Atlético-MG 3x1 Cruzeiro - 01/04/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Tupi.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Vasco.png
Por Campeonato Mineiro 2018
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Tupi.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Atlético-MG.png
No estádio Independência
Escudo Atlético-MG.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Atlético-MG.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
Contra Atlético-MG
Escudo Atlético-MG.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Atlético-MG.png

[edit]

Escudo Atlético-MG.png
Atlético-MG
3 × 1 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
Jogo de ida da Final do Campeonato Mineiro 2018
Data: 1 de abril de 2018 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16h Estádio: Independência
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva Público pagante: 20.307
Assistente 1: José Ricardo Guimarães Coimbra Público presente: 21.215
Assistente 2: Helcio Araújo Neves Renda: R$ 580.025,00 R$ 580.025 <br />Cr$ 580.025 <br />NCr$ 580.025 <br />Cz$ 580.025 <br />NCz$ 580.025 <br /> (preço médio: R$ 28,56 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Atlético-MG: Cruzeiro:

1. Victor 1. Fábio
29. Patric 29. Lucas Romero
3. Leonardo Silva 3. Léo
4. Gabriel 4. Murilo
6. Fábio Santos 6. Egídio
7. Elias Cartão amarelo recebido aos 26  (2T) 26'  (2T)   Substituição realizada 25'(2T) de jogo 25'(2T) ( 25. Yago ) 8. Henrique
21. Adilson Gol aos 41 do  (1T) 41'  (1T) Cartão amarelo recebido aos 35  (2T) 35'  (2T)   Substituição realizada 39'(2T) de jogo 39'(2T) ( 5. Arouca ) 5. Ariel Cabral Substituição realizada 25' (2T) de jogo 25' (2T) ( 21. Mancuello )
27. Luan Substituição realizada 32'(2T) de jogo 32'(2T) ( 8. Tomás ) 19. Robinho
10. Cazares 30. Thiago Neves
11. Otero 18. Rafinha Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 10. De Arrascaeta Gol aos 38 do  (2T ) 38'  (2T ) )
9. Ricardo Oliveira Gol aos 33 do  (T) 33'  (T) Gol aos 45 do  (1T) 45'  (1T) Cartão amarelo recebido aos 37  (2T) 37'  (2T)   17. Raniel Substituição realizada 21' (2T) de jogo 21' (2T) ( 99. Sassá Cartão amarelo recebido aos 23  (2T ) 23'  (2T )   )
Técnico: Thiago Larghi Técnico: Mano Menezes
Reservas que não entraram na partida
Atlético-MG: Cruzeiro:

