Caldense 0x5 Cruzeiro - 18/03/2012

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Villa Nova-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo América-MG.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Villa Nova-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo América-MG.png
No estádio Ronaldão
Escudo Caldense.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Caldense.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Contra Caldense
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Caldense.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Caldense.png

[edit]

Escudo Caldense.png
Caldense
0 × 5 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
7ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 18 de março de 2012 Local: Poços de Caldas, MG
Horário: 16h Estádio: Ronaldão
Árbitro: Igor Junio Benevenuto Público pagante: Não disponível
Assistente 1: Marcus Vinícius Gomes Público presente: Não disponível
Assistente 2: Pablo Almeida Costa Renda: Não informado
Súmula: Não disponível
Escalações
Caldense: Cruzeiro:
1. Glaysson Cartão amarelo recebido aos 19'(1T) 19'(1T)'   1. Fábio
2. Rodrigo Dias Substituição realizada de jogo ( 14. Felipe Cordeiro ) 2. Marcos Martins
3. Vinicius Cartão amarelo recebido aos 8' (2T) 8' (2T)'   3. Thiago Carvalho
4. Leandrão Cartão amarelo recebido aos 30' (2T) 30' (2T)'   4. Victorino  Gol aos 38 do  (1T) 38'  (1T)
5. Mário 5. Leandro Guerreiro Substituição realizada de jogo ( 15. Amaral )
6. Thiago Cartão amarelo recebido aos 6. Diego Renan Cartão amarelo recebido aos  (1)
7. Maxsuel Substituição realizada de jogo ( 15. Jardel ) 7. Wallyson  Gol aos 14 do  (2T) 14'  (2T)
8. Serginho 8. Marcelo Oliveira Substituição realizada de jogo ( 16. Everton )
9. Max Cartão amarelo recebido aos 29' (2T) 29' (2T)'   Cartão amarelo recebido aos 31' (2T) 31' (2T)'   Cartão vermelho recebido aos 31'(2t) 31'(2t)'   9. Wellington Paulista  Gol aos 20 do  (1T) 20'  (1T)
10. Fábio Neves Substituição realizada de jogo ( 18. Félix ) 10. Montillo
11. Luizinho 11. Anselmo Ramon  Gol aos 1 do  (2T) 1'  (2T) Gol aos 27 do  (2T) 27'  (2T)
Técnico: Ademir Fonseca Técnico: Vágner Mancini
Reservas que não entraram na partida
Caldense: Cruzeiro:

Pré-Jogo

Em 3º lugar com 15 pontos, caso vença e o Atlético-MG perca para o Villa Nova, o Cruzeiro pode até alcançar a liderança do campeonato.

Vagner Mancini promote manter o esquema com 3 atacantes:

“Joguei assim no Paulista e no Vitória, clubes menores que Cruzeiro. Só depende dos atacantes. Eles têm de responder taticamente. Tendo balanço e equilíbrio, dá pra jogar com três na frente.” O ataque será formado por Wallyson, Wellington Paulista e Anselmo Ramon, que explica:

“Eu fico mais centralizado e os dois buscam o jogo pelas pontas”. O beque Leo Simões e o atacante Walter, suspensos, o meia Roger Galera e o lateral esquerdo Gilson, machucados, desfalcam o campeão mineiro.

Em 6º lugar com 8 pontos, a Caldense luta pra alcançar o G4. Ademir Fonseca não tem problemas para escalar a Veterana.

O goleiro Glaysson da torcida, renovou contrato e promete parar o ataque celeste:

“Vou fazer o possível pra ajudar a equipe a não tomar gols. É gratificante receber carinho dos torcedores, que me elogiam, querem tirar foto. Saber que tantas pessoas gostam de mim, das minhas atuações, faz com que eu trabalhe mais firme ainda.”

