Campeonato da Cidade 1927

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube



Campeonato da Cidade 1927, também chamado e reconhecido como Campeonato Mineiro 1927, foi a 13ª edição oficial do principal torneio de Minas Gerais.

Histórico[editar]

Após disputar o Campeonato da Cidade 1926 da (AMET), o Palestra Itália voltou a disputar competições da LMDT. Antes da rodada do dia 5 de junho, o Palestra e o Syrio foram readmitidos e a tabela foi toda refeita.

Em 20 de agosto, o campeonato foi interrompido porque a LMDT decidiu, para otimizar os treinamentos para o Campeonato Brasileiro de Seleções, dividir o returno em dois grupos: os quatro primeiros do turno disputariam entre si o título, no returno, e os demais jogariam entre si o returno contra o rebaixamento.

Opondo-se à decisão, o Palmeiras, o Syrio, o Guarany, o Sete de Setembro, o Alves Nogueira e o Retiro abandonaram o campeonato. Ainda assim, suas partidas foram consideradas na classificação final.

No dia 3 de novembro, o Villa Nova enviou ofício à LMDT retirando-se do campeonato devido a desentendimentos com a diretoria da Liga. Esta aceitou o pedido e considerou apenas as partidas do Villa Nova no primeiro turno para a classificação do campeonato, anulando-se o jogo contra o Atlético do returno e cancelando os demais compromissos contra América e Palestra.

Virada de Mesa[editar]

A Liga Mineira cancelou a disputa do returno e uma assembleia foi convocada para decidir a continuação do camponato. Os presidentes dos clubes definiram que o returno fosse disputado apenas pelos quatro primeiros colocados na tabela e os times restantes fariam um torneio de eliminados.

Votaram a favor da proposta América, Atlético, Palestra Itália, Villa Nova, Alves Nogueira e Guarany. Os dois últimos foram considerados traidores pelos times pequenos, que se recusaram a disputar o "torneio de consolação".


Geral[editar]

Mando de Campo Jogos Pts Aprov.
em pts
Vitórias
(aprov.)
Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo Gols
Geral 9 12 66,67% 6
(66,67%)
0 3 39 (méd:4,33) 25 (méd: 2,78) 14
Mandante 6 8 66,67% 4
(66,67%)
0 2 26 (méd:4,33) 15 (méd: 2,50) 11
Visitante 3 4 66,67% 2
(66,67%)
0 1 13 (méd:4,33) 10 (méd: 3,33) 3

Artilharia[editar]

- - Jogador Gol aos do
Ninão 5 (2p 0f)
Bengala 2 (0p 0f)
Nani 1 (1p 0f)
Quiquino 1 (0p 0f)
Armandinho 1 (1p 0f)
  • Simbolo jogador base.png - Jogador formado na Base

Estatísticas[editar]

# Nome Jogos
oficiais
Tit. Res. Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos Amist.
Bengala (ATA) 7 7 0 0 0 0
Piorra (ATA) 7 7 0 0 0 0
Nininho (ATA) 7 7 0 0 0 0
Armandinho (ATA) 7 7 0 0 0 0
Porfírio () 7 7 0 0 0 0
Rizzo (ZAG) 7 7 0 0 0 0
Ninão (ATA) 6 6 0 0 0 0
Nani (ATA) 6 6 0 0 0 0
Gil NA () 5 5 0 0 0 0
10º Quiquino (ZAG) 4 4 0 0 0 0
11º Geraldo I (GOL) 4 4 0 0 0 0
12º Albino () 3 3 0 0 0 0
13º Para-raio () 3 3 0 0 0 0
14º Pulenta () 2 2 0 0 0 0
15º Noé () 1 1 0 0 0 0
16º Pararraio () 1 1 0 0 0 0
  • Simbolo jogador base.png - Jogador formado na Base


Jogos[editar]

Legenda
Vitória Empate Derrota

Ver também[editar]

Fontes[editar]