Atlético-MG 1x1 Cruzeiro - 20/04/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Escudo Deportivo Lara.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Última ficha →
No estádio Independência
Escudo América-MG.png 2x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →
Contra Atlético-MG
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Atlético-MG.png
Atlético-MG
1 × 1 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
Jogo de volta - Final - Campeonato Mineiro 2019
Data: 20 de abril de 2019 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16:30 Estádio: Independência
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho Público pagante: 21.862
Assistente 1: Rafael Alves Público presente: Não disponível
Assistente 2: Elio Nepomuceno Andrade Jr Renda: R$ 1.208.669,00 R$ 1.208.669
Cr$ 1.208.669
NCr$ 1.208.669
Cz$ 1.208.669
NCz$ 1.208.669
(preço médio: R$ 55,29 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Atlético-MG: Cruzeiro:
1. Victor Cartão amarelo recebido aos 49  (2T) 49'  (2T)   1. Fábio Cartão amarelo recebido aos 51  (2T) 51'  (2T)  
2. Guga 2. Edilson Cartão amarelo recebido aos 36  (1T) 36'  (1T)  
3. Leonardo Silva 3. Léo
16. Igor Rabello 26. Dedé
6. Fábio Santos 18. Dodô
14. Zé Welison Substituição realizada 39'(2T) de jogo 39'(2T) ( 44. Alerrandro ) 8. Henrique
7. Elias Gol aos 29 do  (1T) 29'  (1T) 29. Lucas Romero Substituição realizada 26' (2T) de jogo 26' (2T) ( 10. Thiago Neves Cartão amarelo recebido aos 29  (2T ) 29'  (2T )   )
49. Geuvânio Cartão amarelo recebido aos 3  (1T) 3'  (1T)   Substituição realizada 27'(2T) de jogo 27'(2T) ( 11. Maicon ) 19. Robinho
8. Chará 20. Marquinhos Gabriel Substituição realizada 19' (2T) de jogo 19' (2T) ( 32. Pedro Rocha )
27. Luan Cartão amarelo recebido aos 10  (2T) 10'  (2T)   Substituição realizada 22'(2T) de jogo 22'(2T) ( 92. Vinícius ) 23. Rodriguinho Substituição realizada 36' (2T) de jogo 36' (2T) ( 16. Lucas Silva )
9. Ricardo Oliveira Cartão amarelo recebido aos 30  (2T) 30'  (2T)   9. Fred Cartão amarelo recebido aos 49  (2T) 49'  (2T)   Gol aos 34 do  (2T) 34'  (2T)
Técnico: Rodrigo Santana Técnico: Mano Menezes
Reservas que não entraram na partida
Atlético-MG: Cruzeiro:

Pré-Jogo

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 16h25 TIMES em campo, com uniformes tradicionais.
  • 1h26 HINO Nacional.
  • 16h30 COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita; A Mineiro dá a sa saída.
  • 01 Robinho derrubado por Fábio Santos na pontadestra.
  • 02 Dodô leva pisão deGeuvânio.
  • 02 Cruzeiro no ataque, defesa emplumada corta.
  • 03 AMARELO. Geuvânio, pelo pisão em Dodô. Decisão foi do Var.
  • 04 04 Luan cruza da esquerda, Leo corta.
  • 05 BALIZA Guga cobra lateral, Rucardo desvia, Henrique corta, Geuvânio volta a cruzar, Ricardo arremata, bola acerta o travessão.
  • 06 TEMPO nublado, temperatura 28º, vento 13 Km/h, umidade 40%.
  • Frangas toma a inciativa, Cruzeiro se defende com duas linhas de quatro.
  • 07 Luan vai ao fundo, pela esquerda, e cruza. Leo corta.
  • 08 Var para o jogo, manda vê e manda seguir.
  • 09 Rodriguinho chuta de fora da área, bola sobe muito e vai pra arquibancada.
  • 10 MANO manda Robinho acompanhar Luan, que tem muita facilidade pra jogar pela esquerda.
  • 11 Contrataque celeste, defesa emplumada evita o arremate.
  • 12 BALIZA. Eodriguinho cruza da esquerda, após grande troca de passes. Rabello corta pra tás, bola explode no poste direito..
  • 12 Romero chuta de fora da área, pra fra.
  • 13 Ricardo Oliveira cai após choque de cabeça com Leo.
  • 13 Jogo recomeça, nada de grave com o centroavante emplumado.
  • 14 Guga cruza da direita, Leo rebate.
  • 15 Leonardo Silva derruba Fred, com um pescoção.
  • 16 Mano reclama demais da cotovelada de Leonardo em Fred.
  • 17 Dodô tabela com Rodriguinho na esquerda e cruza, ninguém do Cruzeiro consegue o arremate.
  • 18 Edílson derruba Chará.
  • 19 Geuvânio recebe na área e chuta travado, Escanteio frangas.
  • 20 Guga cobra corner na direita, Fábio corta de soco.
  • 20 Lançamento longo pra M Gabriel, Victor sai do arco e manda a bola pra lateral.
  • 21 OLHO NELE! Luan tem toda liberdade do mundo pra jogar.
  • 21 M Gabriel parte pra cima de Guga, que escanteia a bola.
  • 22 Robinho cobra corner na esquerda, defesa emplumada corta.
  • 23 M gabriel derruba Geuvânio, que pede cartão pro adversário. Juiz nega.
  • 23 Guga cobra falta na intermediária celeste, Leonardo cabeceia pra fora.
  • 24 Var para o jogo. E não vê nada, recomeça o jogo.
  • 24 BOA! Grande jogada de M Gabriel e Dodô na esquerda, cruzamento rasteiro, Robinho não consegue arrematar com qualidade. Henrique pega o rebote e chuta, pra fora.
  • 25 EQUILÍBRIO. Cruzeiro trabalha as jogadas, frangas são mais verticais.
  • 26 Geuvânio cruza da esquerda, Dedé corta.
  • 27 Cruzeiro todo em seu campo, frangas procuram espaço.
  • 27 Elias cruza da direita, leo corta.
  • 28 Chará arremata, Fábio encaixa.
  • 28 Chará estica bola pro ataque, Fábio fica com ela.
  • 29 GOL Ricardo recebe de Chará, Fábio sai doa rco e salva na primeira finalização, bola sobra pra Elias, que vence Dod6o pelo alto e cabeceia. Dedo ainda tenta rebater, bola bate no poste esquerdo e vai pra rede. ATLÉTICO-MG 1xo.
  • 30 Mano se manteve tranquilo, após o gol.
  • 31 Guga cai ao fundo, Leo chega na cobertura e impede o cruzamento.
  • 32 Frangas pressionam em busca do segundo gol.
  • 33 Bola recuada do meio de campo pra Victor.
  • 34 Rodriguinho entra na área emplumada, mas é contido por Leonardo e Welison.
  • 35 CERA. Ricardo Oliveira cai e fica rolando. Foi nada. Piadinha à toa de Edílson.
  • 36 VAR analisa o lance.
  • 37 AMARELO. Edílson, pelo pisão em Ricardo.
  • 37 Dois minutos de enrolação.
  • 38 Dedé passa a Fred, Leonardo toca na bola, que lica com Victor.
  • 38 M Gabriel derruba Geuvânio, que cai pra ganhar tempo.
  • 39 A mineiro todo na defesa. Henrique si jogando, Welison cede lateral.
  • 40 Rodriguinho cruza de dentro da área, bola resvala em Welison e fica com Victor.
  • 41 Edílson perde a bola, F Santos contrataca, Henrique o acompanha e recupera a bol.
  • 42 DEFESAÇA. Geuvânio corta Dodô e solta a boma. Fábio voa e espalma pra corner.
  • 43 Luan cobra corner na esquerda. Leo se antecipa a Ricardo e escanteia a bola.
  • 44 Guga cobra corner na direita, Dedé cprta.