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h20 – Seis mil ingressos foram vendidos antecipadamente. Mil torcedores do Cruzeiro estão presentes.
  • 18h28 – Cruzeiro em campo com uniforme novo, todo de azul.
  • 18h29 – Caldense em campo, debaixo de foguetório, com camisas verdes, calções e meias brancas.
  • 18h30 – Thiago Carvalho: “Ansiedade é grande, a vontade também. Espero fazer um bom jogo.”
  • 18h31 – Glaysson: “Joguei 10 anos nas categorias de base do Cruzeiro e sei que eles levam o futebol a sério. Será difícil, mas vamos tentar a vitória.”
  • 18h35 – Começa o jogo. Cruzeiro à esquerda das tribunas dá a saída.
  • 00 – Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Mateus, Amaral, Rudnei, Francisco Everton, Elber, Bobô.
  • 00’30″ – Chute de fora da área, Luizinho arremata, mas está impedido.
  • 01 – Defesa sai jogando errado e cede escanteio. Luizinho cobra pela direita, Fábio tira de soco.
  • 02 – Wellington Paulista tenta arremate, mas não dá em bola.
  • 03 – Marcos cobra falta na ponta direita, defesa corta, bola sai pela lateral.
  • 04 – Wallyson cobra escanteio pela direita, Maxsuel corta de cabeça.
  • 05 – Montillo cobra falta pela esquerda, defesa rebate, Diego Renan chuta de fora da área, bola sai por cima do travessão.
  • 06 – Max tenta passar por Marcos, cai, pede falta, juiz manda seguir.
  • 07 – Anselmo Ramon faz boa jogada pela direita, passa por dois marcadores e cruza. Defesa rebate antes que a bola chegue a Wellington Paulista.
  • 08 – Contra-ataque perigoso, Max deixa bola escapar na disputa com Thiago Carvalho, no meio de campo, e cai. Torcida pede falta, juiz manda seguir.
  • 09 – Marcos lança Wellington Paulista na ponta direita. O atacante cruza, mas ninguém aparece na área pra arrematar.
  • 10 – Gramado perfeito. Estádio tem capacidade para receber mais do que os 7.500 lugares que o MP liberou.
  • 11 – Wellington Paulista lança Anselmo Ramon dentro da área. Leandrão corta.
  • 12 – Luizinho recebe lançamento longo, Fábio sai da área e chuta a bola pra escanteio.
  • 13 – Rodrigo Dias cruza da direita, Victorino, dentro da área, espana.
  • 14 – Cruzeiro toca bola no ataque, Caldense se fecha. Montillo recebe falta na ponta direita.
  • 15 – Caldense toca bola sem encontrar espaço pra entrar na defesa celeste.
  • 16 – Carrapato! Mário é o volate encarregado de marcar pessoalmente Montillo.
  • 17 – Rodrigo Dias vai à linha de fundo pela direita e cruza. Thiago Carvalho se antecipa a Max e corta de cabeça, dentro da área.
  • 18 – Caldense aposta na marcação da saída de bola do Cruzeiro e no apoio de seus laterais.
  • 19 – Pênalti! Montillo cobra falta, rapidamente, no meio de campo. Wellington Paulista recebe o lançamento, entra livre na área e é atropelado por Glaysson.
  • 20 – Amarelo! Glaysson pelo pênalti.
  • 21 – Gol! Wellington Paulista cobra rasteiro, no meio do gol. Glaysson salta para a direita. Cruzeiro 1xo.
  • 22 – Wellington Paulista lança Wallyson, que vai à linha de fundo e cruza com força. Anselmo Ramon não alcança a bola, que sai do lado oposto.
  • 23 – Quase! Diego Renan toca de chapra pra Marcelo Oliveira, que conclui com um chute forte, cruzado. Wellington Paulista se atira na bola, dentro da pequena área, mas não consegue empurrá-la pro arco vazio.
  • 24 – Leandrão caido, jogo parado.
  • 25 – Max cruza da direita, Victorino cede escanteio.
  • 26 – Wallyson é o atacante celeste que mais volta na marcação. Anselmo Ramon é que joga mais enfiado entre os beques.
  • 27 – Rodrigo Dias cobra escanteio pela direita, Fábio sai no bolo e recebe pescoção de Max. Falta de ataque.
  • 28 – Luizinho cruza da direita, Leandro Guerreiro corta.
  • 29 – Vinícius derruba Wellington Paulista na ponta direita.
  • 29’30″- Amarelo! Max por reclamação.
  • 30 – Montillo cobra falta pela direita, defesa corta na entrada da área.
  • 31 – Rua! Max aplica carrinho violento em Thiago Carvalho, dentro da área celeste. Juiz aplica o 2º amarelo e o vermelho.
  • 32 – Vinícius xinga o bandeira, forma-se o bolo na lateral, Anselmo Ramon vai conferir e é empurrado pelos caldenses.
  • 33 – Amarelo! Diego Renan comete falta em Vinícius na lateral direita do time local.
  • 34 – Diego Renan avança pela esquerda e passa a Anselmo Ramon, que perde pra Leandrão.
  • 35 – Wallyson recebe na área, passa por Glaysson e cruza. Ninguém acompanha e a defesa verde corta.
  • 36 – Thiago faz boa jogada pela esquerda e cruza. Leandro Guerreiro corta de cabeça.
  • 37 – Marcos recebe lançamento na direita, Fábio Neves cede escanteio.
  • 38 – Gol! Victorino recebe cruzamento de Marcos e, dentro da pequena área, toca pra rede sem dificuldade, Primeiro gol do uruguaio com a camisa azul-estrelada. Cruzeiro 2×0.
  • 39 – Porrada! Deram uma cacetada na canela de Montillo. Juiz pipocou.
  • 40 – Cruzeiro toca bola no meio de campo. Caldense fechada em sua defesa.
  • 41 – Ponte! Fábio Neves, de fora da área, solta uma bomba, no ângulo esquerdo. Fábio voa e espalma pra escanteio.
  • 42 – Chuva! Por enquanto, chuvinha mansa.
  • 43 – Wellington Paulista vai à linha de fundo pela esquerda e chuta rasteiro, fechado. Glaysson não segura a bola, mas ninguém aparece pra fazer o gol.
  • 44 – Fábio Neves cobra falta jogando a bola na área. Leandro Guerreiro corta.
  • 45 – Cruzeiro toca bola em seu campo de defesa.
  • 46 – Mário chuta da direita, cruzado. Thiago Carvalho desvia pra escanteio.
  • 46’30″- Luizinho cobra escanteio pela direita, Victorino corta.
  • 47 – Fim de 1º tempo. Cruzeiro teve 55% de posse de bola.
  • Invasão! Prefeito de Poços de Caldas invade o gramado pra xingar o 4º árbirto.
  • Victorino: “Alegria muito grande pelo primeiro gol. Metade do gol é do Marcos pela assistência.
  • Luzinho: “Começamos bem, mas o Max foi expulso. Com um a menos é complicado, mas vamos voltar buscando um gol.”

Segundo Tempo

  • 19h37 – Times voltam a campo. Caldense com uma alteração.
  • 19h39 – Começa o 2º tempo. Caldense dá a saída.
  • 00 – Troca! Fábio Neves por Félix.
  • 01 – Gol! Caldense erra saída, Wallyson fica com a bola, desce pela direita e cruza de balãozinho. Anselmo Ramon aparece pra arrematar de voleio. Cruzeiro 3×0.
  • 02 – Pirou? O que deu na telha do treinador da Caldense pra tirar Fábio Neves, seu volante mais criativo?
  • 03 – Thiago corta cruzamento de Marcos cedendo escanteio.
  • 04 – Caldense toca bola na intermediária até conseguir uma falta na ponta direita. Luizinho cobra, ataque da Veterana se enrola com a bola, Thiago Carvalho limpa a jogada.
  • 05 – Wallyson cruza da direita, Wellington Paulista não consegue dominar a bola dentro da área e a defesa se livra da bola.
  • 06 – Wellington Paulista entra na área pela direita, Mário aprece e com umc arrinho corta cedendo escanteio.
  • 07 – Troca! Rodrigo Dias por Felipe Cordeiro.
  • 08 – Amarelo! Vinícius por uma pernada em Montillo.
  • 08’30″ – Montillo, do meio de campo, lança Marcos, que cruza. Defesa corta.
  • 09 – Diego Renan tabela com Anselmo Ramon e é derrubado no bico da área por Serginho.
  • 10 – Marcos cobra falta, Leandrão corta.
  • 11 – Montillo tabela com Wallyson e deixa a bola com Marcos, que chuta forte, mas acerta a defesa.
  • 12 – Troca! Maxsuel por Jardel, ex-volante do Cruzeiro.
  • 13 – AR cruza da direita, muito alto, pra fora.
  • 13’30″ – Felipe Cordeiro dá um pontapé em Marcelo Oliveira e reclama da marcação de falta.
  • 14 – Gol! Montillo dribla o marcador, vai à linha de fundo e cruza. Walyson aparece livre na pequena área pra cabecear a bola pra rede. Cruzeiro 4×0.
  • 15 – Amarelo! Félix por reclamação.
  • 16 – Amarelo! Felipe Cordeiro por descer a borduna em Wellington Paulista.
  • 17 – Leandro Guerreiro avança defesa caldense adentro e chuta rasteiro. Glaysson defende em dois tempos, com dificuldade.
  • 18 – Sopa! Caldense é um time desarrumado, nervoso e inofensivo. Jogo, que começou duro, ficou fácil demais para o Cruzeiro.
  • 19 – Thiago faz fila, mas tropeça e perde a bola na entrada da área celeste.
  • 20 – Wallyson joga bola na área, Wellington Paulista, atrás da bequeira, pega de primeira, bola passa por cima do travessão.
  • 21 – Jardel chuta da intermediária, Fábio espalma. Escanteio.
  • 22 – Montillo enfia bola entre os beques, Wellington Paulista não alcança a redonda.
  • 23 – Troca! Leandro Guerreiro por Amaral.
  • 24 – Wellington Paulista cruza da direita, bola sobe muito e sai pela linha de fundo.
  • 25 – Marcos chega em velocidade pela direita e cruza forte. Bola acerta a rede, pelo lado de fora.
  • 26 – Defesaça! Marcelo Oliveira lança Montillo que, livre dentro da área, chuta forte, rasteiro. Glaysson desvia a bola pra linha de fundo.
  • 27 – Gol! Amaral desce pela direita e cruza. Anselmo Ramon, na pequena área, toca de cabeça pra rede. Cruzeiro 5×0.
  • 28 – Troca! Diego Renan por Elber.
  • 29 – Amarelos! Thiago por puxar a camisa de Elber, e Leandrão por reclamação.
  • 30 – Montillo cobra falta pela direita, Marcelo Oliveira cabeceia, Thiago Carvalho também cabeceia, mas Glaysson defende.
  • 31 – Caldense tenta, mas não consegue sair da defesa. Troca passes até perder a bola.
  • 32 – Félix é derrubado por Victorino e Thiago Carvalho. Falta. Leandrão cobra, bola passa por cima do travessão.
  • 33 – Marcelo Oliveira cruza da direita, Wellington Paulista cabeceia, bola pra fora.
  • 34 – Troca! Marcelo Oliveira por Francisco Everton.
  • 35 – Felix desce pela direita, mas é desarmado por Amaral, que cede escanteio. Cobrança dá em nada.
  • 36 – Tirou tinta! Amaral chuta de fora da área, bola passa raspando o travessão.
  • 37 – Thiago avança pela esquerda, mas é desarmado por Diego Renan.
  • 38 – Montillo lança Wallyson dentro da área. Glaysson sai do arco e defende.
  • 39 – Montillo tenta entrar na área caldense, mas cai e perde a bola.
  • 40 – Luizinho, pela Caldense, e Anselmo Ramon, pelo Cruzeiro, erram passes e estragam ataques de seus times.
  • 41 – Wellington Paulista tenta dominar, mas toca a mão na bola,
  • 42 – Cruzeiro toca a bola lentamente evitando divididas.
  • 43 – Caldense toca a bola no meio de campo.
  • 44 – Caldense não quer jogo. Felipe Cordeiro recebe passe na direita, mas sai com a bola pela linha de fundo.
  • 45 – Saldo de gols no campeonato: Cruzeiro 15×13 Atlético-MG.
  • 46 – Montillo chuta cruzado, Glaysson voa e espalma pra escanteio.
  • 46’30″ – Números - Posse de bola: Cruzeiro, 55% / Escanteios: Cruzeiro 8×7 / Faltas: Cruzeiro 14×21.
  • 47 – Fim de jogo. Cruzeiro permanece no 2º lugar com 18 pontos.
  • Wellington Paulista: “A dança do gol foi copiada de uma menina que se apresentou no Esquenta, programa da Regina Casé”

Vídeos

Gols do jogo.

Atuações

  • Fábio – Nenhum erro e uma ponte para os fotógrafos. (Síndico)
  • Marcos – Apareceu com frequência no ataque e serviu Victorino para o segundo gol. Na defesa, cumpriu seu papel sem dificuldade. (Síndico)
  • Thiago Carvalho – Boa estreia. Seguro, defendeu bem e apareceu na outra área algumas vezes, numa das quais, por pouco não fez um gol. (Síndico)
  • Victorino – Até gol fez de tão à vontade que estava no jogo. Depois do aperto incial da Caldense, é bom que se diga. (Síndico)
  • Diego Renan – Desinibido, atacou como em seus melhores dias. Na defesa, passou apertos no início da partida. Como tem fama de mau marcador, não há treinador que não mande seus pupilos jogarem por seu lado. Assim, ele é testado em todas as partidas. (Síndico)
  • Leandro Guerreiro – Protegeu a defesa, algumas vezes até como um terceiro beque rebatedor. (Síndico)
  • Francisco Everton – Jogou pouco tempo, mas com boa movimentação. Ainda vai dar trabalho a Marcelo Oliveira na disputa por uma vaga na volância. (Síndico)
  • Marcelo Oliveira - Sem brilho, mas também sem erros crassos. (Síndico)
  • Amaral – Entrou com fome de bola, serviu Anselmo Ramon para um gol e, com um chute forte de fora da área, quase fez o seu. (Síndico)
  • Montillo - Começou a jogada de um gol, serviu dois e fez outras belas jogadas. (Síndico)
  • Elber – Entrou disposto a tirar proveito do péssimo momento da Caldense na aprtida e fez uma bela jogada. (Síndico)
  • Anselmo Ramon – No começo, perdeu o duelo para seu marcador Leandrão. Com o tempo, passou a vencer a disputa e fez dois gols. Está cada vez mais confiante e arriscando jogadas. (Síndico)
  • Wallyson – Foi o atacante que mais ajudou na marcação. Ainda assim, fez boas jogadas ofensivas. (Síndico)
  • Wellington Paulista - Marcou um gol de pênalti, criou boas jogadas de ataque, marcou a saída de bola da Caldense. (Síndico)
  • Vagner Mancini – Seu time não brincou nem quando a partida oferecia condição pra isto. E ele pisou no acelerador colocando gente com fôlego pra aumentar a pressão sobre o combalido adversário. (Síndico)
  • Torcida – Bom comparecimento, quase todo mundo uniformizado e disposto a curtir a boa fase do time. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – Deixou a Caldense bater mais do que o recomendado, mas não errou nos lances capitais, nem mesmo com a pressão da torcida e das autoridades locais. (Síndico)
  • Cruzeiro – Sofreu com o pressing inicial da Caldense mostrando dificuldade na saída de bola. Depois, quando Montillo colocou a casa em ordem com o lançamento do primeiro gol, o ambiente desanuviou e o resto do jogo foi um passeio. Dos 20 do 1º tempo em diante, tudo funcionou bem. Mas é bom lembrar que a Caldense ficou com um jogador a menos, após a expulsão de Max. E que o treinador da Veterana, Ademir Fonseca, teve a má idéia de tirar seu melhor jogador, o volante Fábio, no intervalo. (Síndico)
  • Caldense – Começou ousando, marcando a saída de bola do Cruzeiro, avançando os laterais, numa imposição de quem é dono da casa e confia no taco. Mas se desarrumou quando levou o primeiro gol e, logo em seguida, tem um jogador expulso. Daíí em diante, tentou parar o Cruzeiro com pontapés e se deu mal. O goleiro Glaysson evitou um vexasme maior, o volante Fábio foi quem mais municou o ataque e Luizinho, quem mais incomodou a defesa celeste. Síndico)

O que foi dito

  • Vagner Mancini, treinador do Cruzeiro: Estamos evoluindo. Mudamos o sistema e a equipe respondeu bem. Isso é importante, pois gera mais motivação. Passamos a ter vantagem no saldo de gol, que é uma das coisas que pode decidir a liderança. Estamos atentos a isso. Quando fizemos o 4º, o 5º e a equipe foi em busca de mais gols, o que comprova seriedade pra jogar. Respeitamos a Caldense, mas poupamos alguns atletas que vêm numa sequência maior, como Marcelo Oliveira, Leandro Guerreiro e Diego Renan. Em algumas situações, será preciso fechar mais um pouco o time, mas hoje dava pra jogar dessa forma e preferi preservar o ataque. É o momento em que o atacante tem chance de chutar mais a gol e fazer uma jogada diferente. Aos poucos, a torcida vai sentindo que o time quer ganhar, honra a camisa e corre em campo. Ainda não tivemos um adversário à nossa altura e mesmo assim tivemos dificuldade no início. Então não dá pra achar que temos um supertime. Há muita coisa a ser feita e estamos com os pés no chão.
  • Montillo, armador do Cruzeiro: O time está jogando bem, mas tem muita coisa pra melhorar. O time ainda não ganhou nada. Vencemos seis jogos seguidos, mas queremos é ser campeões.
  • Fábio, goleiro do Cruzeiro: A gente tem sempre de evoluir. Temos alguns pontos na equipe a melhorar. Por isso, a motivação é tão grande nos treinamentos. É pra depois resolvermos nos jogos.
  • Victorino, beque do Cruzeiro: Demorou muito, um ano e um mês pra sair o gol, que eu estava procurando. Agora, estou feliz: o time melhorou, marquei e a gente não tomou gol. Foi a sexta vitória seguida e quinta partida sem tomar gols. O time evoluiu depois da derrota na 1ª rodada, levantou e está jogando bem.
  • Ademir Fonseca, treinador da Caldense: O Cruzeiro venceu porque foi melhor, aproveitou melhor as oportunidades. Jogar com 10 contra uma equipe como o Cruzeiro é difícil, e eles, com isso, passaram a ser superiores a nós. Erramos lances que facilitaram pra eles. Contra time grande não podemos dar chances. Com um homem a mais, eles souberam trabalhar a bola e minar nosso time fisicamente pra ampliar o placar. Este foi um dia em que nada deu certo, principalmente no setor defensivo.
  • Evandro Oliveira, no PHD: A Caldense iniciou com uma proposta suicida. Não conheço o trabalho do Ademir Fonseca a fundo, mas ele ficou doido. Além de doido, sua proposta foi prejudicada pela expulsão (merecida) do atacante maluco. Eles pressionaram e o Cruzeiro teve extrema dificuldade pra sair de sua área defensiva. Fiquei preocupado, pois se equipes mais qualificadas fizerem isso estaremos ferrados. Nosso meio campo defensivo não conseguiu sair com uma bola sequer nos 15 minutos iniciais de sufoco. #tenso!!!
  • KMP, no PHD: Belíssima vitória. O time jogou com seriedade e atropelou o adversário como deve ser feito. O Cruzeiro não tem culpa da fragilidade da Caldense. Mas o que quero mesmo é depenar as frangas. E, de preferência, de 6 novamente. Estamos chegando!
  • Oliveira Farma, no PHD: Apesar do sufoco inicial, foi a partida em que o time entrou mais organizado e errou menos passes na transição. É bom, contudo, ressaltar que nos primeiros 15 minutos houve muitos erros devido à marcação por pressão da Caldense. Mas o time se assentou em campo, mesmo antes da expulsão de Max. Montillo fez sua melhor partida, não só deste ano, mas dos últimos 6 meses. O ataque tem sido a surpresa com movimentação e participação de todos.

Fontes

Transmissão

  • Sportv