Atlético-GO 0x2 Cruzeiro - 29/08/2012

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Náutico.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Náutico.png
No estádio Serra Dourada
Escudo Atlético-GO.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Atlético-GO.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
Contra Atlético-GO
Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Atlético-GO.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 5x0 Escudo Atlético-GO.png

[edit]

Escudo Atlético-GO.png
Atlético-GO
0 × 2 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
20ª rodada do Camponato Brasileiro 2012
Data: 29 de agosto de 2012 Local: Goiânia, GO
Horário: 22h Estádio: Serra Dourada
Árbitro: Márcio Chagas da Silva Público pagante: 2.675
Assistente 1: Bruno Boschilia Público presente: Não disponível
Assistente 2: Neuza Inês Back Renda: R$ 66.010,00 R$ 66.010
Cr$ 66.010
NCr$ 66.010
Cz$ 66.010
NCz$ 66.010
(preço médio: R$ 24,68 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Atlético-GO: Cruzeiro:

1. Márcio 1. Fábio
2. Diogo Campos Substituição realizada de jogo ( 18. Felipe ) 2. Léo
3. Reniê Substituição realizada de jogo ( 14. Diego Giaretta ) 3. Rafael Donato
4. Gustavo Cartão amarelo recebido aos 4. Thiago Carvalho Cartão amarelo recebido aos  (1)
5. Eron 5. Sandro Silva
6. Dodó 6. Everton Substituição realizada de jogo ( 13. Diego Renan )
7. Marino Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 16. Joílson ) 7. Charles
8. Ernandes 8. Tinga
9. Ricardo Bueno 9. Borges  Gol aos do Substituição realizada de jogo ( 17. Wellington Paulista Gol aos do )
10. Wesley 10. Montillo Substituição realizada de jogo ( 16. Souza Silva )
11. Patric 11. Wallyson Cartão amarelo recebido aos  (1)
Técnico: Jairo Araújo Técnico: Celso Roth
Reservas que não entraram na partida
Atlético-GO: Cruzeiro:

Pré-Jogo

O Cruzeiro inicia a rodada em 8º lugar com 28 pontos. Se vencer e o Botafogo tropeçar, o time celeste sobe uma posição.

Celso Roth terá 5 ausências contra o AtléticoGO: Ceará (lateral-direito), Leandro Guerreiro (atacante), Mateus (beque), suspensos; Victorino (beque), Willian Magrão (volante), contundidos.

Pendurados no Cruzeiro: Ceará, Thiago Carvalho e Victorino.

Celso Roth => “Será dificílimo. O AtléticoGO tem crescido. Jogou muito bom contra o Palmeiras e venceu. Jogou bem contra o Bahia, em Salvador, empatou e poderia até ter vencido. O jogo no Serra Dourada é mais jogado, diferentemente do que acontece no Independência, onde o que vale mais é a competição.”

Em 18º lugar com 14 pontos, o Dragão pode até sari do Z4 em caso de vitória.

Jairo Araújo, técnico do Dragão, não contará com o lateral-direito Marcos, que pertencde ao Cruzeiro, o lateral-direito Rafael Cruz, que se recupera de uma cirurgia no púbis, o meia Bida, suspenso por doping, o zagueiro Leonardo, lesionado na coxa, e os meias Adriano Pimenta e Felipe Brisola, lesionados no joelho.

Pendurados no Dragão: Bida, Dodó, Ernandes, Gustavo, Patric, Paulo Henrique e Pituca.

Jairo Araújo => “Temos que ter o mesmo espírito de quando enfrentamos Corinthians, Santos e AtléticoMG. São os três jogos que precisamos ter como base para o 2º turno. Jogar contra o Cruzeiro sempre será difícil. É time grande, de tradição e títulos. Encontraremos muitas dificuldades, principalmente após o grande jogo que eles fizeram contra o AtléticoMG”.


Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h50 – Times em campo. Cruzeiro todo de azul, AtléticoGO com uniforme tradicional.
  • 21h54 – Execução do Hino Nacional Brasileiro.
  • 21h59 – Um minuto de silêncio em memória de Felix, goleiro tricampeão mundial.
  • 22h – Começa o jogo. AtléticoGO dá a saída. Cruzeiro, à direita das cabines.
  • 00 - Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Lucas Silva, Elber, Wellington Paulista, Anselmo Ramon.
  • 01 – Dragão não consegue espaços pra atacar e a bola volta para o goleiro Márcio, que dá nova saída.
  • 02 – Rafael Donato comete falta em Diogo Campos na lateral da área, pela direita. Marino cobra, Charles, no bolo, dentro da área, corta.
  • 03 – Wallyson arremata com perigo, Márcio faz boa defesa.
  • 04 – Charles comete falta em Marino, no campo de ataque.
  • 05 – País do Futebol? Conta outra! Estádio vazio. Pouco mais de 5% de ocupação.
  • 06 – Tinga desarma Reniê e sai jogando.
  • 07 – Borges aperta marcação sobre a bequeira, Reniê recua pra Márcio, que chuta pra frente.
  • 08 – Guto Rabelo, repórter da Globo: “Este é o 20º jogo do Cruzeiro no campeonato e a 20ª formação diferente. Lucas Silva saiu do time, pra formação ficar mais ofensiva, segundo Celso Roth.”
  • 09 – Faltas: Cruzeiro 9×0. Bola sobre a área celeste, Leo Simões fica com ela.
  • 10 – Dodó e Diogo Campos tabelam na ponta direita, Francisco Everton fica com a bola.
  • 11 – Eron tenta cruzar pela esquerda, Wallyson cede escanteio. Bola sobre a área, ataque goianiense não a alcança.
  • 11’30”- Posse de bola: AtléticoGO, 69%.
  • 12 – Celso Roth pra Montillo: “Nós temos que ficar com a bola!”
  • 13 – Charles e Sandro Silva trabalham a bola no meiod e campo, sem pressa.
  • 14 – Perigo! Wallyson faz boa jogada pela direita e cruza pro meio da área. Tinga arremyta, bola bate na bequeira, volta e é de novo chutada, dessa vez, pra fora.
  • 15 – Cruzeiro trabalha a bola sem pressa no meio de campo.
  • 16 – Charles leva chapéu e para a jogada com falta, no meio de campo.
  • 17 – Diogo Campos arranca pela direita, rafael Donato aparece na cobertura e fica com a bola.
  • 18 – Wallyson recebe bola dentro da área goiana, mas está impedido. Quem marcou foi “La Back”
  • 19 – Montillo, cercado por cinco atleticanos, lança Wallyson, que está impedido.
  • 20 – Sandro Silva derruba Wesley na intermediária.
  • 21 – Bola sobre a área celeste, Rafael Donato vence a disputa com Wesleuy e limpa a aárea.
  • 22 – Francisco Everton faz bela jogada pela esquerda e cruza. Bequeira corta. Na sequênca, Diogo Campos derruba Francisco Everton.
  • 22’30”- Montillo cobra falta pela ponta esquerda, Márcio defende sem dificuldade.
  • 23 – Leandro Eal, comentarista calouro do PHD, que mora em Brasília e precisava de carona pra ir a Goiânia: “Agradeço ao grande Raphael e ao Sindico por esta alegria de ver o meu Zeiro jogar.”
