o jogador não era nada daquilo que se imaginava. Os três gols que marcou não passaram, na verdade, de uma noite inspirada. Com a camisa do Cruzeiro, Agnaldo nada mais foi que um mero reserva.

Geral

Mando de Campo Jogos Vitórias (aprov.) Empates Derrotas Gols
Feitos
Gols
Sofridos
Saldo de
Gols
Média de
gols
Média de
gols sofridos

Geral 2 0
(0,00%)
1 1 0 4 -4 0,00 2,00
Mandante 1 0
(0,00%)
1 0 0 0 0 0,00 0,00
Visitante 1 0
(0,00%)
0 1 0 4 -4 0,00 4,00

Público e Renda

Adversário Estádio Público pagante Público presente Renda Bruta Ingresso médio
Escudo Goiás.png Goiás Mineirão 5.491 5.491 NCr$ 477.710,00 NCr$ 87,00
Total 5.491 (média: 5.491) 5.491 (média: 5.491) NCr$ 477.710,00 (média: NCr$ 477.710,00) NCr$ 87,00

Fonte

Páginas na categoria "Copa do Brasil 1990"

As seguintes 2 páginas pertencem a esta categoria, de um total de 2.