Categoria:Campeonato da Cidade 1937

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa
← Campeonato da Cidade 1936 Logo fmf.png Campeonato da Cidade 1938 →



Campeonato da Cidade 1937, também chamado e reconhecido como Campeonato Mineiro 1937, foi a 23ª edição oficial do principal torneio de Minas Gerais.

Geral

Mando de Campo Jogos Pts Aprov. em pts Vitórias (aprov.) Empates Derrotas Gols
Feitos
Gols
Sofridos
Saldo de
Gols
Média de
gols
Média de
gols sofridos

Geral 11 15 68,18% 6
(54,55%)
3 2 18 12 6 1,64 1,09
Mandante 7 7 50,00% 2
(28,57%)
3 2 9 10 -1 1,29 1,43
Visitante 4 8 100,00% 4
(100,00%)
0 0 9 2 7 2,25 0,50

Regulamento

  • Turno e returno em pontos corridos (vitória 2 pontos e empate 1 ponto).
  • Os dois primeiros se classificam para a final do campeonato.
  • Sem acesso e rebaixamento, pois não havia Série B.

Histórico

O futebol brasileiro estava dividido com parte dos clubes na CBD e outros na FBF. O ano de 1937 estava restrito a amistosos interestaduais, até que a Confederação Brasileira do Desporto (CBD) decidiu aceitar o regime profissional no futebol e incorporou a Federação Brasileira de Futebol (FBF) dando fim a dissidência no futebol brasileiro. A FBF passou a cuidar do futebol dentro da CBD.

Criada a FAMAF e a Liga de Belo Horizonte

Em 11 de agosto de 1933, os clubes decidem transformar a Federação das Associações Mineiras de Athletismo (FAMA) em Federação das Associações Mineiras de Athletismo e Futebol (FAMAF). A Associação Mineira de Futebol (AMF), a recém-criada Liga Esportiva Mineira (LEM) e a Federação Mineira do Desporto (FMD) (ligada a LEM e criada, em 2 de fevereiro, para cuidar dos esportes especializados) são todas extintas. Na mesma data foi criada a Liga de Futebol de Bello Horizonte (LFBH). A AMEG que cuidava dos esportes especializados permaneceu. A FAMAF seria reconhecida como entidade máxima dos esportes em Minas Gerais pela FBF, em 22 de fevereiro de 1938.

Campeonato volta a ser oficial

A FAMAF foi reconhecida como a entidade máxima dos esportes de Minas Gerais pela FBF, em 22 de fevereiro de 1938. Desde que os da capital deixaram a CBD, em 1933, os campeonatos de Belo Horizonte não foram reconhecidos pela entidade máxima dos esportes no Brasil e, consequentemente, pela FIFA.

Quando os clubes de Juiz de Fora retornaram a CBD, em 1935, a Associação Minera de Esportes (AME), de Juiz de Fora, tornou-se a entidade máxima dos esportes em Minas Gerais. O Campeonato de Juiz de Fora passou a ser o oficial do estado em 1935 e 1936.

Interior na decisão

Siderúrgica e Villa Nova, os dois times de “futebol de fábrica” do interior, encerraram o campeonato na liderança com a mesma pontuação. O time da Belgo Mineira, de Sabará, levou a melhor sobre a equipe da Mineração Morro Velho, de Nova Lima, na série decisiva de três partidas e ficou com a taça.

Fontes