  • 24 – AtléticoGO trabalha bola no ataque. Cruzeiro aperta marcação.
  • 25 – Wallyson cruza da direita, Gustavo se antecipa a Tinga e Borges e corta pra escanteio.
  • 26 – Gol! Montillo cobra escanteio de curva, pela direita. Leo Simões disputa com Marino, que cabeceia pra trás. Borges desliza no gramado e arremata forte. Bola na rede! Cruzeiro 1×0.
  • 27 – Rafael Donato impede o arremata de Eron na entrada da pequena área. Escanteio.
  • 28 – Goleador! Borges completa 6 gols em 10 partidas com a camisa celeste.
  • 29 – Ricardo Bueno faz jogada na ponta esquerda e cruza. Bola acerta Rafael Donato e sai. Escanteio.
  • 30 – Um corpo estendido no chão! Sandro Silva, vítima de um cotovelaço de Gustavo. Era caso de expulsão.
  • 31 – Tinga sente dores no tornozelo esquerdo. Lucas Silva no aquecimento. Sandro Silva, meio grogue, volta a campo.
  • 32 – Montillo cobra escanteio pela esquerda. Defesa goiana corta pelo alto.
  • 33 – Bruno Pontes, no PHD: “O Cruzeiro precisa colocar a bola no chão e ter mais calma. Charles, até aqui, não justifica a ida do Lucas Silva pro banco.”
  • 34 – Posse de bola: AtléticoGO, 60%.
  • 35 – Bola recuada do meio de campo, Fábio limpa a área com um chutão.
  • 36 – Diogo Campos cruza da direita, Leo Silva fura dentro da área, mas não aparece atacante local pra arremtar e a bola sai do lado oposto.
  • 37 – Charles passa a Sandro Silva, que engrossa no meio de campo. Bola fica com Ricardo Bueno que ruma pra área celeste. Jogada dá em nada.
  • 38 – Caixote! Montillo passa bola redondinha pra Leo Simões e recebe, de volta, um caixote.
  • 39 – Eron chuta de fora da área, Fábio encaixa.
  • 40 – Patric cobra lateral pela direita, Rafael Donato corta, Francisco Everton dá um bico pro alto.
  • 41 – Passes: AtléticoGO 168×90.
  • 42 – Pênalti! Eron invade a área celeste pela esquerda e é derrubado por Wallyson.
  • 42’30”- Amarelo! Wallyson, pelo pênalti.
  • 43 – Fora! Goleiro Márcio cobra forte, rasteiro, bola sai à direita de Fábio, que voa mas não alcnça a bola. Que vai pra fora!
  • 44 – Márcio já fez 25 gols de pênalti na carreira, 4 só neste Brasileiro 2012.
  • 44’30”- Wallyson chuta de fora da área, bola passa rente ao poste direito do arco defendido por Márcio.
  • 45 – Dragão trama em frente à área celeste. Francisco Everton espana.
  • 46 – Bola na área celeste, Sandro Silva corta de cabe;ca.
  • 47 – Bola sobre a área goianiense, Montillo arremata sem ângulo, Márcio defende com firmeza.
  • Números: Passes errados: Cruzeiro: 14×10. Faltas: Cruzeiro 10×4. Escanteios: AtléticoGO 5×2. Finalizações: Cruzeiro 6×5. Posse de Bola: AtléticoGO, 62%.
  • Márcio, goleiro do Atlético-GO: “Criamos apenas uma oportunidade e eu perdi. Espero que a gente consiga se redimir.”
  • Tinga, volante do Cruzeiro: “Nosso time está bem postado, só erramos no lance do pênalti, mas estamos melhor. Não está fácil, porém, estamos com mais posse de bola e controlando a partida.”

Segundo Tempo

  • 23h01 – AtléticoGO volta a campo com Reniê por Diego Giareta e Marino por Joison.
  • 23h02 – Cruzeiro em campo sem alterações.
  • 23h03 – Começa o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 00 – Trocas! Reniê por Diego Giareta e Marino por Joison
  • 01 – Dragão tenta tomar a iniciativa, precavido, Cruzeiro não oferece espaços.
  • 02 – Maurício Sangue Azul: “Presente no Serra Dourada. Pessoal da Azul de Brasilia está presente e assistindo ao jogo do lado do comunista Palmeira…”
  • 03 – Dodó cobra falta na intermediária. Bola na área celeste, bequeira despacha.
  • 04 – Bola na área celeste, Thiago Carvalho escora Wesley, Fábio defende.
  • 05 – Bolada na barriga! Borges no chão.
  • 06 – Diogo Campos vai à linha de fundo pela direita e cruza com força. Fábio corta com um soco.
  • 07 – AtléticoGO trabalha a bola, Cruzeiro todo na defesa marcando.
  • 08 – Amarelo! Gustavo por dividir com Borges.
  • 09 – Troca! Montillo por Souza. Argentino sentiu dores na coxa direita.
  • 09’30”- Francisco Everton derrubado na lateral da área, pela esquerda. Falta perigosa. Souza conbra, bola passa por cima do travessão.
  • 10 – Wesley passa a Eron, Wallyson interfere na jogada chutando a bola pra lateral.
  • 11 – Diego Giareta derruba Souza, que cobra mal a falta facilitando rebatida da defesa.
  • 12 – Tratamento! Montillo começa tratamento com aplicação de gelo na coxa esquerda, ainda no banco de reservas.
  • 13 – Milagre! Wesley entra sem marcação na área celeste, Fábio sai doa rco e defende aos pés do meia goiano.
  • 14 – Posse de bola: AtléticoGO, 65%.
  • 15 – Limpeza da zona do agrião! Rafael Donato dá um bico pro alto. Bola volta pra area, Thiago Carvalho dá um bico pra frente.
  • 16 – Amarelo! Thiago Carvalho dá rasteira em Wesley na entrada da área.
  • 17 – Perigo! Mário cobra, bola desvia em Charles, na barreira, engana Fábio, mas sai a escanteio.
  • 18 – Diogo Campos cobra escanteio pela direita, Fábio sai pra cortar, mas é Rafael Donato quem cabeceia pra fora da área.
  • 19 – Patric faz jogada pela esuqerda, cruza, bola é cortad da por Thiago Carvalho, resvala no atacante. Tiro de meta.
  • 20 – Torcida celeste canta alto no Serra Dourada. Cruzeiro ataca pela esquerda.
  • 21 – Sandro Silva, no meio de campo, dá um bico. Bola fica com Márcio
  • 22 – Charles puxa contra-ataque, passa a Wallyson que cruza mal. Márcio defende sem problemas.
  • 23 – Lá vem o Rei! WP recebe ordens de Roth pra segurar a bola.
  • 24 – Troca! Borges por Wellington Paulista.
  • 24’30”- Pênalti! Tinga dribla um marcador, entra na área e é empurrado por Dodó. Claríssimo.
  • 25 – Gol! WP dá aqueles três pulinhos de praxe e chuta rasteiro no canto esquerdo. Márcio pula pro outro lado. Cruzeiro 2×0.
  • 26 – Magoado? Wellington Paulista não comemora o gol.
  • 27 – Gustavo recua mal e obriga Márcio a driblar Wellington Paulista pra evitar a queda de sua meta.
  • 28 – Boa sobre a área celeste, Thiago Carvalho corta.
  • 29 – Putaquiupariu! Felipe vem aí!
  • 29’30” – Troca! Diogo Campos por Felipe.
  • 30 – Wallyson recebe passe de Souza, mas está impedido.
  • 31 – Eron cruza da esquerda, Rafael Donato limpa área celeste com um chutão.
  • 32 – Dodó cobra falta, Fábio sai, disputa bola com Gustavo e cede escanteio.
  • 32’30”- Fábio reclama: “Porra, que regra é essa que jogador pode empurrar o goleiro?”
  • 33 – Brinca, não, Garoto! WP toca de calcanhar pra Souza, que cruza. Bela jogada, mas Wallyson conclui mal e Márcio defende.
  • 34 – Cruzeiro toca bola no meio de campo.
  • 35 – De placa, meu Rei? Wallyson tola pra Wellington Paulista, que ajeita a bola e cobre Márcio. Mas a bola passa por cima do travessão.
  • 36 – Diego Renan recebe instruções de Celso Roth.
  • 37 – Troca! Francisco Everton por Diego Renan.
  • 38 – Gustavo chuta forte, de fora da área, Fábio encaixa com firmeza.
  • 39 – Wesley enfileira na entrada da área celeste, mas a defesa espana.
  • 40 – Boca de bode! Dragão toca bola de um lado para outro, Cruzeiro fechadim, não permite o arremate.
  • 41 – WP é desarmado dentro da área rubronegra. Contra-ataque desfeito por Thiago Carvalho.
  • 42 – Esporro! Fábio tá xingando há meia hora sua defesa.
  • 43 – Bagunça na área celeste. Thiago Carvalho corta.
  • 43’30”- Dodó solta uma bomba da entrada da área celeste. Bola desvia em Sandro Silva, mas não engana Fábio, que a defende com firmeza.
  • 44 – Máfia Azul Brasília faz festa no Serra Dourada. Assim, pode torcer, galera!
  • 45 – Pô, era pra liquidar! Diego Renan desce pela esquerda e serve WP, que fura, mas recupera a bola e pass a Souza, que chuta por cima do travessão.
  • 46 – Felipe passa o rodo em Charles na entrada da área goiana.
  • 47 – Beleza! Souza cobra no ângulo esquerdo, Márcio faz ponte e cede escanteio.
  • 48 – Fim de jogo! Cruzeiro sobe para o 6º lugar, mas pode perder a posição se o Botafogo vencer o Sport nesta quinta-feira.
  • Números do jogo: Posse de bola: AtléticoGO, 58%. Desarmes: Cruzeiro 20×11. Escanteios: AtléticoGO 11×3. Faltas: Cruzeiro 20×10. Finalizações: Cruzeiro 12×11. Impedimentos: Cruzeiro 4×0. Passes errados: AtléticoGO 24×20.
  • Borges: “A gente veio de uma grande partida no final de semana. Hoje, foi pra afirmar que a gente vem forte no 2º turno, pois pegamos um time que vinha há 5 jogos sem perder.”
  • Felipe: “A gente vinha sem perder há 5 jogos. Perdemos em um jogo importante, em casa, agora temos que procurar acertar e melhorar.”

Vídeos

Melhores Momentos

Atuações

  • Fábio – Seguro em todas as bolas jogadas sobre a área celeste. Como bonus track, fez um milagre. E passou boa parte do 2º tempo dando esporro na defesa e na arbitragem. Estava ligadão, que nem exigem os termocéfalos. (Síndico) /// Com a segurança de sempre, nosso goleiro amedronta os atacantes quando fica cara a cara com eles. Boas saídas de gol, encaixes firmes na bola e um susto no goleiro Márcio ao acertar o canto no pênalti. (Elias Tate)
  • Leo Simões - Um dos três melhores do jogo. Jogou bem como ala, como defensor do lado da área e como zagueiro nas bolas aéreas. E ainda participou do primeiro gol, colocando-se bem na área adversária. Tem sido o mais regular defensor do Cruzeiro em 2012. (Rosan Amaral)
  • Thiago Carvalho - Discreto, como deve ser um bom zagueiro. Foi preciso nos cortes e antecipações, evitando ao máximo inventar quando estava com a bola. Pra mim, já é titular. (Matheus Chaves)
  • Rafael Donato – Um dos três melhores da partida. Só errou uma bola que o cobriu, na lateral-esquerda, no fim do 2º tempo. Ganhou todas jogadas aéreas e chegou a se dar ao luxo de chutar algumas pra corner, pois, pelo alto, estava fácil pra ele. Ganha confiança a cada partida. (Rosan Amaral)
  • Francisco Everton – Se tocou que para ter um lugarzinho no time titular tem que jogar na lateral esquerda, daí o caminho da meia pra lateral. Marcou bem, apoiou bem. A continuar assim, ganha a vaga e resolve de vez o problema no setor. (Naldo Morato)
  • Diego Renan - Jogou pouco tempo e de forma conservadora, atento à marcação, como exigaim as circunstâncias. (Síndico)
  • Charles – Jogou quase todo o tempo na contenção. Somente no fim, arriscou algumas saídas e chegou a sofrer uma falta perigosa na entrada da área goiana. (Síndico)
  • Sandro Silva – Foi volante de contenção. Não comprometeu, mas também não foi melhor do que Lucas Silva. (Síndico)
  • Tinga – Um dos três melhores da partida. Reduziu espaços, robou bolas, puxou contra-ataques, cadenciou quando foi preciso. Não teve altos e baixos, o que impressiona pela sua idade. (Rosan Amaral)
  • Montillo – O maior talento em campo. Mesmo cansado e com dores na perna era o único a surpreender com jogadas desafiadoras. (Síndico)
  • Souza – Botou a bola no chão, esmerou-se nos passes, chutou a a gol (ainda que sem direção), tarnquilizou a galera quanto à possibilidade de vir a substituir Montillo. (Síndico) /// Substituiu o insubstituível Montillo. Ou pelo menos tentou. Começou meio tímido, pegou força e mandou bem criando pelo menos três lances de real perigo, além de cobrar uma falta com muito perigo. Tomara que esse empenho não seja fogo de palha. Precisamos de um substituto com características diferentes do nosso craque pra quando o bicho pegar. (Elias Tate)
  • Wallyson – Razoável nas jogadas de ponta, aplicado como marcador do lateral atleticano. Sem ser brilhante, foi útil. (Matheus Penido) Incansável, procurou superar a má fase técnica com disposição. Parece ter acordado. Tentando ajudar a defesa. cometeu pênalti em Eron, mas também puxou contra-ataques, fez jogadas de linha de fundo e finalizou. Se não brilhou, também não deixou de lutar, aparecendo nos quatro cantos do gramado. (Naldo Morato)
  • Borges – Marcou um gol de nove-nove e tentou incomodar a bequeira nas saídas de bola, o que não é seu forte. (Síndico) /// Que bom ter um 9, 9! Que saudade de ter ESSE cara, que faz gol, que tem faro. Êh Borges, se vc estivesse aqui há mais tempo… (Mariana Resende) /// Não dá tanto trabalho aos zagueiros como o WP, mas é aquele tipo de atacante oportunista que transforma uma jogada meio morta, sem maiores elaborações, num gol. Mais do que isso não dá pra esperar dele. (Matheus Penido)
  • Wellington Paulista - Entrou e foi logo fazendo mais um “lindo gol de pênalti”. Movimentou-se bem no ataque, voltou pra defender, deu bons passes, chutou a gol e, de quebra, mandou de presente pro Walterson Paulista, seu irmão gêmeo do Recife, uma preciosa furada dentro da área. Ah, sim, fez um ar blasée de partir o coração da Mariana na anticomemoração do gol. (Síndico)
  • Celso Roth – Construiu uma muralha no fazendão do Serra Dourada. Foram 4 defensores de carteirinha, Wallyson como marcador do lateral-esquerdo apoiador, dois volantes de contenção, Sandro e Charles, um de ocasião, Tinga, e, eventualmente, Montillo e Borges atrapalhando a saída de bola do Dragão, que chegou a ter 69% de posse de bola, mas só criou uma chance quando a bela Back permitiu um ataque em impedimento. Cau-te-la, teu nome foi Roth! (Síndico) // Voltou com a tática que deu certo nas primeiras rodadas. Até o jogo contra o Vasco o Cruzeiro jogou assim e sua defesa foi bem firme. A partir do jogo do Figueira, achou que poderia encarar qualquer adversário de frente e o time caiu bastante, inclusive nos jogos em casa. Só gostaria de saber qual a justificativa pra não escalar Lucas Silva. (Rogério Potencial)
  • Torcida – Compareceu e cantou calando a pequena e silenciosa torcida local. (Síndico) /// A Máfia Azul e Goiânia, a de Brasília e muitos fanáticos estiveram presentes e cantaram o jogo todo. No final, deram lindo show comemorando ao lado dos “amendoins” (ala mais discreta da torcida). Foi um lindo espetáculo, difícil de ser esquecido. É sempre bom ir ao estádio ver o nosso time vencer. (Fernando Henrique)
  • Juiz & Bandeiras – Só me lembro de um erro cometido pela charmosa Neusa Inês Back, que Fábio consertou com um milagre, ao defender aos pés do jogador impedido. (Síndico)
  • Cruzeiro – Deixou a bola com o Dragão e se preocupou em cercar. Deu certo porque os adversários não tinham noção do que fazer com a bola quando estavam com sua posse. (Cruzeiro)
  • AtléticoGO – Em determinado momento da partida, chegou a ter 69% de posse de bola. Se tivesse melhores jogadores, o Cruzeiro estaria frito. O volante Dodó, onipresente, foi o melhor do time. Márcio perdeu pênalti, mas salvou um gol certo de Wallyson. Diogo Campos e Eron foram laterais ofensivos, que perderam tempo com suas arrancadas, pois não havia quem aproveitasse seus cruzamentos. (Síndico)
  • Globo - Transmissão padrão. Boa técnica, ótima imagem, narradores, comentaristas e repórteres contidos. (Síndico)
  • Morrinhão - A Globo tenta ajudar fechando a imagem nos grupinhos de torcedores, mas não adianta. O público é sempre pequeno. O Dragão vinha de 5 partidas sem derrota e o Raposão de um resultado heróico no clássico, mas nem isto adiantou. O Cruzeiro não jogaria pra 2,6 mil testemunhas nem em Coronel Fabriciano contra o Social. E o de ontem nem foi o pior público do torneio. Paro por aqui, antes que portadores de TOC venham dizer que eu também sofro do tal transtorno. (Síndico)

O que foi dito

  • Blog Guerreiro dos Gramados: Não foi aquela exibição de encher os olhos, mas o Cruzeiro foi eficiente nesta quarta-feira e venceu o Atlético-GO por 2 a 0, iniciando o segundo turno com o pé direito. A Raposa começou a partida estudando o adversário, que apesar de estar na zona de rebaixamento não perdia há cinco jogos, e pouco criou na primeira etapa. Com Sandro Silva e Charles de volta ao meio-campo, a equipe sentia a falta de entrosamento e tinha dificuldades em criar boas jogadas, mas também não via o adversário com capacidade de incomodar o seu setor defensivo. A medida que o tempo passou, porém, o Cruzeiro se soltou em campo e passou a chegar próximo ao gol de Márcio. E foi em um momento de pressão que Borges, após desvio de Léo em cobrança de escanteio de Montillo, girou com a bola dominada e finalizou para abrir o placar aos 28 minutos do primeiro tempo. O gol celeste obrigou o Atlético-GO a buscar o ataque e o Cruzeiro reduziu o ritmo. Aproveitando o recuo do time celeste, o Dragão começou a pressionar e teve uma ótima chance aos 41 minutos quando Wallyson cometeu penalti em Eron. Na cobrança, porém, o goleiro Márcio mandou direto para fora e desperdiçou a melhor chance da equipe goiana no jogo. A segunda etapa começou da mesma forma que terminou a primeira. Com o Atlético-GO buscando o ataque e o Cruzeiro se defendendo. A pressão goiana incomodava e a defesa celeste oferecia espaços, mas faltava qualidade ao Dragão para empatar ao passo que ótimos espaços de contra-ataque eram oferecidos ao time celeste que não sabia aproveitá-los. Aos 24 minutos, Tinga desarmou Gustavo e invadiu a área, sendo derrubado por Dodó. Penalti que Wellington Paulista, que havia entrado um minuto antes e nem colocado o pé na bola ainda, bateu e converteu dando números finais ao placar. Com a ampliação da vantagem, o Atlético-GO partiu para o abafa no desespero e o Cruzeiro teve inúmeras chances de ampliar no contra-ataque. No entanto, Souza, Wellington Paulista e Wallyson, só para mencionar as situações mais claras, desperdiçaram, mas não faria falta. A vitória já estava garantida e ao apito final só coube ao torcedor cruzeirense comemorar a vitória e a diminuição da distância para o G-4 de 7 para 4 pontos.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas
  • PPV