América-TO 1x2 Cruzeiro - 26/02/2011

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 4x0 Escudo Guarani-PAR.png Gol aos do Escudo Tolima.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Betim.png Gol aos do Escudo Tupi.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Arena do Dragão
← Primeira ficha Gol aos do Última ficha →
Contra América-TO
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo América-TO.png Gol aos do Escudo América-TO.png 1x8 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo América-TO.png
1 × 2
Escudo Cruzeiro.png



Informações

Data: 26 de fevereiro de 2011 às 16:00
Local: Teofilo Otoni, MG
Estádio: Arena do Dragão


Público e Renda

Público pagante: 5.000
Público Presente: Não disponível
Renda: R$ 111.350,00 R$ 111.350 <br />Cr$ 111.350 <br />NCr$ 111.350 <br />Cz$ 111.350 <br />NCz$ 111.350 <br /> (preço médio: R$ 22,27 )


Escalações

América-TO
  1. Fábio Noronha
  2. Osvaldir Cartão amarelo recebido aos 1  (2T) 1'  (2T)  
  3. Luis Henrique Cartão amarelo recebido aos
  4. Jadson
14. Junior Pereira Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 86. Chrys Substituição realizada de jogo ( 44. Rodrigo Sena ) )
27. Luizinho Cartão amarelo recebido aos 24  (1T) 24'  (1T)  
  8. Felipe Dias
16. Bruno Barros Cartão amarelo recebido aos aos 47 do  (2T) 47'  (2T)
  9. Rogério Ávila
10. Wellington Bruno Cartão vermelho recebido aos 15  (2) 15'  (2)  
11. Jonatas Obina Gol aos 12 do  (2T) 12'  (2T)
Técnico: Gilmar Estevam

Cruzeiro
  1.  Fábio
  2.  Pablo Cartão amarelo recebido aos  (1)
  3.  Gil Cartão amarelo recebido aos  (1)
  4.  Victorino Cartão amarelo recebido aos  (1)
  5.  Marquinhos Paraná
  6.  Diego RenanSimbolo jogador base.png Substituição realizada de jogo ( 18. Farías )
  7.  Roger Substituição realizada de jogo ( 14. Everton )
  8.  Henrique
  9.  Wellington Paulista Substituição realizada 12' (2T) de jogo 12' (2T) ( 17. Thiago Ribeiro )
10.  Montillo Cartão amarelo recebido aos  (1)
11.  Wallyson  Gol aos 42 do  (1T) 42'  (1T)
Técnico: Cuca


Reservas que não entraram na partida


Pré-Jogo[editar]

Em 3º lugar com 9 pontos, o Cruzeiro pode chegar à vice-liderança em caso de vitória. Se perder, pode ficar fora do G4.

Cuca anuncia força máxima. Quem acredita nisto?

Em 6º lugar com 6 pontos, o Dragão do Corcovado pode chegar ao G4 se vencer. Ou continuar na metade da tabela, se empatar ou perder.

O volante Ewerton Araújo, suspenso, será o único desfalque dos rubros do Vale do Mucuri.

Os 5 mil ingressos estão esgotados.

Lance a lance[editar]

Primeiro Tempo[editar]