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 16h53 TIM ES em campo, com uniformes tradicionais.
  • 15h55 HINO Nacional.
  • 15h59 UM MINUTO de silêncio pela memória de Edson Martins, ex presidente da caldense.
  • 16h COMEÇA o jogo, Cruzeiro, à direita das tribunas; Atlético da a saída.
  • 01 Henrique desarma ricardo na intermediária celeste.
  • 01 Murilo desfaz jogada de Luan e Patric. Lateral, Franga.
  • 02 Leo faz cobertura na direita e desarma Otero. Lateral, Atlético.
  • 02 Leo na cobertura pela esquerda, manda bola pra lateral.
  • 03 Henrique sofre falta de Ricardo. Até agora, só o Atlético atacou.
  • 04 Rafinha recebe de Cabral e aciona Egídio. Luan cede corner.
  • 04 Veves cobra corner na esquerda, defesa atleticana corta.
  • 05 Patric desfaz ataque celeste na lateral direita do Atlético.
  • 05 Cruzeiro começa a atacar pela esquerda, com Rafinha e Egídio.
  • 06 Otero chuta forte, de longe. Bola sai à esquerda de Fábio.
  • 06 Romero e leo trocam passes na intermediária celeste. Na sequência, Atlético ganha lateral.
  • 07 Atlético troca passes na defesa.
  • 07 Técnico do Atlético saca o caderninho e faz anotações.
  • 08 Cazares passa a patric, que vence disputa com Neves e enche o pé. Bola sai à esquerda de Fábio.
  • 09 Leo, Neves, Robinho, Raniel, Ad;ilson corta na área atleticana.
  • 09 Egídio solta uma bomba, Victor defende, com dificuldade.
  • 10 Leo desfaz ataque atleticano na lateral direita.
  • 11 FINALIZAÇÕES; Atlético 2×1.
  • 11 mano tranquilo, sentado no banco; Larghi gritando muito, pedindo marcação ajustada.
  • 12 Murilo recua pra Fábio, que faz ligação direta, Patric corta, Henrique recua para a bola e sai jogando.
  • 13 Carrinho de Gabriel derruba Robinho, Cabral fica puto e pede cartão. Dawson não dá.
  • 14 Neves cobra falta levantando a bola, Raniel ajeita, Leo está impedido.
  • 14 Leronardo avança livre, passa a Santos, que rola pra Cazares. Corte em romero e bomba, bola desvia em Henrique e sai a corner.
  • 15 Corner cobrado por Otero, defesa celeste corta.
  • 15 Robinho cruza mal, da direita, bola acerta santos.
  • 16 Patric cruza da direita, Santos cruza da esquerda, Cabral corta.
  • 17 Marcação alta dos atleticanos, Murilo despacha a bola.
  • 18 Romero carrinha e manda bola pra lateral, quando santos tentava jogada na pontesquerda. 18 Ricardo enfileira, mas para em Romero na entrada da área celeste.
  • 19 Murilo recua pra Fábio,que sai jogando com Romero.
  • 20 Egídio toma bola de Luan na ;ateral esquerda. Otero encontra Cazares na esquerda, o equatoriano cruza, Cruzeiro ganha tiro de meta.
  • 21 Raniel vai buscar jogo na meiuca. ele não fica entre os beque.
  • 21 FALTAS: Atlético 5×0.
  • 22 Leo persegue Luan e escanteia a bola.
  • 23 Otero cobra corner na direita, Raniel corta.
  • 24 Elias levanta Egídio. falta feia, juiz economiza o amarelo.
  • 25 Henrique lança Neves, Gabriel intercepta.
  • 26 Egídio comete falta em Elias. É a primeira do cruzeiro, contra sete do Atlético.
  • 26 Patric recebe muito à frente. Bandeira invalida o lance.
  • 27 Ricardo chuta da meia lua, bola passa por cima do travessão.
  • 28 POSSE DE BOLA: Atlético, 58%.
  • 28 Romero joga otero fora do gramado. Falta.
  • 29 Otero cobra falta leo escantei a bola.
  • 29 Otero cobra corner na esquerda, Fábio soca a bola pra lateral.
  • 30 Patric cobra lateral, Murilo corta, de cabeça.
  • 30 DEFESAÇA. Neves recebe de raniel e enche o pé d, de prima. Victor escanteia a bola.
  • 31 Neves cobra corner, defesa atleticana corta.
  • 31 JOGO PARADO pra hidratação de atletas e árbitros.
  • 32 Jogo equilibrado. Cruzeiro não consegue atacar pela direita.
  • 33 FINALIZAÇÕES: Atlético 5×3.
  • 34 TORCIDA CELESTE comprou os 1.871 ingressos e apoia o time com vigor.
  • 35 RECOMEÇA o jogo. Atlético vai ao ataque.
  • 35 Dewson marca falta de Egídio em elias. E erra.
  • 36 GOL. Otero cobra falta, bola passa por Murilo na pequena área, Ricardo Oliveira chega pra arrematar e manda a bola pra rede. ATLÉTICO-MG 1×0.
  • 37 JUIZ DE FORA não resolveu problema do Cruzeiro. Gol saiu de um erro de arbitragem.
  • 38 Luan mete a mão na bola. Mano pede amarelo, Dewson não dá.
  • 39 Cruzeiro vai todo ao ataque e eva contra-ataque. Por sorte, Ricardo perde o controle da bola e Fábio chega a tempo de defender.
  • 40 GOL. Otero cobra falyta, Adílson desvia no primeiro poste. ATLÉTICO-MG 2×0.
  • 42 Leo escanteia a bola. Otero vai cobrar.
  • 43 Corner curto, Otero cruza, Ricardo se antecipa a Egídio e cabeceia sozinho. ATLÉTICO-MG 3×0.
  • 44 OUTRO ERRO de arbitragem. Egídio foi puxado por Ricardo.
  • 45 CASTIGO pros burros que pediram juiz de fora.
  • 46 Cruzeiro desnorteado.
  • 47 FIM de 1ø tempo. Prêmio dos tapados, que pediram juiz de fora.

Segundo Tempo

  • 17h04 COMEÇA o 20 tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 46 Arrascaeta sofre falta. na sequ6encia corner a favor do cruzeiro.
  • 46 Corner cobrado, defesa corta, Robinho chita pra fora.
  • 47 Romero disputa com Otero e cede lateral.
  • 48 PRECIPITOU. Egídio chuta de fora da área, pra fora.
  • 49 Atlético pressiona, só Cabral e Henrique na contenção. ferias no volt
  • 50 Cruzeiro já chutou três vezes a gol.
  • 51 Egídio cruza a esquerda, bola sai pela linha de fundo.
  • 51 Elias derruba Henrique.
  • 52 Luan corta pra lateral, quando Egídio tentava jogada na área atleticana.
  • 52 Arrascaeta faz jogada na entrada da área, gabriel corta pra lateral.
  • 53 Santos derruba Raniel.
  • 54 Robinho cobra falta na direita, Victor corta de soco.
  • 55 Leo recua, Fábio sai jogando.
  • 56 Otero derruba henrique.
  • 56 Arrascaeta cruza da esquerda, Leonardo corta.
  • 57 Robinho levanta a bola na área, Victor se antecipa a Raniel e corta.
  • 58 Cazares dribla Romero, Leo chega na cobertura e limpa a jogada.
  • 59 TORCIDA CELESTE murchou. Torcedor brasileiro é a mesma coisa, pouco importa a camisa.
  • 60 Elias lança Patric, bola sai pela lateral sob escolta de Egídio.
  • 60 Frangas já controlaram o ímpeto icial do Cruzeiro.
  • 60 Otero cruza da esquerda, Ricardo chega atrasado.
  • 61 Luan tenta passar duas vezes por Egídio e não consegue.
  • 61 Raniel ajeita pra Robinho, que arremata. Bola acerta em Santos e sai a lateral.
  • 61 Egídio cruza da esquerda, Raniel cabeceia pra fora.
  • 62 CERA do goleiro Victor. Juiz chama atenção dele.
  • 62 DEFESAÇA. Luan arremata de dentro da área, Fábio voa e escanteia a bola.
  • 63 Ricardo cruza da esquerda, Egídio corta.
  • 63 FINALIZAÇÕES: Atlético 11×9.
  • 64 Cazares cruza da esquerda, Leo escanteio a bola.
  • 64 SASSÁ vem ai.
  • 65 Otero cobra corner na esquerda, Fábio corta.
  • 66 Romero derruba Otero.
  • 66 TROCA. Raniel x Sassá.
  • 66 Otero cobra corner na esquerda, bola na rede, pelo lado de fora.
  • 67 RANIEL fez uma péssima partida, longe da área, inútil na busca da bola.
  • 67 AMARELO. Sassá, por cotovelada em Leonardo.
  • 68 MANCUELLO vem ai. Cazares tabela com Ricardo e chita de fora da; rea. Bola sai à direita de Fábio.
  • 69 AMARELO. Elias, por rasteira em Sassá.
  • 70 Neves cobra falta, bola lenta, Victor defende sem dificuldade.
  • 0 TROCA. Cabral x Mancuello.
  • 70 Neves cobra corner na esquerda, Murilo cabeceia pra fora.
  • 71 Neves tenta passe de letra, bola fica com Elias.
  • 71 Sassá disputa e perde bola pra Leonardo.
  • 72 Egídio passa o rodo em Luan.
  • 73 Otero chega na dividida e impede cruzamento de Romero.
  • 74 TROCAS. Elias x Yago, Luan x Andrade.
  • 75 Sassá chuta, Victor defende.
  • 75 CÃIBRAS. Adílson cai.
  • 76 FINALIZAÇÕES: Atlético 13×10.
  • 77 Robinho levanta bola na área, fácil pra Victor.
  • 78 Andrade chuta forte, Fábio defende.
  • 79 DEFESAÇA. Fábio sai aos pés de Andrade pra evitar o quarto gol.
  • 80 AMARELO. Adílson, por chutar a barriga de Arrascaeta.
  • 80 DEFESAÇA. Sassá cabeceia, Victor defende com a mão esquerda.
  • 81 AMARELO. Ricardo, por agressão a Sassá.
  • 81 Arrascaeta desarmado na hora de arrematar.
  • 81 ROMERO fura na área celeste. Péssima atuaçào do argentino.
  • 82 GOL. Mancuello, Sassá, Arrascaeta, que recebe na área e enche o pé. CRUZEIRO 1×3.
  • 83 Cruzeiro volta à disputa do título.
  • 84 Henrique comete falta, adversários querem amarelo, juiz não dá.
  • 85 Otero cobra falta, Fábio defende.
  • 86 Otero chuta, bola tira tinta na forquilha esquerda.
  • 86 Sassá invade a área, mas erra a finalização.
  • 87 DEFESAÇA. Cazares faz boa jogada e obriga Fábio a grande esforço pra escantear a bola.
  • 87 DEFESAÇA. Otero enche o pé, Fábio se vira pra impedir outro gol.
  • 88 FÁBIO evitando a devolução dos seis a um.
  • 89 Leo faz ligação direta, defesa atleticana rebate.
  • 90 Robinho joga bola na área atleticana, fácil pra rebatida da defesa.
  • 91 Sassá cai n=o[perto da ;area, juiz manda seguir.
  • 92 Tabela ruim do Cruzeiro, defesa atleticana rebate.
  • 93 Murilo perde pra Ricardo. Contrataque, Andrade impedido.
  • 94 Ricardo derruba Murilo na área celeste.
  • 95 FIM de jogo. Juiz de fora não adiantou. Fábio evitou o troco dos seis a um.

