Atlético-MG 3x4 Cruzeiro - 16/09/2007

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa


Confrontos posteriores e anteriores
Por temporada
Escudo Flamengo.png 3x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Vasco.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Flamengo.png 3x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Vasco.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png
Contra Atlético-MG
Escudo Cruzeiro.png 4x2 Escudo Atlético-MG.png Gol aos  do Escudo Atlético-MG.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Atlético-MG.png
Atlético-MG
3 x 4 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2007
Data: 16 de setembro de 2007 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16h Estádio: Mineirão
Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR) Público pagante: 40.697
Assistente 1: Marco Antônio Gomes (FIFA/MG) Público presente: 44.323
Assistente 2: Guilherme Dias Camilo (MG) Renda: R$ 757.675,00
R$ 757.675
Cr$ 757.675
NCr$ 757.675
Cz$ 757.675
NCz$ 757.675
(preço médio: R$ 18,62 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Atlético-MG: Cruzeiro:
1. Edson 1. Fábio Cartão amarelo recebido aos
2. Coelho Cartão vermelho recebido aos 2. Mariano
3. Vinícius Cartão amarelo recebido aos 3. Emerson Nunes
4. Leandro Almeida 4. Thiago Heleno
5. Thiago Carpini 5. Luís Alberto Cartão amarelo recebido aos
6. Thiago Feltri Substituição realizada  de jogo ( 18. Vanderlei ) 6. Fernandinho
7. Danilinho 7. Marcelo Moreno Substituição realizada  de jogo ( 16. Guilherme Gusmão Gol aos 17 do  (2T) 17'  (2T) Gol aos 32 do  (2T) 32'  (2T) )
8. Gérson Gol aos 31 do  (1T) 31'  (1T) 8. Charles Substituição realizada  de jogo ( 17. Kerlon )
9. Marinho Gol aos 37 do  (1T) 37'  (1T) Gol aos 12 do  (2T) 12'  (2T) 9. Roni Gol aos 11 do  (1T) 11'  (1T) Gol aos 23 do  (1T) 23'  (1T)
10. Marcinho 10. Wagner
11. Éder Luís Cartão amarelo recebido aos Substituição realizada  de jogo ( 16. Lúcio ) 11. Maicosuel Substituição realizada 38'(2T) de jogo 38'(2T) ( 15. Jardel )
Técnico: Emerson Leão Técnico: Dorival Júnior
Reservas que não entraram na partida
Atlético-MG: Cruzeiro:
13. Cláudio 12. Lauro
14. Marcos 13. Ângelo
15. Batista 14. Thiago Martinelli
17. Tchô 18. Nenê
90. Juninho


Como foi

Primeiro Tempo

  • 1 minuto – Feltri lançou Éder Çuís, que jfoi atirado pela lateral com bola e tudo por Charles. Foi o cartão de visitas do volante celeste.
  • 7 – Mariano cruzou, Moreno chutou de primeira; Edson defendeu.
  • 11 – Coelho lançou Éder Luís. Fernandinho antecipou-se, tomou a bola e lançou Roni na ponta-esquerda. O atacante invadiu a área e, em vez de cruzar para Moreno que estava livre, arriscou o chute, quase sem ângulo e marcou. Cruzeiro 1 x 0.
  • 16 – Moreno e Roni envolveram o lado direito da defesa emplumada com uma tabela cheia de malícia. Leandro Almeida apreceu para cirtar com um bico.
  • 19 – Maicosuel recebe falta de Vinícius. Wagner cobra, mas a defesa emplumada rebate.
  • 22 – Coelho bateu falta, defesa celeste cortou.
  • 23 – Maicosuel gingoue passou, de passagem por Feltri que apelou para a falta, fora da área. De longe, o juiz viu pênalti. Seguiu-se 2 minutos de reclamações dos emplumados.
  • 25 – Roni bateu o pênalti, rasteiro, no canto direito de Edson, que saíra para a esquerda. Cruzeiro 2 x 0.
  • 26 – Mariano comete falta em Feltri. Coelho bate na rede, pelo lado de fora.
  • 31 – Coelho bateu falta na intermediária. Fábio saltou, espalmou a bola que acertou o poste esquerdo e voltou para a pequena área. Gerson apareceu sozinho para marcar. Atlético-MG 1 x 2.
  • 34 – Danilinho seviu Eder que chutou prensado coma zaga. No escanteio, Leandro Almeida cabeceou sozinho na frente do gol. A bola passou rente ao poste direito.
  • 37 – Marcinho bate escanteio, fechado, sobre a pequena área. Marinho subiu, entre Roni e Fernandinho, e cabeceou sem chance de defesa para Fábio. Atlético-MG 2 x 2.
  • 40 – Outra falta bem batida por Coelho. Fábio desviou a bola para corner.
  • 42 – Danilinho cruzou. Sozinho no 2º poste, Marinho cabeceou pra fora.

Segundo Tempo

  • 2 minutos – Fernandinho cometeu falta em Danilinho. Coelho bateu, Fábio defendeu.
  • 4 – Maicosuel e Wagner tabelaram. A defesa emplumada fez falta. Fernandinho bateu, Roni cabeceou rente ao poste esquerdo de Edson.
  • 5 – Danilinho entou na área e Emerson chegou junto; Pênalti? Não tenho certeza.
  • 11 – Feltri apanhou rebote de um escanteio, atravessou o campo sem ser combatido e serviu Marcinho. Quando Fábio se atirou para defender a bola, o atacante se jogou simulando falta. Mal posicionado, Evandro Roman marcou pênalti. Marinho bateu rasteiro, no canto esquerdo. Fábio saltou antes, para a direita. Atlético-MG 3 x 2.
  • 14 – Kerlon e Guilherme substituíram Moreno e Wagner.
  • 17 – Kerlon passa a bola a Guilherme, que arrisca de fora da área. O chute saiu fraco, rasteiro, mas bem colocado, no canto direito de Edson, que chegou atrasado. Cruzeiro 3 x 3 Atlético-MG.
  • 18 – Guilherme fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Maicosuel arematou para fora.
  • 19 – Danilinho entrou na área; Fábio saiu bem e tirou a bola dos pés do atacante.
  • 21 – Roni passou Maicosuel, que chutou forte, para fora.
  • 23 – Coelho bateu falta com veneno. Fábio defendeu.
  • 26 – Marcinho chutou, Fábio defendeu. No contra-ataque, Maicosuel cruzou, Coelho mandou a bola para escanteio. Cansado, Eder saiu para entrada de Lúcio.
  • 29 – Charles passou a Roni, que chutou fora.
  • 30 – Coelho bateu escanteio, Carpini apareceu sozinho e cabeceou pra fora, raspando o poste esquerdo.
  • 31 – Kerlon driblou Vinícius e chutou, cruzado, pra fora.
  • 32 – Fernandinho lançou Roni, que girou sobre a defesa e chutou forte. Edson deu rebote. Guilherme apareceu sozinho na pequena área e tocou para as redes. Cruzeiro 4 x 3.
  • 34 – Charles lançou Guilherme entre os beques emplumados. O atacante driblou Edson, mas, quando ia concluir, apareceu Kerlon que chutou a bola para o gol vazio. Só que, antes de se consumar o gol, apareceu Gerson que, de carrinho, desviou-a para a linha de fundo.
  • 35 – Baixou a foquinha no Kerlon, que ia entrar na área cpm a bola na cabeça quando apareceu um tresloucado Coelho para atropelá-lo. Roman aplicou cartão vermelho no atleticano e houve um início de sururu, logo contornado pelos jogadores que ainda mantinham o cérebro funcionando.
  • 45 – Kerlon apareceu na cara do gol, mas chutou pra fora.
  • 47 – Edson saiumal, kerlon recuperou a bola, penetrou na aárea, mas concluiu mal perdendo o 5º gol.
  • 48 – Marcinho chutou forte, da intermediária, Fábio defendeu. Carpini pegou o rebote e fuzilou. O goleiro defendeu outra vez, evitando o empate.

Vídeos

Gols do jogo
Gols da partida versão Fantástico

Atuações

  • Dorival Júnior – Continua com um time ultra-ofensivo mas desleixado na marcação. E parece que, para o bem e para o mal, isto não mudará até o fim do torneio. As alterações no clássico foram óbvias. Mas ele teve o mérito de não vacilar e promovê-las na hora certa.
  • Torcida. Comprou 2/3 dos ingressos vendidos. Jogou como o time, mais do que com o time. Quando ele esteve bem, ela deu show, quando sofreu a virada, ela calou-se perplexa. Mas, ltão logo veio o empate, ela tomou conta do estádio e não permitiu que a rival se manifestasse.
  • Fábio – Não conseguiu espalmar a bola, que bateu no poste e resultou no 1º gol atleticano, mas salvou dois gols certos e deu tranqülidade ao time com defesas precisas. Foi punido com um pênalti que não cometeu e também não defendeu.
  • Mariano – Atacou muito no 1º tempo, mas sofreu com o jogo adversário concentrado em seu setor. No 2º tempo, esteve mais tranqüilo.
  • Emerson – Perdeu o duelo para Marinho, pode ter cometido pênalti em Danilinho, não apareceu na bola cruzada do gol de empate emplumado. Redimiu-se, contudo, dos erros com muita luta e seriedade. Num time com melhor sistema de marcação e mais disposto a cadenciar o jogo, talvez não se expusesse tanto.
  • Thiago Heleno – Tecnicamente, esteve melhor do que o colega de zaga.
  • Fernandinho – Como sempre, joga melhor quando ataca. Neste clássico, esteve mais contido devido à ameaça de que Coelho explorasse espaços que ele poderia deixar em seu setor. Sua melhor jogada foi recuperação da bola e o passe que resultou no 1º gol.
  • Charles – O de sempre. Luta, passes de trivela, entradas duras e algumas saídas eficientes para o ataque., Na melhor delas, aos 34 do 2º tempo, pôs Guilherme na cara do gol. Terminou o jogo extenuado.
  • Luís Alberto - Discreto. Contido, passou o jogo tentando proteger a zaga.
  • Maicosuel – Bom 1º tempo com jogadas agudas e belos passes. No 2º, cansou e foi substituído.
  • Jardel – Cumpriu a missão de fechar a defesa.
  • Wagner – Começou bem com deslocamentos e boas jogadas ofensivas. Na segunda metade do 1º tempo, sumiu em campo. Voltou para o 2º tempo pouco inspirado e foi substituído aos 14 minutos.
  • Kerlon – Ajudou a desequilibrar o clássico com muita movimentação, bons passes e a jogada da foca, que acarretou a expulsão do destrambelhado Coelho e, com ela, o fim da resistência atleticana.
  • Guilherme. Em 36 minutos, fez 2 gols, deu passe para outros 2 perdidos, fez jogadas de craque. Jogando perto do gol, enlouquece treinador, beques e torcedores rivais.
  • Roni – Extraordinária partida. Fez os 2 primeiros gols, chutou a bola que resultou no 4º, lutou, desarmou, criou jogadas, movimentou-se e, apesr de tudo isto, chegou inteiro ao fim do jogo.
  • Marcelo Moreno - Movimentou-se, mas não esteve inspirado como em outras partidas.

Transmissão

  • PPV