  • 16h05 – Começa o jogo. Cruzeiro com uniforme tradicional, está à direita das cabines de rádio. América, com uma camisa branca repleta de fotos de torcedores em vermelho, calções e meias brancas.
  • 00 – Festa! Estádio lotado. Cruzeiro tem metade da torcida. Banco de reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Leo Simões, Leandro Guerreiro, Francisco Everton, Dudu, Thiago Ribeiro e Ernesto Farias.
  • 00 – Comprando o time! São 320 a as fotos dos torcedores do Dragão estampadas na camisa americana. Cada um pagou R$500 pela estampa.
  • 01 – Wallyson cruza no 1º poste. Osvaldir corta de cabeça.
  • 02 – Gil comete falta em Wellington Bruno, no meio de campo.
  • 03 – Jonatas Obina recebe lançamento, mas está impedido.
  • 04 – Montillo cruza da esquerda pra Henrique. O arremate é forte, mas a bola sai à esquerda de Fábio Noronha.
  • 05 – Henrique desarma Wellington Bruno. Escanteio.
  • 06 – Diego Renan chuta de fora da área, pra fora.
  • 07 – Capeta na área! WP passa a Montillo que, na meia lua, ajeita de calcanhar pro Capeta Victorino. O chute sai rasteiro, de canhota. Fábio Noronha salva gol certo. No rebote, Montillo chuta em cima da bequeira e a bola escapa pela linha de fundo.
  • 09 - Bruno Barros cobra falta lateral, Jadson sobe mais que Victorino, desvia a bola de cabeça e assusta Fábio.
  • 10 Com uma cabeçada, Gil corta lançamento para o ataque americano.
  • 11 - Fominha! Wallyson desce pela direita, mas não cruza e sai com a bola pela linha de fundo.
  • 12 – WP é desarmado e fica caído no meio de campo.
  • 13 – Henrique é derrubado por Osvaldir na lateral esquerda do Cruzeiro.
  • 14 – Wellington Paulista leva tranco de Luizinho n entrada da área. Juiz manda seguir o jogo. Ele recupera a bola e serve Diego Renan, que é desarmado dentro da área pela bequeira rubra.
  • 15 - Henrique recebe pressão de Felipe Dias e entrega a bola pra Victorino.
  • 16 - Wellington Paulista domina na meia direita, ganha espaço e finaliza cruzado. A bola passa rente ao arco americano.
  • 17 – Pablo cruza alto, Fábio Noronha fica coma bola.
  • 18 - Amarelo! Yellowgil comete falta em Jonatas Obina.
  • 19 – Montillo entra na área e cruza. Luiz Henrique corta.
  • 20 - Finalizações: Cruzeiro 4×2.
  • 21 – Victorino desarma Rogério Ávila e chuta bola pra lateral.
  • 22 – Montillo tabela com Roger galer que, da esquerda, cruza pra fora.
  • 23 - Na bola do tornozelo! Luizinho chega atrasado em jogada e acerta Marquinhos Paraná, que fica caído sentindo dores no tornoezelo. Alberto Rodrigues diz que ele deveria ter ficado em Beagá, pois tem 34 anos e precisa ser poupado.
  • 24 - Amarelo! Luizinho recebe cartão pela falta em Marquinhos Paraná. América faz a bola girar no ataque, mas não encontra brechas.
  • 25 – Pablo desarma Felipe Dias, mas erra o lançamento pra Wallyson.
  • 26 – Offside! Jonatas Obina recebe lançamento, mas está impedido. Impedimentos: América 2×1.
  • 27 – Diego Renan sobre com Rogério, leva cotovelada e sai de campo sangrando.
  • 28 – Montillo lança WP, que cruza. Bola passa por trás do arco americano.
  • 29 – Diego Renan volta a campo com uma atadura protegendo o supercílio.
  • 30 – América ataca pela direita. Diego Renan desarma Rogério Ávila.
  • 31 – Wellington Bruno faz carnaval na defesa celeste, mas é desarmado por Marquinhos Paraná.
  • 32 – Jonatas Obina dribla Victorino, mas é desarmado por Gil.
  • 33 – WP leva uma rasteira de Osvaldir.
  • 29 - Caneta! Luiz Henrique rola a bola entre as pernas de Roger Galera. Torcida do América vibra.
  • 30 – Osvaldir acerta o cotovelo em Diego Renan, que sai de campo com um corte no supercílio.
  • 33 – Diego Renan volta a campo.
  • 34 – Boa vontade! Luiz Henrique desce ao ataque, dispara pela ponta direita e recebe falta de Diego Renan. Juiz economiza o amarelo.
  • 35 – Falta cobrada sobre a área, Wallyson vence Jadson pelo alto e cabeceia afastando o perigo.
  • 36 - Wellington Bruno perde a bola no meio de campo, Victorino joga a gorducha pela lateral.
  • 38 – Wallyson avança, tem a camisa puxada por Bruno, mas lança WP. Juiz marca a falta.
  • 39 – MP lança Montillo, Jadson corta pra lateral.
  • 40 – Wallyson cruza, Roger Galera tenta de calcanhar e erra.
  • 40 - Em jogada ensaiada de falta, Wellington Paulista erra e irrita o técnico Cuca!
  • 41 - Pastelão! Pablo recua mal, Fábio espana, bola acerta Wellington Paulista e Gil salva o gol.
  • 42 – Fogo amigo! Victorino atropela Marquinhos Paraná, que sai na maca. Leandro Guerreiro no aquecimento.
  • 42 - Gol! Montillo domina no meio campo e lança Wallyson que, dentro da área, arremata. Bola acerta em Jadson, volta para o atacante que chuta de novo. Fábio Noronha salva, mas dá rebote e o atacante celeste não perdoa. Cruzeiro 1×0.
  • 43 – Wallyson dispara pela direita, mas é desarmado por Jadson dentro da área.
  • 44 – Amarelo! Luiz Henrique recebe lençol de Wellington Paulista e dá um pescoção no centroavante.
  • 44 – Marquinhos Paraná volta a campo.
  • 45 - Outra pancada de Luiz Henrique em WP. Juiz economiza o cartão, que resultaria numa expulsão. Faltas cometidas: Cruzeiro 12×9.
  • 46 – Wigan perde! Jogo equilibrado. O gramado é superior ao do Wigan, onde o ManU jogou hoje. Tanto é bom, que a bola rolou permitindo vários momentos do mais legítimo lesco-lesco. A cancha do Corcovado tem 107m x70m. Maior que a do Olímpico.
  • 47 – Fim de 1º tempo.
  • Wellington Paulista: O gramado tá duro, a bola não pára quieta, o sol tá forte, não fiz, mas participei do lance do gol.
  • Júnior Pereira – O professor vai nos orientar no vestiário e vamos voltar pra empatar.
  • Wallyson: Tá fazendo muito calor, deve estar uns 40º, mas quem quer ser campeão tem de passar por cima disto tudo.

Segundo Tempo[editar]

  • 17h07 – Times em campo. Torcida do Cruzeiro, de Jacinto, aparece na telinha fazendo festa.
  • 17h10 – Zeroitocentos! Muros, lajes e morro da pitimba em volta do estádio estão lotados.
  • 17h11 – Começa o 2º tempo.
  • 00 - Troca! Júnior Pereira por Chrys.
  • 01 – Amarelo! Osvaldir fala demais no ouvido de Sua Senhoria e recebe advertência.
  • 02 – Rogério chuta chocho, Fábio defende.
  • 03 – Amarelo! Pablo dá uma banda em Luizinho, recebe o 3º amarelo e está fora da próxima rodada.
  • 04 – Gil desarma Rogério e recebe falta. Victorino cobra, WP recebe e é derrubado por Luiz Henrique.
  • 05 – Montillo tenta lançar Henrique, mas a bola fica com a bequeira do Dragão.
  • 06 – Wellington Paulista se atrapalha com a bola, erra o passe no ataque, Fábio Noronha abraça a gorduchinha.
  • 07 – Diego Renan faz boa jogada pelo meio e passa a WP, que cai. Osvaldir corta.
  • 08 – Wellington Paulista recebe belo passe de Diego Renan e chuta de bico, Fábio Noronha defende com dificuldade.
  • 09 – Jonatas Obina derruba Pablo.
  • 10 – Pênalti não marcado! WP entra em velocidade na área e recebe um carrinho de Luiz Henrique. Pênalti, que o juiz, distante do lance, não viu, nem a TV mostrou, mas uma câmera atrás do arco denunciou.
  • 11- Osvaldir cruza pela direita, Fábio defende pelo alto.
  • 10 – Diego Renan faz linda jogada pelo meio e rola na área pra Wellington Paulista, que demora pra finalizar a é travado.
  • 11 – Offside! Jonatas Obina recebe lançamento, mas está impedido. Impedimentos: América 4×1.
  • 12 – Na meia lua, Wellington Paulista chuta forte, Fábio Noronha espalma pra longe. Cuca chama Tiago Ribeiro.
  • 13 - Gol! Jonatas Obina recebe lançamento nas costas da bequeira celeste e toca pra rede na sa[ida de Fábio. América-TO 1×1.
  • 15 – Troca! Wellington Paulista por Thiago Ribeiro.
  • 15 – Vermelho! Wellington Bruno entra com força excessiva sobre Montillo e recebe cartão vermelho de cara.
  • 16 – Roger Galera cobra falta, bola acerta a barreira. Defesa americana espana
  • 17 – Maldade! Walterson Almeida, irritado com Wellington Paulista: “Agora, ficou 10 mcontra 10!”
  • 18 – Fábio sobe mais que Jadson e defende cobrança escanteio pelo alto.
  • 19 – MP cruza, Wallyson cai na áre e não consegue arrematar.
  • 20 – Troca! Diego Renan por Ernesto Farías.
  • 21 – Fábio Noronha cai e faz cera.
  • 22 – Torcida do Dragão faz festa no Corcovado.
  • 23 – Rogério Ávila dribla Victorino, na entrada da área, e chuta forte, pra fora.
  • 24 – Thiago Ribeiro chuta rasteiro e forte, da entrada da área. Fábio Noronha defende.
  • 25 – Pablo derruba Jonatas Obina. Bruno Barros cobra, Gil corta de cabeça.
  • 26 – Troca! Chrys por Rodrigo Sena.
  • 27 – Wallyson dispara pela direita e cruza, procurando Thiago Ribeiro, mas a bola toma rumo incerto e indefinido.
  • 28 – Roger Galera cruza da esquerda, Wallyson comete falta em Jadson, dentro da área.
  • 29 – Defesa cinematográfica! Marquinhos Paraná recebe passe de Thiago Ribeiro e solta uma bomba de fora da área. Fábio Noronha voa e espalma pra escanteio.
  • 30 – Ernesto Farias invade a área e choca-se com Fábio Noronha, que fica caído.
  • 31 – Finalizações: Cruzeiro 12×7.
  • 32 – Jonatas Obina disputa com defesa celeste e consegue um escanteio.
  • 33 - Milagre! Roger Galera cruza, Montillo ajeita de cabeça, Farías arremata cara a cara e Noronha salva gol certo em cima da risca com um salto felino.
  • 34 – Amarelo! Thiago Ribeiro cruza, Osvaldir corta. No contra-ataque, Jonatas Obina é derrubado por Victorino na entrada da área e recebe amarelos.
  • 35 - Troca! Roger Galera por Francisco Everton.
  • 36 – Juiz de Embaixada! – Bola cruzada na área celeste, Obina cabeceia, Fábio salva o gol, Rogério fica com o rebote e toca pra rede. Bandeira marca impedimento de Rogério. Errado!
  • 37 – Sensato coração! Douglas Sorocaba: “O gol do Tió foi legal, nem com muito fanatismo dava para ter anulado. Erros de impedimento, como eu sempre digo, são os mais perdoáveis de qualquer arbitragem. E a bola do Farías parece não ter entrado totalmente. Placar justo: 2×2.”
  • 38 – Cruzeiro gir bola no campo de ataque. Montillo passa a Wallyson que cruza da direita, diretamente pela linha de fundo.
  • 39 – Com um a menos, América pressiona. Bruno Barros ataca pela esquerda, é cercado por três cruzeirenses e desarmado.
  • 40 – Gil comete falta em Rogério. Faltas cometidas: Cruzeiro 24×19.
  • 41 – Luiz Henrique passa por dois cruzeirenses, mas é desarmado por Victorino na entrada da área.
  • 42 – Montillo rola pra Francisco Everton, que dá um chutão. Bola passa por cima do travessão.
  • 43 – Montillo cruza da direita, Jadson corta de cabeça.
  • 44 – Caixa de isopor! Pablo desce pela direita, mas cruza bola em cima de Wallyson, que não consegue dominar o esquisito objeto desgovernado.
  • 45 - Montillo tenta cruzar, mas a bola voa pra longe, muito longe do arco do Dragão.
  • 46 – Montillo escorrega na área, juiz acha que houve simulação e amarela o argentino.
  • 47 – Gol! Marquinhos Paraná passa a Thiago Ribeiro, que entrega a Francisco Everton, O volante vai à linha de fundo e cruza da esquerda, Rodrigo Sena corta mal, comete autogol. Se não errasse, Farias, que estava atrás dele meteria a bola no barbante, com certeza. Se servir de consolo… Cruzeiro 2×1.
  • 48 - Troca! Jonatas Obina por Diogo Alves.
  • 49 – Aleluia! Fim de jogo. Cuca vibra no banco.
  • Roger Galera: A cobrança é muito grande. O América estava muito perto, era uma ameaça, mas os 3 pontos vão nos fazer passar para o 2º lugar. Vamos viajar tranquilos.
  • Gil: O campo não estava aquilo tudo, mas conseguimos vencer.
  • Thiago Ribeiro: Todos jogam com vontade erxtra contra o Cruzeiro. Por isto a motivação tem de estar lá em cima. Nome e camisa não ganham jogo. Hoje, jogamos como se fosse Libertadores. Se o zagueiro não marca contra, outro jogador nosso, que estava atrás dele, marcaria. De qualquer jeito, o gol sairia.
  • A Arte da Guerra! Ernesto Araújo: “No final deu certo a estratégia do Cuca de submeter o time titular a um ambiente difícil. Acho que estaremos melhor preparados pra jogar contra o Deportes Tolima depois da partida de hoje.”

Vídeos[editar]

Melhores momentos. Globoesportes.com

Atuações[editar]

  • Fábio – Só fez o possível. Pouco pro melhor goleiro do Brasil. Deveria ter defendido pelo menos um dos dois gols do América. (Pedro Angrisano) / Trabalhou pouco, mas sempre corretamente. Em especial, nas bolas altas. (Síndico)
  • Pablo – Mais ou menos. Só. (Pedro Angrisano) Mais pra mais do que pra menos. (Síndico)
  • Victorino – O homem de US$2 milhões é quase tão bom quanto o Leo Simões. Jogador mais ou menos. Do nível dos que aqui já estavam. Posiciona-se muito mal pra cobrir os companheiros. (Pedro Angrisano) / Travou duelo equilibrado com os bons atacantes rubros. Vemceu e perdeu jogadas como sói acontecer sempre que avantes e beques se encontram em canchas de futebol. (Síndico)
  • Gil – Já está cansando. Todo jogo leva amarelo. E é sempre do mesmo jeito: brigando de pernada e braçada com adversários no meio do campo. (Pedro Angrisano) / Boa atuação. Só precisa parar de perder a paciência nas disputas atropelar os adversários. (Síndico)
  • Diego Renan – Melhor que o Pablo no ataque, pior que o Pablo na defesa. Mais ou menos também. (Pedro Angrisano) / Bom no ataque, razoável na defesa. (Síndico)
  • Marquinhos Paraná – O melhor do time. Mais um passe preciso. Pena que o Wally não aproveitou. (Pedro Angrisano) / Perfeito. Outra aula de futebol. (Síndico)
  • Henrique – Está mal em 2011. Produzindo muito pouco pra quem foi o melhor do time em 2010. (Pedro Angrisano) Mesmo sem brilhar, foi útil. Bom no desarme e, quando o campo se abriu, apareceu no ataque. (Síndico)
  • Roger Galera – Fora, linguarudo! Não jogou nada, nem hoje, nem contra o Guarani. O tão criticado Gilberto colocou pelo menos um companheiro na cara do gol em seus jogos. Esse carioca bocudo não joga nada e fala mais do que deveria. (Pedro Angrisano) / Pouco criativo. (Síndico)
  • Montillo – Jogou nos últimos 15 minutos de cada tempo. No resto do tempo, fingiu que não era com ele. (Pedro Angrisano) / Tirante um chute descalibrado no final, participou com entusiasmo e eficiência das jogadas ofensivas. (Síndico)
  • Wallyson – Fez o gol e mais nada. (Pedro Angrisano) Fez outro gol. Se a bandeira for sempre um gol, tá danado de bão. (Síndico)
  • Wellington Paulista – Passou dos limites. Erra tudo. Enche o saco do juiz. Faz a fama do goleiro adversário. (Pedro Angrisano) / Lutou muito e encaixou um passe e dois chutes bacanas, (Síndico)
  • Thiago Ribeiro – Não jogou nada. Perdeu a chance de botar dúvida na cabeça do Cuca num jogo em que seu oponente foi mal. (Pedro Angrisano) / Boa atuação com passes interessantes e um belo chute. (Síndico)
  • Ernesto Farias – Fez aquilo que eu espero dele: Nada! Nem a tal pré-temporada fez diferença pra ele. É ruim de bola. Só isto, nada mais. (Pedro Angrisano) O negócio dele é finalizar. Quando acertou uma, Fábio Noronha, que deve ser peixe do WP, salvou. Fazer o quê? (Síndico)
  • Francisco Everton – Fez a jogada do gol, mas não me engana. Recuperado de contusão seria um bom nome pra reforçar o Grêmio. (Pedro Angrisano) / Em cima da hora, fez uma grande jogada, que valeu dois pontos. (Síndico)
  • Cuca – Essa insistência com o WP é danosa pro Cruzeiro. Continuo na campanha Fora. Cuca! (Pedro Angrisano) / Time certinho, substituições eficazes No final comemorou tanto que, se houvesse placa por perto, certamente, teria aplicado voadora nela. (Síndico)
  • Torcida – Dividiu as arquibancadas com a torcida local e fez muita festa. Merece outras visitas do Mais Querido de Minas. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – O juiz foi razoável. Exagerou em alguns cartões. Ensinou alguns jogadores do Cruzeiro que cair e segurar a bola com a mão é falta pro adversário. O segundo bandeira tirou a vitória do América anulando um gol legítimo. (Pedro Angrisano)
  • América-TO - Fábio Noronha foi o verdadeiro Fábio em campo. Melhor jogador da partida. Jonatas Obina poderia assumir a cemtroavância do Cruzeiro. Pior do que está, ela não ficaria, (Pedro Angrisano) / Há 3 anos dirigindo o time, Gilmar Estevam mostrou serviço num teste difícil. Não fosse pela expulsão de seu jogador mais talentoso e a grande jogada de Francisco Everton, no ocaso da peleja, teria empatado com méritos. Luiz Henrique é um xerifão, os atacantes são fortes e ágeis e o meio de campo marca bem e arma com inteligência. Bom time! (Síndico)

O que foi dito[editar]

  • Cuca, treinador do Cruzeiro: Fomos briosos, lutamos até o último minuto, com o adversário fechado pra não tomar gol e um a menos. Nós só tínhamos o flanco pras jogadas e, graças a Deus, no último minutoo, saiu uma jogada pelo flanco e fizemos o gol de um vitória muito difícil, valorizada ao máximo pelo adversário. Foi um bom resultado, principalmente pelas circunstâncias do jogo, a começar pelo adversário, que se preparou para a partida, fez o jogo do ano e não podia ser diferente. Eles ganharam a maioria das bolas aéreas, inclusive a que resultou no gol. Depois, teve um gol deles, em que eu estava bem na linha e foi bem anulado, pois o segundo jogador, não quem cabeceou primeiro, mas o segundo estava impedido. Tivemos outros lances polêmicos, mas nada que afetasse o resultado. É lógico que incomoda a situação do Wellington Paulista, pois ele é centroavante, e vive de gols. Então, se ele não faz, incomoda. Ele teve uma movimentação razoável, teve chances de gol, mas foi infeliz, assim como nós fomos infelizes também depois, quando perdemos uma chance incrível, debaixo do gol. Acontece!
  • Thiago Ribeiro, atacante do Cruzeiro: Todo time que joga contra o Cruzeiro, seja do interior, seja da Libertadores, vem com vontade extra. Se não me engano é a primeira vez que o Cruzeiro vem jogar em Teófilo Otoni, então imagina a vontade que eles em campo. Nossa motivação tem que estar lá em cima. Hoje em dia, camisa não ganha jogo. O que ganha é a gente mostrar dentro do campo. O Cruzeiro tem que jogar com seriedade. Hoje, mostramos a mesma motivação da Libertadores. A gente sabe que Libertadores é prioridade, mas jogamos como se fosse Libertadores, com muita vontade. O gol foi contra, mas tenho a impressão que, se o zagueiro não tenta tirar a bola, o Farías estava atrás dele pra fazer. De qualquer forma o gol ia sair. O importante foi que criamos jogadas. Perdemos duas chances claríssimas e pecamos nisso. Depois que o jogador do América foi expulso, erramos e foi esse desespero até o final, corremos perigo, mas mantivemos a calma e fizemos o gol no fim.
  • Roger Galera, meia do Cruzeiro:Foi um jogo complicadíssimo, campo pequeno, ruim, o time deles é brigador e forte fisicamente, leva vantagem em campo pequeno, que há mais choque e jogadas de contato. No lance final, conseguimos nosso objetivo. Valeu pelos três pontos. Cada passo é muito suado. Trabalhamos bastante e a cobrança é muito grande. Se a gente desse um tropeço, o América estaria mais perto da gente. Esta vitória pode nos dar uma posição a mais na competição, pois os líderes vão se enfrentar e podemos passar um deles.
  • Gil, beque do Cruzeiro: Superamos a adversidade, prevíamos um jogo difícil e foi o que aconteceu. O campo não estava em boas condições e mesmo assim vencemos. No final, veio a recompensa. Graças a Deus conseguimos fazer o gol no sufoco. Campeonato Mineiro é assim, jogo pegado e correria.
  • Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro: O campo é ruim, foi uma pressão danada, mas valeu pela vitória. Eu não estou tendo chances. Tive uma de fora da área, que o goleiro pegou. Sei que, na hora em que abrir a porteira, vai ter muito gol. Atacante vive de gols. Às vezes, passamos momentos difíceis. Estou passando por um momento difícil. Estou trabalhando pra ajudar a equipe. Consegui fazer isso no 1ºtempo, mas no 2º não. Espero voltar a fazer gol o mais rapidamente pra deslanchar.
  • Gilmar Estevam, treinador do América: Não entendo porque time pequeno não pode ganhar de time grande. Sabíamos que seria difícil, mas não havia a necessidade de prejudicar nossa equipe. Agora é trabalhar para a próxima partida. Temos que recuperar os pontos perdidos.
  • Fábio Noronha, goleiro do América: Dá até vontade de chorar, mas não vamos desanimar. Temos um grupo forte e vamos lutar pelos nossos objetivos.
  • Naldo Morato, comentarista do PHD: Foi o jogo mais difícil do Cruzeiro em 2011. Nem contra a Cocota foi tão complicado. Podem dizer que o Cruzeiro não se sente tão estimulado no Mineiro quanto na Libertadores, mas o América-TO não tem nada a ver com isto. Defendeu-se muito bem, marcou em cima, não deu espaço e saiu pra tentar vencer. Jonatas Obina deu um trabalho danado à nossa defesa e marcou o gol do empate. Poderia ter sido o resultado final e não seria injusto. O juiz anulou um gol legal do América e não marcou um pênalti sobre WP. E o Cruzeiro acabou marcando o segundo no apagar das luzes fazendo prevalecer sua maior categoria.
  • Evandro Oliveira: webmaster do PHD: A competiçào do América-TO é o Mineiro. O jogo de hoje foi o da vida deles e foi também o que pode estragar nossa vida na temporada. Eu concordaria, hipoteticamente, com a teoria do ”dar conjunto”, “entrosar o time”, “dar ritmo” e bla-bla-bla, mas somente se o América aceitasse jogar como o Tolima. Como eles não aceitariam este tipo de jogo-treino, muito pelo contrário, os riscos de contusão são maiores, os riscos de não se entrosar nada também. Vi atuação abaixo da média de Pablo, Gil e Wallyson. Vi Montillo e Wallyson fazerem finalizações desesperadas e equivocadas somente por causa do resultado. É isto que o Cuca queria? Então, tá bom!
  • Raher, comentarista do PHD: Mais um joguinho truncado e enjoado de ver. O Cruzeiro se perdeu em demasia por erros de cruzamentos e arremates. Wallyson, apesar do gol, abusou de jogadas sem conclusão. WP deu show de como estar sempre longe da bola. Thiago Ribeiro entrou com a fome de sempre chutendo mais que passando. O time fica sobrecarregado com pouca retenção de bola no ataque. WP, Wallyson, Thiago Ribeiro e Farias tiveram atuações fracas. Montillo, Roger e Henrique, cansaram de enfiar bolas e passes. Diego Renan também foi inócuo. Os demais fizeram o dever de casa sem brilhantismo.
  • João Chiabi Duarte, no PHD: Cuca sacou Diego Renan pra colocar um 3° atacante, Farias, mudando o sistema de jogo. Diego Renan não estava bem no jogo. A única jogada que fez digna de nota foi uma combinação com Wellington Paulista no início do 2° tempo. O Cruzeiro ficou com Wallyson pela direita, Thiago Ribeiro pela esquerda e Farias pelo centro. Cuca segurou os dois beques e o lateral Pablo na defesa, ficou com uma linha composta por Montillo na direita, Paraná e Henrique no centro e Roger na esquerda. Roger cansou e ele acertou ao abrir o Everton, é mais rápido e sabe recompor, pela esquerda. Cuca mudou o sistema do 4-2-2-2 para o 3-4-3 e deu certo.

Fontes[editar]

Transmissão[editar]

  • Sportv