  • 45 Var para o jog pra ver se existe pênalti a favor das frangas.
  • 45 jogo parado, var quer saber se houve falta de Rodriguinho em Geuvânio.
  • 46 Var nada marca.
  • 46 Falta de Ricardo em Romero.
  • 47 Chará sente dores na perna esquerda.
  • 47 Leonardo derruba Fred.
  • 47 Dodô cobra falta, Victor tora de soco e cai pra ganhar tempo.
  • 48 Var analisa o lance. Rabello segurou Leo? Ee decide que não.
  • Bola na área das frangas, rabello vence dedé pelo alto.
  • 49 FIM de 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 17h35 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 46 Nenhuma alteração nos times.
  • 46 Frangas trancadas.
  • 46 Rodriguinho derrubado por welison.
  • 46 Falta a dez metros da área emplumada.
  • 47 Robinho cobra falta encobrindo a barreira, bola sai rente ao poste direito.
  • 48 Var para o jogo, mas não vê pênalti a favro do Cruzeiro.
  • 49 Robinho cobra corner na esquerda, ninguém arremata.
  • 0 Rodriguinho desfaz ataque empumado e lança M Gabriel, que cruza. da esquerda. Victor defende.
  • 51 Frangas trabalham bola no ataque, Leo impede cruzamento.
  • 52 Cruzeiro no ataque, frangas se trancam.
  • 53 Dodô cruza da esquerda, leonardo corta.
  • 54 Frangas contratacam, Dedé impede arremate de Chará.
  • 55 Edílson dispara pela direita e é derrubado por Luan, com um agarro.
  • 55 AMARELO, Luan, pela falta em Edílson.
  • 56 Falta cobrada, defesa emplumada escanteio a bola.
  • 57 Var para o jogo. Leo foi agarrado na área emplumada.
  • 58 Var manda seguir. E o calção do leo rasgado?
  • 59 CERA. Gufa simula ardência nos olhos.
  • 60 Ricardo recebe na área, é desarmado por Dedé e cai. Foi nada
  • 60 Var para o jogo. Não viu pênalti em Ricardo.
  • 61 Romero joga bola na área emplumada, Victor fica com ela.
  • 62 Guga dribla na área celeste. Lateral se recupera e escanteio a bola.
  • 63 Elias cruza direita, Leo escanteia a bola.
  • 63 Guga cobra corner na direita, defeasa celeste rebate.
  • 64 Leo dá um bico, limpando a área celeste
  • 64 M Gabriel recebe lançamento, mas está impedido.
  • 65 TROCA. Marquinhos Gabriel x Pedro Rocha.
  • 66 Edílson cruza da direitas, Rocha arremata, bola fica na rede, pelo lado de fora.
  • 67 Robinho cobra corner na esquerda, bola atravessa a área emplumada.
  • 67 CERA. Luan cai pra ganhar tempo.
  • 68 TROCA. Luan x Vinícius.
  • 68 Victor estica a bola, Henrique cabeceia pra lateral.
  • 69 THIAGO NEVES vem aí!
  • 69 Geuvâno se enrola coma bola e não consegue cruzar da direita.
  • 70 Dodô passa a Rodriguinho, que é desarmado por Welison.
  • 70 Neves não joga há 40 dias.
  • 71 Dodô carrega a bola pela meiesquerda e chuta. Bola sai à esquerda de Victor.
  • 71 TROCA. Romero x Thiago Neves.
  • 72 Henrique e Romero trabalharão na volância.
  • 72 CERA. Geuvânio cai.
  • 72 TROCA. Geuvânio x Michael Bolt.
  • 73 Pedro Rocha tenta cruzar na esquerda. Guga não deixa.
  • 74 Neves derruba Elias, juiz não dá o amarelo.
  • 75 AMARELO. Neves, por falta em Elias.
  • Que partida horrível do Cruzeiro. Irreconhecível
  • 75 AMARELO. Ricardo, por pescoção em Henrique.
  • 76 Pedro rocha enfileira na esquerda, defesa escanteio a bola.
  • 77 Var para o jogo pra saber se houve pênalti de Leonardo Silva. Bola na mão.
  • 77 Juiz assiste ao video.
  • 78 PÊNALTI. Juiz viu, reviue enxergou Leonardo meter o braço na bola.
  • 79 GOL. Fred cobra rasteiro, no canto direito. Victor voa pro canto esquerdo. CRUZEIRO 1×1.
  • 80 15º GOL de Fred na temprada, 12º no Mineiro.
  • 81 TROCA. Rodriguinho x Lucas Silva.
  • 82 Bolt dispara pela esquerda, Edílson cerca e ganha tiro de meta.
  • 83 leo TROCA de calção na beira do campo.
  • 83 TORCIDA CELESTE canta alto. Muito alto.
  • 84 Chará na direita, Bolt na esquerda, frangas apostam na velocidade.
  • 85 CERA TÉCNICA. Dedé recua de cabeça, Fábio demora a pegar a bola.
  • 85 TROCA. Welison x Alerrandro.
  • 86 ESQUEMA. Frangas apostam no 4-2-4.
  • 86 Bolt cruza da esquerda, bola fica com Lucas Silva.
  • 87 Pedro Rocha recebe de Neves, dispara, mas fica na marcação de Guga.
  • 87 Guga joga bola na área celeste, Edílson corta.
  • 88 ESPERTO. Neves oferece o corpo, Rabello, desembestado, comete a falta.
  • 89 ÚLTIMO GÁS! Todo mundo cansado.
  • 89 Bola sobre a área celeste, Leonardo não consegue cabecear.
  • 90 OITO MINUTOS de acréscimo.
  • 91 REPETECO mostra ter havido pênalti em Leo no lance do calção rasgado. Agora não adianta mais.
  • 92 Dodô protege a bola e é derrubado por Elias.
  • 93 JUIZ diminui o acréscimo de 8 pra 7 minutos.
  • 93 CERA. Victor cobra falta na intermediária emplumada, Dedé é derrubado por Rabello e cai.
  • 94 Frangas saem jogando com Santos. Bola na área celeste, defesa corta.
  • 94 Robinho é derrubado, juiz deixa passar.
  • 94 AMARELO. Victor, por agredir Fred.
  • 95 Rabello joga bola na área celeste, Dedé corta.
  • 95 Fábio corta bola alta sobre sua área.
  • 95 Vinícius levanta bola, Henrique sobe pra cortar, mas é derrubado.
  • 96 AMARELO. Fábio, por demorar a cobrar falta.
  • 96 Santos pra Bolt, defesa celeste corta.
  • 97 PÚBLICO: 21.860 presentes, R$1.208.669, média R$55.
  • 97 FIM de jogo. Cruzeiro campeão mineiro pela 40ª vez!

Vídeos

Bastidores do jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE comprou os ingressos à sua disposição e fez muito barulho, encarando a maioria adversária no grito. No final, cantou sem receber resposta do outro lado.
  • FÁBIO fez duas defesaças e esteve perfeito nas demais intervenções.
  • EDÍLSON recebeu cartão amarelo por um pisão infantil em Ricardo, defendeu bem e subiu pouco ao ataque. O saldo foi positivo.
  • DEDÉ foi enganado no lance do gol das frangas, tomando bola nas costas, mas venceu todas as disputas terrestres e aéreas, em especial, quando o adversário partiu para o abafa.
  • LEO foi o melhor do do jogo. Lúcido o tempo todo, firme na marcação, fazendo coberturas precisas e sem jamais rifar a bola. (João Chiabi) —– Jogou com muita raça e sempre bem posicionado. (Maurício Carvalho)
  • DODÔ dedicou-se mais à marcação, malfez algumas boas jogadas em parceria com Marquinhos e Rodriguinho. Fez a cobertura correta, mas perdeu a disputa aérea com Elias no gol emplumado. No geral, boa atuação. ROMERO foi o bom marcador de sempre, Levou cartão amarelo e saiu mais cedo.
  • HENRIQUE foi bem em todos os fundamentos da volância e exerceu a liderança de sempre. Levantou seu sexto troféu de campeão mineiro.
  • LUCAS jogou 16 minutos, coma função de marcar e segurar a bola, durante o abafa emplumado. E fez o que lhe foi pedido.
  • ROBINHO jogou aberto pela direita, sem aparecer muito, pois o time preferiu jogar pela esquerda. Criou algumas jogadas, ajudou na contenção, foi deslocado pra volância coma entrada de Neves e manteve-se na marcação durante o abafa alvinegro.
  • RODRIGUINHO sofreu marcação pessoal de José Welison e teve poucas chances de driblar, tabelar e chutar de média distância. Não foi um jogo fácil para ele e seu principal parceiro e ataque, Fred.
  • NEVES voltou após 40 tratado dias tratando de uma lesão na panturrilha, substituiu Romero, quando Mano precisou reforçar o poder ofensivo do time. Jogou pouco menos de meia hora e ajudou a empurrar o adversário para perto de sua área. Na recomposição, após o empate já não foi tão efetivo.
  • MARQUINHOS jogou pouco mais de uma hora, coma missão de criar jogadas contra Guga e Leonardo. Fez alunas em parceria dom Dodô e Rodriguinho. Saiu para dar lugar ao impetuoso e físico Pedro Rocha, quando era preciso aumentar o poder de fogo do ataque.
  • ROCHA entrou e mudou o jogo. (Vítor França)
  • FRED fez o gol cobrando pênalti, com maestria. foi seu grande momento, pois sofreu marcação implacável da parelha de beques emplumada.
  • MANO conquistou seu quarto título como treinador do Cruzeiro. Escalou corretamente e fez as trocas necessárias e bem-sucedidas, primeiro para reforçar o ataque, depois para recompor o sistema defensivo.
  • CRUZEIRO manteve um duelo equilibrado com o adversário por meia hora, até sofrer o gol, num momento em que sua defesa se desarrumou. Daí em diante, buscou o empate, com método e sem pressa por quase 50 minutos. Nos derradeiros 25 minutos, organizou-se para suportar a pressão. Não deu espetáculo, nem produziu futebol vistoso, foi praticar obter o resultado suficiente para somar a 30ª conquista do Mineiro.
  • MINEIRO fez sua melhor partida em 2019. Mereceu a vitória na primeira etapa, com o gol de rompedor de áreas Elias. Atacou como precisava para conquistar a vitória mínima que seria o máximo até 34 da segunda etapa, quando o experiente Leonardo Silva deu o carrinho na área que nos últimos anos “implica o risco” de levar a mão na bola mesmo sem intenção. Lance que até este ano iria virar escanteio porque o árbitro não viu. Mas o VAR viu, chamou o atrapalhado Bizio Marinho que interpretou como se manda hoje. Pênalti. Ricardo Santana arrumou defensivamente a equipe e criou oportunidades para um elenco que pareceu ter comprado a ideia dele. (Mauro Beting)
  • ÁRBITROS cumpriram à risca a determinação que receberam de consultar o var para tomar cada decisão. Com isto, picaram o jogo, que perdeu a fluidez. Apesar de todas as consultas deixaram de marcar um pênalti em Leo. No aspecto disciplinar, estiveram bem, contornado todas as encrencas, sem precisar de usar mais do que os cartões amarelos.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: O técnico, às vezes, cobra mais forte e às vezes aponta caminhos. Sou da linha que prioriza apontar caminhos. Cobrar é relativamente fácil, como um pai que dá uma dura nos filhos. Os jogadores querem soluções. O jogo estava parelho, mas sofremos o gol, caímos um pouco, passamos a dar chutão. No intervalo, cobrei com relação ao gol e dei orientação. Era preciso colocar as coisas no lugar. Pedro entrou bem pra fazer duas ou três jogadas agudas, que é a característica dele. O adversário baixou bastante as linhas, mais do que estava antes. Com a entrada do Neves arriscamos um pouco mais, com apenas um volante, algo perigoso. Tive que ir ao divã. Depois, a partir do nosso gol, foi só emoção, bola na área, mas a gente soube suportar com uma defesa sólida.
  • DOUGLAS VELLOSO: A entrada do Dodô corrigiu a última linha, que precisava marcar o lado ofensivo que realmente funciona no adversário. Depois da pressão inicial, o Cruzeiro equilibrou o jogo, mas faltou Rodriguinho e Robinho chegarem mais perto do Fred. Depois do gol sofrido, era preciso furar a retranca, chegar perto do gol, segurar mais a bola, criar oportunidades. O A Mineiro não quis jogo, já que o encaixe defensivo funcionava. Mas o resultado não era justo e a entrada de Pedro Rocha fez mudar a história. A mão do Leo Silva justificou a arrogância do outro lado da Lagoa. Gol do Fred e aí não teve mais jogo. Título invicto e merecidíssimo.
  • SETELAGOAS: Detalhes do RapoCota: Robinho é difícil pra arbitragem, Edilson, idem. Argumentam, reclamam, dão dura no árbitro. Mas Elias, das frangas, é um dos mais chatos do mundo, supera os dois juntos, com facilidade. Todo lance de definição do juiz lá estava o excomungado junto.
  • ROSAN AMARAL: Arbitragem horrível! Descumpriu regra elementar do var: decisão final é do juiz de campo. Houve mais e cinco intervenções, fora as orelhadas que não paralisaram a partida. Só a última participação do var seguiu o script e o árbitro foi conferir no vídeo antes de dar a palavra final no pênalti a favor do Cruzeiro, que Fred converteu em gol. Embora o Sandro Ricci tenha dito durante a partida que houve pênalti no Leo antes do pênalti marcado, o VAR não chamou o árbitro como deveria.
  • M RIZZI: Não entendi a teimosia do Mano com o jogo pelo meio, que não funcionara na primeira partida , E, depois do gol sofrido aí é que não funcionária. As pontas seriam a saída com Pedro, Egídio e Orejuela. Não fazia sentido algum colocar o Neves, que não marca, não tem arrancada e estava sem ritmo. A substituição deveria ter sido nas pontas: com Pedro numa e Orejuela na outra.
  • MAURO FRANÇA: Bicampeão invicto é título pra ser festejado e valorizado. O time celeste encontrou dificuldades, o adversário começou tentando uma pressão, conseguiu duas chances no mesmo lance, com bola no travessão e pra fora no rebote. O Cruzeiro respondeu também com bola no travessão e equilibrou a partir daí. Mas, num erro em saída de bola pela direita, o adversário encaixou contrataque e fez o gol, que gerou instabilidade no time celeste e deixou o jogo perigoso, já que além de ter que correr atrás do empate o time não poderia levar gols. No 2º tempo, o time voltou melhor. O adversário recuou e passou a especular no contrataque. E aí apareceu o que o time tem de melhor, a organização. Sem se apavorar e partir pro desespero, o time passou a controlar as ações, com volume de jogo, ainda que sem conseguir jogadas mais agudas e lances de perigo, o que se resolvei com a entrada de Pedro Rocha. e foi numa das investidas dele que saiu o lance do pênalti e o gol do título. Depois foi segurar a vantagem, o que esse time sempre faz muito bem, e comemorar. Foi mais uma grande atuação coletiva. Leo, um dos símbolos do time, jogador muito regular e intenso, foi o melhor, Henrique, Dedé e Rocha também merecem destaque. Fred, com uma volta por cima em grande estilo, artilheiro do campeonato, pela frieza no momento decisivo, é outro que tem que ser exaltado. Mano Menezes também merece ser destacado. Alguns podem não gostar do seu estilo, mas o fato é que o time tem mostrado competitividade, organização e consciência tática. E tem muito a ver com seu trabalho.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas