Atlético-PR 2x1 Cruzeiro - 17/08/2011

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa


Confrontos posteriores e anteriores
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 5x0 Escudo Avaí.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Ceará.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Cruzeiro.png 5x0 Escudo Avaí.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Ceará.png
Contra Atlético-PR
Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Atlético-PR.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Atlético-PR.png

[edit]

Escudo Atlético-PR.png
Atlético-PR
2 x 1 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
17ª rodada Campeonato Brasileiro
Data: 17 de agosto de 2011 Local: Curitiba, PR
Horário: 19:30 Estádio: Arena da Baixada
Árbitro: Felipe Gomes da Silva Público pagante: Não disponível
Assistente 1: Lilian da Silva Fernandes Bruno Público presente: Não disponível
Assistente 2: Luiz A. Muniz de Oliveira Renda: R$ 215.450,00
R$ 215.450
Cr$ 215.450
NCr$ 215.450
Cz$ 215.450
NCz$ 215.450
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Atlético-PR: Cruzeiro:
1. Renan Rocha 1. Fábio
2. Edilson 2. Vítor
3. Manoel 3. Léo
4. Fabrício Substituição realizada  de jogo ( 14. Wagner Diniz ) 4. Naldo Cartão amarelo recebido aos
5. Deivid Cartão amarelo recebido aos 5. Fabrício
6. Paulinho 6. Diego Renan
7. Cleber Santana Gol aos  do 7. Roger Substituição realizada  de jogo ( 17. Gilberto )
8. Kléberson Substituição realizada  de jogo ( 18. Adailton ) 8. Marquinhos Paraná Substituição realizada  de jogo ( 15. Leandro Guerreiro )
9. Edigar Substituição realizada  de jogo ( 16. Fransérgio ) 9. Wellington Paulista Gol aos  do Substituição realizada  de jogo ( 18. Ortigoza )
10. Marcinho Gol aos  do 10. Montillo
11. Madson Cartão amarelo recebido aos 11. Anselmo Ramon Cartão amarelo recebido aos Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos
Técnico: Renato Gaúcho Técnico: Joel Santana
Reservas que não entraram na partida
Atlético-PR: Cruzeiro:


Pré-Jogo

Em 11º lugar com 21 pontos, o Cruzeiro precisa vencer pra continuar sonhando com um futuro acesso ao G4.

Por ora, a melhor posição que poderá alcançar será um 7º lugar.

Joel Santana não poderá escalar o beque Victorino, contundido, e o atacante Thiago Ribeiro, negociando transferência para o Cagliari.

Em 18º lugar com 13 pontos, o Atlético precisa vencer e contar com a derrota de seu homônimo mineiro para o Corintiãs para escapar do Z4.

Invicto há quatro jogos,o Furacão não contará com o atacante uruguaio Santiago “Morro” García. Os volantes Kleberson e Cleber Santana, após cumprirem suspensão, voltarão ao time.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 19h27 – Cruzeiro em campo com uniforme tradicional.
  • 19h31 – Atlético em campo, sob foguetório, com uniforme tradicional.
  • 19h33 – Execução dos hinos Nacional e do Paraná.
  • 19h38 – Começa o jogo. Cruzeiro, à esquerda das cabines de rádio, dá a saída. Temperatura: 21º.
  • 00 – Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Cribari, Francisco Everton, Gilberto, Leandro Guerreiro, Charles, Ortigoza, Sebá.
  • 00’15”- Vítor tenta lançar Montillo, mas manda a bola pra lateral.
  • 01 – Roger Galera cobra falta pra Anselmo Ramon e recebe um caixote na devolução.
  • 02 – Madson chuta da canhota, Fábio defende concedendo rebote, que os atleticanos não proveitam.
  • 03 – Ordens de Renato Portaluppi, treinador do Atlético: “Deivid, cole em Montillo, Cleber Santana, cole em Roger Galera.”
  • 04 – Perigo! Marcinho recebe cruzamento de Edigar, gira sobre Leo Simões, mas é desarmado quando tenta arrematar.
  • 05 – Anselmo Ramon tenta marcar saída de bola do Atlético-PR e comete falta.
  • 06 – Kleberson recebe passe dentro da área, Vitor cede escanteio.
  • 07 – Paulinho cobra escanteio pela esquerda, Manoel sobre sozinho, mas cabeceia torto. Bola sai à esquerda de Fábio.
  • 08 – Deivid desarma Montillo e passa a Madson, que vai à linha de fundo, mas é desarmado por Leo Simões.
  • 09 – Paulinho cobra escanteio pela esquerda, Manoel sobre mais que a defesa e cabeceia por cima do travessão.
  • 10 – Paulinho tenta cruzar da esquerda, Montillo corta e sai jogando.
  • 11 – Edigar recebe na meia lua, mas é desarmado por Diego Renan. Wellington Paulista puxa contra-ataque e cruza da esquerda. Fabrício, dentro da área, corta de cabeça.
  • 12 – Treinador Renato Gaúcho manda o lateral esquerdo Paulinho asem medo. tacar
  • 13 – Saída errada do CAP, bola fica com Anselmo Ramon, que chuta forte, da entrada da área. Renan Rocha defende com dificuldade.
  • 14 – Edigar tenta cruzar da direita, mas é desarmado pro Leo Simões.
  • 15 – Deivid para Montillo com falta. Manoel repete a dose contra Anselmo Ramon. Montillo cobra falta da intermediária, Renan Rocha defende.
  • 16 – Vítor tenta cruzar da direita, Fabrício corta pra escanteio. Montillo cobra pela direita, Fabrício corta.
  • 17 – Cleber Santana ganha dividida de Vítor e cruza. Edigar chega atrasado e não consegue a finalização de cabeça.
  • 18 – Pelé e Coutinho! Montillo tabela com WP, entra na área, e cobre Renan Rocha. Bola sai raspando o travessão.
  • 19 – Jogo parado! Juiz chama na chincha os jogadores que se empurram na área do Cruzeiro antes do impedimento.
  • 20 – Atlético marca muito no meio de campo. Montillo consegue escapar, Roger Galera, não.
  • 21 – Nova cobrança de escanteio, Leo Simões corta de cabeça.
  • 22 – Edílson tenta cruzar da direita, mas deixa bola sair pela linha de fundo.
  • 23 – Passes errados: Atlético 14×9.
  • 24 – Edigar se joga na área, torcida pede pênalti. Juiz manda seguir.
  • 25 – Cleber Santana chuta de fora da área, Fábio encaixa.
  • 26 – Cleber Santana cruza da esquerda, Leo Simões corta de cabeça.
  • 27 – Marquinhos Paraná desarma Madson e abre na direita pra Vítor. Diego Renan recebe a bola na esquerda, mas comete falta sobre Edílson.
  • 28 – Roger galera avança pela intermediária até ser derrubado por Cleber santana. Montillo cobra, bola passa no meiod a barreira, Renan se estica e espalma pra escanteio.
  • 29 – Edilson concede escanteio. Fabrício carioca corta de cabeça.
  • 30 – Gol! Edílson cruza da direita, Marcinho cabeceia despretenciosamente, Fábio escorrega e não consegue saltar. Bola entra no canto direito doa rco celeste. Atlético 1×0.
  • 31 – Anselmo Ramon avança pela esquerda, tenta passar entre dois atleticanos e cai. Juiz manda seguir.
  • 32 – Wellington Paulista cruza pela direita, Edílson corta de cabeça, dentro da áre.
  • 33 – Kleberson faz jogada pela direita e volta pra Marcinho, que chuta forte, por cima.
  • 34 – Gol! Vítor desce pela direita e cruza,da linha de fundo, de curva. WP sobe mais que a bequeira paranaense e testa pra rede. Cruzeiro 1×1.
  • 35 – Shshshsh! WP jogando um bolão, linguas queimando de montão!
  • 36 – Bola na área celeste, Diego Renan corta de cabeça.
  • 37 – Corte reverso! Bola na área, Fabrício tenta cortar, taco espirra, escanteio.
  • 38 – Amarelo! Anselmo Ramon levanta Paulinho.
  • 39 – Marcinho cobra, Fábio defende desengonçadamente.
  • 40 – Montillo tabela com WP, que é desaramdao por Deivid.
  • 41 – Wellington Paulista tromba com Deivid, cai e fica contorcendo-se. Juiz marca falta dpoatacante.
  • 42 – Kleberson desarma Montillo na entrada da área do CAP.
  • 43 – Perigo! Kleberson chuta da entrada da área, Leo Simões corta com o bico da botina. Escanteio.
  • 44 – Marcinho cobra escanteio pela esquerda, Fábio defende pelo alto.
  • 45 – Roger Galera cobra falta a 10 metros da grande área. Renan encaixa.
  • 45’30” – Cleber Santana cruza da direita, Vítor cede escanteio. Marcinho cobra pela esquerda, de curva, bola passa na frente da pequena área e sai pelo lado oposto.
  • 46 – Fim de 1º tempo.
  • Deivid: “Fico feliz de ser escolhido pra marcar o melhor deles. Jogo lá e cá, temos que aproveitar as chances que aparecem.”

Segundo Tempo

  • 20h40 – Cruzeiro volta a campo sem alterações.
  • 20h41 – Atlético volta a campo sem alterações.
  • 20h42 – Começa o 2º tempo.
  • 00’20” – Edíldon cruza pela direita, Fábio defende.
  • 01 – Madson estica pra Edigar, que tenta avançar pela esquerda. Leo Simões corta pra escanteio.
  • 02 – MP passa a RG, que cruza da esquerda. Defesa paranaense afasta.
  • 03 – MP vira o jogo da direita pra esquerda e aciona Vítor, que lança WP. O arremate é frote, mas a bola passa por cima do travessão.
  • 04 – Marcinho cruza da doreita, Fábio defende.
  • 05 – Anselmo Ramon tenta uma tabela com WP, que pisa em falso e cai sentindo dores.
  • 06 – Anselmo passa por dois adversários e rola pra Montillo, que arremta forte. Bola passa por cima do travessão.
  • 07 – Montillo cobra falta pela direita. Manoel cabeceia pra escanteio.
  • 08 – Fabrício chuta de fora da área, bola explode na bequeira paranaense.
  • 09 – Pra escapar da marcação! Montillo jogando aberto pela direita, Roger Galera pela esquerda.
  • 10 – Renato Gaúcho pede que o lateral Edílson apoie mais.
  • 11 – Amarelo! Madson comete falta em Wellington Paulista.
  • 12 – Paulinho cruza da esquerda, Edigar cabeceia mal, Marcinho fica com abola e chuta forte, sem ângulo. Fábio cede escanteio.
  • 13 – Leo Simões dá um chutão, Montillo disputa bola com Fabrício Carioca e comete falta.
  • 14 – Paulinho cruza da esquerda, bola fica com Marcinho, que se atrapalha dentro da área e não arremata.
  • 15 – Kleberson chuta de longe, Fábio defende.
  • 15’30” – Renato Gaúcho manda adiantar a marcação.
  • 16 – Wellington Paulista chuta de longe, Renan Rocha defende em dois tempos.
  • 17 – WP cruza da direita, Renan Rocha corta, de soco, na disputa com Anselmo Ramon.
  • 18 – Deivid puxa e derruba Montillo. Juiz marca, Renato Gaúcho reclama.
  • 19 – Kleberson chuta de longe, Fábio encaixa.
  • 20 – Sai da frente! Montillo passa Roger Galera, que tropeça no Juiz e cai.
  • 21 – Edigar, pela direita, corta Naldo, mas arremata torto. Bola sai pela linha de fundo.
  • 22 – Troca! Edílson por Wagner Diniz.
  • 23 – Roger Galera cruza da esquerda, Fabrício Carioca corta.
  • 24 – Vermelho! Anselmo Ramon passa o rodo em Fabrício Carioca e Deivid, de uma só vez. Recebe o segundo amarelo e o vermelho.
  • 25 – Trocas! Kleberson por Adaílton. Roger Galera por Gilberto.
  • 26 – Montillo huta duas vezes, em ambas a bola se choca com os beques. Vítor fica com o rebote, tenta entrar na área, mas é desarmado por Deivid.
  • 27 – Montillo é o jogador mais avançado do Cruzeiro. WP volta pra ajudar o meiod e campo.
  • 28 – Montillo carrega a bola desde o meio de campo, mas arremata mal, bola passa por cima do travessão.
  • 29 – Falta cobrada pela direita, bandeirinha deixa passar três atleticanos em impedimento. Adaílton s eprecipita e comete flta em Fábio.
  • 30 – Deivid chuta de fora da área, bola explode em Diego Renan.
  • 31 – Edigar chuta de fora da área, Fábio encaixa.
  • 32 – Wagner Diniz tenta cruza da direita, mas é desarmado por Diego Renan.
  • 33 – Trocas! Wellington Paulista por Ortigoza. Edigar por Fransérgio.
  • 34 – Montillo toma bola de Manoel dá um lençol em Renan, mas Ortigoza nãõ consegue arrematar e Favbrícioc orta com o arco vazio.
  • 35 – Madson manda uma bomba de fora da área, Fábio cede escanteio.
  • 36 – Fabrício faz um carnaval pela direita em cima de Naldo até ser desarmado por Marquinhos Paraná.
  • 37 – Amarelo! Naldo segura Fransérgio pela cintura, na meia lua.
  • 38 – Madson cobra falta com uma bomba de canhota. Bola explode na barreira celeste.
  • 39 – Montillo faz jogada individual pela direita, Paulinho cede escanteio. Montillo cobra, Renan defende.
  • 40 – Troca! Marquinhos Paraná por Leandro Guerreiro.
  • 41 – Obrigado, Garota! Bola na área celeste com muito perigo. Banderinha marca impedimento de Fransérgio.
  • 42 – Montillo passa a Vítor, que cruza da direita, Manoel cede escanteio. Montillo cobra rasteiro,Manoel cede novo escanteio.
  • 43 – Wagner Diniz cruza da direita, Vítor cort, de cabeça, dentro da área.
  • 44 – Gol! Wagner Diniz cruza da direita, bola bate em Naldo e sobra pra Cleber santana, que chuta cruzado, sem chance pra Fábio. Bola entra no canto direito do arco celeste. Atlético 2×1.
  • 45 – Amarelo! Deivid atrapalha a saída de bola do Cruzeiro.
  • 46 – Cruzeiro sem forças pra buscar o empate.
  • 47 – Gilberto ataca pela esqeurda, mas é facilmente desarmado pela defesa rubronegra.
  • 48 – Fim de jogo.
  • Leandro Guerreiro: “Onze contra onze já é difícil, imagina com um a menos. Anselmo não queria fazer aquilo… ”

Vídeos

Atuações

  • Torcida – Comparecimento razoável e apoio constante ao time. Em alguns momentos, conseguiu a proeza de se fazer ouvir mesmo tendo de enfrentar a multidão atleticana. (Síndico)
  • Fábio – Foi o responsável direto pela derrota com um frango e uma falha. Não falhou sozinho é verdade, pois defesa que deixa o Marcinho fazer gol de cabeça merece nota insuficiente. Melhor seria se o Walterson, o caçador de marcinhos, estivesse em campo para marcar o capa de bujão. (Cláudio Henrique Cardoso) /// Escorregou e ficou olhando a bola entrar, no primeiro gol. Ficou torcendo pra bola sair. No segundo, estava com a visão encoberta e não consegui. Era defesa possível pra goleiros do seu nível. Fez uma grande defesa no chute do Madson, mas parece estar jogando sem empolgação. (Naldo Morato) ///
  • Vitor – Tem melhorado. Fez o cruzamento para o gol e não deixou os adversários criarem jogadas pelo seu lado (AC Rossi)
  • Naldo – Vacilou no gol de Marcinho, pois quis colocá-lo em impedimneto, ao invés de tentar cortar o cruzamento. (Marcos Alexandre)
  • Leo Simões – Boa partida. Não me lembro de nenhuma falha dele, foi melhor que seu companheiro de zaga, firme e seguro. (Naldo Morato)
  • Diego Renan – Tem que aprender a marcar. Nos dois gols marcou com os olhos deixando o adversário chegar na lateral da área. Precisa melhorar, senão vai ser queimado. (AC Rossi)
  • Marquinhos Paraná – Marcou bem e passou prós lados. Fez bem o seu papel. (AC Rossi) ///
  • Fabrício – Um monstro. Estava presente na maioria das bolas roubadas. (Killer Fox) ///
  • Leandro Guerreiro – Tinha a missão de entupir a entrada da área. Mesmo com sua boa vontade, o objetivo não foi alcançado e o Atlético fez o gol de desempate. (Síndico) ///
  • Roger Galera – Apagado. Não soube sair da marcação por falta de preparo físico pra correr dela. Nem quando foi pro lado esquerdo por determinação de Joel arranjou meios de criar alguma coisa. Como sempre, saiu no começo do 2º tempo, exausto. (Síndico) /// Mesmo não fazendo grande partida teve participação fundamental no lance do gol. Foi dele o passe que deixou Vitor na linha de fundo, livrinho pra fazer o cruzamento. Merece crédito por isso. Com a bola nos pés ele dá conta do recado, mas não consegue marcar ninguém, no máximo dá uma corridinha de migué pra cercar um adversário. (Bruno Araújo) ///
  • Gilberto – Apagado. Jogou recuado pra ajudar a segurar a pressão e não fez o mais importante, manter a posse de bola pra permitir que a defesa respirasse. (Síndico) ///
  • Montillo – Não fez o que se espera de um craque. Algumas jogadas e muita individualidade. (AC Rossi) ///
  • Wellington Paulista – Movimentou-se bem, fez o pivô quando preciso, puxou contra-ataques e, sobretudo, fez um gol de verdadeiro centroavante. Deve ter tido uma boa noite de sono depois de meses de pesadelos. (Síndico) ///
  • Ortigoza – Não fez o mais importante: segurar a bola no ataque. Sua participação no jogo foi inócua. (Síndico) ///
  • Anselmo Ramon – Perdeu uma chance, fez ótima tabela com o Montillo que desperdiçou e foi expulso injustamente, pois sofreu a falta dos dois adversários. (Marcos Alexandre)
  • Joel Santana – Prudentemente, escalou o time que havia vencido o Avaí. Fez as trocas recomendadas pelo manual, mas não obteve sucesso, pois a equipe não teve posse de bola e foi pressionada até sofrer o gol de desempate. Faltaram jogadores capazes de reter a bola. Algo que havia em outros tempos… (Síndico) /// Será que o Joel não esclarece para os jogadores que uma assistência tem um mesmo peso que um gol no futebol atual. Será que a diretoria ou alguém do blog não tem uma lupa para emprestar pra ele enxergar que Gilberto está muito mal? Com dez doses de 51 na cachola, eu penso melhor que ele. Idade pesa. (Hermes) ///
  • Juiz & Bandeiras – Os erros do trio de arbitragem não interferiram no resultado. No mais grave, um impedimento triplo não marcado pela bandeirinha Lilian, o atacante rubronegro tratou de cometer falta em Fábio salvando a pele da moça. (Síndico) ///
  • Cruzeiro – Nosso time é fraco. Será um perde e ganha danado no campeonato pra terminar entre 9º e 13º lugar. Mais ou menos como em 2004, 2005 e 2006. Keirrison é um fracasso e Bobô idem. Não vão mudar o panorama. Montillo está longe de ser um SUPER craque. É um bom jogador e nada mais. Gilberto já era. Roger acha que futebol se resume a um ou dois lances por jogo e por ai vai. Mas o pior é o Joel. Ele ainda não percebeu que sempre que põe o time todo trás a derrota é certa. Nosso time não sabe resistir à pressão do adversário. Não sabe segurar a bola (escanteio jogado na área pra 2 jogadores contra seis dos paranaenses, por 3 vezes foi piada!) e nem tem contra-ataque arrumado. Vão dizer que funcionou contra o Curintia e contra o Vasco. Mas falhou até contra o Goianiense. (Pedro Angrisano) /// O time jogou bem, mas como anda acontecendo muito ultimamente, quando teve chance de estufar as redes mais de uma vez, foi incompetente. Acho o fim tomar gol no finalzinho das partidas. Custava segurar a bola lá na frente, cavar faltas, dar chutão para a arquibancada, tocar passes curtos para não perder a bola? O Cruzeiro tem jogadores experientes para fazer isso, caramba! (Simone Castro) ///
  • Atlético - Time fraco, sem criatividade e sem bons jogadores de definição. Salvou-se pela boa partida dos beques e pela chegada do meio de campo, principalmente quando o Cruzeiro não conseguiu segurar a bola na frente e se expôs à pressão. Marcinho, Cleber Santana, Madson, pela correria, e Fabrício Carioca, pela disposição e competência, foram os melhores da equipe. (Síndico) ///

O que foi dito

  • Beth Makennel, no PHD: Aiiiii Gente Azul, que dor no peito! Que tristeza danada. Que vontade de chorar sem pararrrr… Há muitos anos não via meu Cruzeiro jogar tão feio assim. Que saudades do Adilson Baptista! Joel Santana não serve para treinador do Cruzeiro. Tá fazendo uma confusão misturando tudo, abrindo brechas na defesa e deixando só um jogador no ataque. Que coisa feia, Joel!!! E o Fábio, será que voltou a ser aquele boca aberta de 2007? Acorda Fábio, pelo amor de Deus!!! Quero meu Cruzeiro de volta.
  • Oliveira Farma, no PHD: O Cruzeiro vinha bem e até parecia que viraria a partida a qualquer momento. A expulsão matou o time, que ainda contra-atacou e teve algumas chances, mas não teve competência. Os paranaenses tiveram a competencia e mataram.
  • Marco Soalheiro, no PHD: Esta derrota não pode ir pra conta de Joel. O time jogava relativamente bem até o Anselmo Ramon mostrar sua imaturidade. E ainda teve falha bisonha do Fábio. É como venho dizendo há algum tempo. Com um ataque sofrível, é pra ficar no meio da tabela, com cuidado pra não piorar. As laterais também são bem fracas. Diego Renan é sempre ruim na esquerda. Quando alguém vai perceber isto de uma vez por todas, no Cruzeiro? Se Gilberto não quer jogar ali, põe o lateral da base.
  • Fábio, goleiro do Cruzeiro: O Marcinho cabeceou no canto, mas se eu não tivesse escorregado uns 40 centímetros pela condição do gramado, teria chegado à bola.
  • Leandro Guerreiro, volante do Cruzeiro: O campeonato é muito difícil. Temos que dar sequência, levantar a cabeça e continuar o trabalho. A gente sabe que 11 contra 11 já é complicado, com dez fica mais difícil ainda. O Anselmo Ramon não queria fazer aquilo.
  • Gilberto, meia do Cruzeiro: O Atlético-PR atacou bastante no segundo tempo, a gente não conseguiu encaixar um ataque para virar.
  • Roger Galera, meia do Cruzeiro: Infelizmente, duas situações que definiram a partida. O Fábio escorregou no primeiro lance. O campo é horroroso e na saída estava fácil, mas ele escorregou e a bola entrou. A gente correu atrás, fizemos 1×1 e comandamos a partida. Mas um erro do Anselmo determinou o resultado da partida. Poderíamos ter saído com a vitória. Acho que fizemos um bom jogo. Nos portamos muito bem aqui, que sempre é muito difícil, controlamos o jogo, marcamos bem, tivemos tranquilidade pra jogar no contra-ataque.
  • Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro: A gente tomou pressão desde o 1º tempo. Era bola de escanteio, faltas frontais. Isso complicou, principalmente com um jogador a menos. O Montillo acabou ficando sozinho lá na frente. Com um a menos, o esquema tático complicou. Tivemos chance de vencer. Se tocássemos a bola, poderíamos fazer gol.
  • Joel Santana, treinador do Cruzeiro: Você está com o jogo 90 minutos na mão e, no final, dá o jogo ao adversário. Mesmo com menos um, estávamos esperando um contra-ataque pra matar o jogo, aí você tem um córner aos 40 e tantos minutos, e não pode bater direito. Você tem de bater o córner curto. Até porque você obriga o adversário vir todo dentro do seu campo e, qualquer situação que não dê certo no córner, eles vão ter de andar 80 metros. Até eles andarem 80 metros, já acabou o jogo. Faltou um pouquinho mais de maturidade em determinado momento do jogo, deixando-se envolver. Não vou mais falar de arbitragem. Eles mandam e não adianta a gente ficar aqui reclamando, porque não vai acontecer nada e a gente é único prejudicado. Demos a oportunidade que o adversário queria em uma bola que estava em nosso favor, eles vieram no contra-ataque, sem necessidade.
  • Renan Rocha, goleiro do Atlético: Assim como lá contra o São Paulo, a gente brigou. Lá, tomou o gol no final. Agora, a gente foi recompensado e saiu com a vitória, com gol no final. É uma sensação de alívio. É bom que a gente conseguiu sair da zona. Degrau a degrau, com a humildade que a gente está tendo e crescendo a cada jogo, estamos conseguindo trazer a torcida pra gente.
  • Cleber Santana, volante do Atlético: A equipe está de parabéns pela dedicação. A torcida também. Agora é descansar, pensar, ver o que aconteceu de errado pra não cometer de novo. A confiança que o Renato Gaúcho passa pra gente dá tranquilidade dentro de campo. A entrega de quem está começando ou de quem está entrando no decorrer da partida está sendo fundamental. Degrau a degrau, jogo a jogo. Mostramos que somos uma família.
  • Madson, meia do Atlético: Nossa torcida pediu e hoje mais que nunca mostramos a raça, que eles cantam sempre. Tecnicamente estávamos errando, então partimos pra gana, a raça.
  • Leandro Mattos, em seu blog: O Cruzeiro equilibrou forças com o Furacão, mas não resistiu à desvantagem numérica criada depois da expulsão de Anselmo Ramon e foi penalizado com um gol aos 44 do 2º tempo, após conseguir empatar o duelo com o desjejum de Wellington Paulista, que não marcava há cinco meses.
  • Raul Miranda Penna, no PHD: O Cruzeiro teve o jogo nas mãos. Jogou melhor a maior parte do tempo. Vitor jogou bem. Infelizmente, o Montillo pecou algumas vezes pelo excesso de individualismo. Tudo bem que é difícil “dialogar” com alguns jogadores ali, mas ele exagerou. Uma pena essa derrota no finalzinho.
  • Ricardo Malafaia, no PHD: Anselmón fez isto, Anselmón fez aquilo… Anselmón jogou mal, só isso. Colocar a culpa no sujeito é safanagem. Tinha 15 caras do Cruzeiro na área quando o Santana pegou aquela bola. Para com isso.

Fontes

Transmissão

  • Sportv