Vídeos

Coletiva pós jogo
Préjogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE começou a partida fazendo muita festa, mas foi derrubada nos oito minutos fatais do fim da etapa inicial. Murchou, não soltou um pio sequer até o gol de Arrascaeta, quando vibrou por dever de ofício. Nas redes, muita gente comemora. Os seca-pimenteiras, os que dedicam suas vidas à perseguição de alguns jogadores do Cruzeiro, os covardes, que se borram no primeiro percalço, e os atleticanos enrustidas fizeram tremendo carnaval.
  • FÁBIO não teve culpa nos três gols e evitou outros tantos.
  • ROMERO fez sua pior partida coma camisa celeste. Na defesa, levou baile de Otero, obrigou Leo a acumular as funções de beque e lateral. No ataque, não deu nenhuma contribuição. Sua única jogada digna de registro foi um pontapé num gandulo impertinente no fim do jogo.
  • LEO foi o melhor da defesa, jogando na dele e salvando a pele de Romero, que estava zonzo à sua direita.
  • MURILO foi um dos crucificados pelos torcedores irados (e burros). Fez o que era possível contra um adversário inspirado no ataque.
  • EGÍDIO foi empurrado no lance do terceiro gol. Fez o seu jogo normal, com apoio constante. Na defesa, ganhou e perdeu disputas com Luan e Patric. Pra quem o persegue, esteve mal. Opinião de sempre, conversa batida, papo de aranha.
  • HENRIQUE foi o único a tentar dar proteção à bequeira e a jogar com lucidez. Não teve como apoiar o ataque. Mas como tem fã clube invertido, seis detratores reclamam de ele não ter dado carrinhos, pescoções, agarres, nem feito lançamentos em profundidades. Tem disso no futebol, um jogo com analistas de galinheiro falando merda a torto e a direito.
  • CABRAL tentou jogar de forma racional, ocupando espaços e passando bem a bola. Mas sofreu com a inoperância dos meias, que nem defenderam, nem apareceram pro jogo.
  • MANCUELLO entrou mais cedo do que de costume e sem obrigações defensivas. Fez boas jogadas, articulando o jogo com objetividade. Nas circunstâncias, foi uma ótima decisão do Mano apostar em sua habilidade de criador de jogadas.
  • ROBINHO não foi solidário com os volantes, jogou pra frente o tempo todo e foi contido pela marcação atleticana.
  • NEVES deu um bom chute a gol, tentou algumas tabelas, mas foi colocado no bolso pelos adversários e não fez a diferença, como nas semifinais.
  • RAFINHA jogou mal como há tempos não se via. Não criou nada no ataque, ne ajudou na marcação. Deixou Egídio se virar sozinho na marcação e no apoio. Saiu tarde demais, pelo que vinha jogando.
  • ARRASCAETA jogou apenas um tempo e sem preocupação com a recomposição. Foi só atacante e, assim, acabou fazendo um gol, que dá alguma esperança ao time reverter a tendência no jogo de volta.
  • RANIEL fez uma péssima partida e demorou a ser substituído. Não foi centroavante, não foi falso nove, não foi armador e nem teve coragem de chutar a gol. Uma lástima.
  • SASSÁ entrou animadaço e partiu pra cima dos atleticanos. Participou da jogada do gol e deu algum trabalho à defesa atleticana.
  • MANO manteve a escalação, o sistema de jogo e a estratégia, com a quais seu time vem fazendo bons jogos na temporada, mas viu tudo isto ser abatido por um franco-atirador. Mexeu bem e a tempo e se manteve vivo na competição, com o gol de um dos jogadores que colocou em campo.
  • CRUZEIRO tentou jogar seu futebol cadenciado, de troca de passes e troca de posições no ataque, mas foi desmontado pelo jogo veloz e incisivo dos atleticanos. Tomou três gols irregulares, mas que também foram fruto da eficiência do rival num fundamento essencial, o chute. Enquanto cobrou faltas e escanteios com petelecos anêmicos, foi bombardeado por Otero, com chutes fortes e venenosos. Pra piorar, os meias não deram uma ajudinha sequer aos volantes e laterais. na etapa final, teve o mérito de não se entregar. Tentou manter seu estilo, mas com ele só conseguiu um gol.
  • ATLÉTICO-MG praticou seu futebol voluntarioso, com jogadas incisivas, seguidas faltas pra conter os ataques adversários e, sobretudo, com os chutes de um de seus dois ótimos chutadores (o outro nem precisou trabalhar muito). Deu sorte de a arbitragem relevar as irregularidades em seus gols e esteve a pique de fazer outros em jogadas limpas. Mereceu a vitória, com sobras.
  • ÁRBITROS deixaram passar irregularidades nos três gols dos atleticanos. Lances de televisão e que podem ter passado despercebidos pra um trio de segunda linha. O juiz central se esmerou nos cuidados pra no dar cartões aos pendurados.

O que foi dito

  • MANO MENZES: “O Cruzeiro teve um pouco de falta de atitude em momento importante do jogo. É preciso se impor no momento da dificuldade. Dois ou três pediram calma. Aceitamos demais a situação. O adversários nos venceu com méritos. Quando a gente perde da maneira que perdemos, a primeira coisa é saber reconhecer isso. O jogo vinha parelho até a parada técnica. O adversário voltou da parada técnica e nós ficamos. Tomamos três gols em 8 minutos. Tomamos os gols da maneira que sabíamos que poderíamos tomar. Faltas desnecessárias, descuidamos da marcação. Não adianta a gente individualizar pra um jogador. Não é correto. Sou o responsável pela equipe e o responsável pelos três gols de bola parada. No coletivo, o time deixou espaços importantes. Vamos ter que corrigir. Nosso pior momento foi quando tomamos o primeiro gol e o adversário controlou as ações. Corremos pra todos os lados tentando resolver o jogo e isso custou caro. Tomamos o segundo e o terceiro. Podemos conversar sobre as falhas, mas sempre depende da atitude dos jogadores”.
  • THIAGO NEVES: Três bolas paradas. Na final não pode errar. Erramos, mas ainda tem mais um jogo.
  • GLOGO ESPORTE: O Cruzeiro voltou pra segunda etapa com muito ímpeto, correndo pra diminuir o prejuízo. O gol celeste saiu aos 82, com Arrascaeta, após bom passe de Neves. A vantagemm atleticana ainda é grande, mas o gol cruzeirense amenizou um pouco a situação.
  • MATHEUS PENIDO: Escanteios e faltas pros atleticanos, meio gol. Escanteios e faltas pro Cruzeiro, Robinho ou Neves colocavam na cabeça do primeiro zagueiro ou nas mãos do goleiro. O resumo do jogo foi só esse. Qualquer comentário fora disso é apenas perfumaria.
  • RAÉ: Não adianta mimimi, jogo decisivo é para cobras e o Cruzeiro tem poucos que sabem ser. Tá cheio de jogador insonso. O Atlético parece o tempo todo que queria mais vencer, jogam com sangue no olho o tempo todo. Aqui essa pasmaceira de murilo, leo, egidio, robinho, henrique, rafinha, raniel. Time frouxo e sem sangue. Não bato palmas pra frouxos.
  • TALENTIM: Mano nunca ganhou jogo decisivo. Na melhor das hipóteses o Cruzeiro vencerá por vantagem mínima no próximo jogo da final. Na melhor das hipóteses… Rural já era. Mudo de nome, se o Cruzeiro for campeão.
  • LUIZITO: Três a zero, hurra!!! Rogério Corrêa repetindo o ídolo Ronaldinho Gaúcho: “quando tá valendo, tá valendo!”. Devemos linchar ou trocar de técnico??? Fora, desperdiçador de elenco!
  • JOTA JOTA: Três gols de bola parada, hahaha hahahaha hahahaha!!!
  • SÍNDICO: Chavões e clichês aos milhões nas redes sociais, depois do jogo. É a falta de imaginação no poder!
  • IVAN MONTEIRO: Estou pasmo!!! Jogo atípico. Mas vou dizer: Cruzeiro será campeão!!! Arrascaeta nos salvou!

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas