Botafogo Sub-20 0x1 Cruzeiro Sub-20 - 11/07/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar

Logo na estreia do Campeonato Brasileiro Sub-20, o Cruzeiro justificou a alcunha de maior campeão da competição. Defendendo o último título, conquistado no ano passado, o time cinco estrelas teve um jogo duríssimo, fora de casa, contra o Botafogo, no CEFAT, em Niterói, mas mostrou “casca” de time vencedor para chegar à vitória por 1 a 0, com gol de Marcelo.

Mostrando disposição do início ao fim, o Cruzeiro demonstrou nos primeiros minutos que seria um oponente de alto nível para o time carioca. Pressionando a defesa adversária, a equipe cruzeirense teve a posse de bola e deixou os defensores do Botafogo totalmente fora da zona de conforto.

Com o tempo, o Maior de Minas optou por esperar um pouco nos contra-ataques e, apesar do Botafogo ter crescido de rendimento, seguiu criando chances, como na finalização do atacante Diego, que quase entrou. Pouco tempo depois, o rival carioca também levou perigo, em finalização que passou por cima da trave do goleiro Vitor Eudes.

Bem armado e demonstrando muita eficiência para cumprir sua proposta de jogo, o Cruzeiro também foi cirúrgico no começo do segundo tempo para abrir o placar. Aos sete minutos, após bela triangulação do ataque celeste, a bola sobrou para Marcelo, que partiu para cima da marcação antes de finalizar e abrir o placar.

À frente no marcador, o Cruzeiro reassumiu uma postura voltada para os contra-ataques, haja visto a velocidade de seus avantes. Somado a isso, o time celeste contou com uma aplicação excepcional em termos defensivos, contando também com uma atuação inspiradíssima do goleiro Vitor Eudes, que fez três defesas cara a cara com os atacantes adversários.

Suportando bem a pressão carioca, o Cruzeiro ainda deve chances de sacramentar a vitória por um placar maior, mas acabou ficando mesmo com um valioso triunfo por 1 a 0, fora de casa, na estreia do Campeonato Brasileiro Sub-20.

Contra o Botafogo, o técnico Ricardo Resende escalou a Raposa com: Vitor Eudes; Luiz Gustavo, Ronaldo, Cacá e Rafael Santos; Edu (Jonathan Monteiro), Maktom, Laércio (Vinícus), Michel (Matheus Pereira) e Marcelo; Diego.