América-MG 1x1 Cruzeiro - 08/03/2003

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Guarani-MG.png Gol aos do Escudo URT.png 0x4 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Guarani-MG.png Gol aos do Escudo URT.png 0x4 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Guarani-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 4x0 Escudo Tupi.png
Contra América-MG
Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo América-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo América-MG.png

[edit]

Escudo América-MG.png
América-MG
1 × 1 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
Campeonato Mineiro 2003
Data: 8 de março de 2003 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16:00 Estádio: Mineirão
Árbitro: Alício Pena Jr (MG) Público pagante: 12.601
Assistente 1: Público presente: 18.627
Assistente 2: Renda: R$ 112.718,00 R$ 112.718
Cr$ 112.718
NCr$ 112.718
Cz$ 112.718
NCz$ 112.718
(preço médio: R$ 8,95 )
Súmula: Não disponível
Escalações
América-MG: Cruzeiro:

1. Laílson 1. Gomes
2. Édson 2. Maurinho
3. Jean Elias Gol aos do 3. Luisão Cartão amarelo recebido aos
4. Adriano 4. Marcelo Batatais
5. Tércio Cartão amarelo recebido aos Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos 6. Wendel
6. Goiano Cartão amarelo recebido aos 7. Augusto Recife
7. Fael Cartão amarelo recebido aos 8. Paulo Miranda Cartão amarelo recebido aos Substituição realizada de jogo ( Márcio Nobre )
8. Ricardo Cartão amarelo recebido aos 5. Martinez Substituição realizada de jogo ( Jussiê )
10. Emerson Substituição realizada de jogo ( Oséias ) 10. Alex
11. Alessandro Substituição realizada de jogo ( Leonardo Cartão amarelo recebido aos ) 9. Mota Cartão amarelo recebido aos Substituição realizada de jogo ( Marcelo Ramos )
9. Fred Substituição realizada de jogo ( Luiz Henrique ) 11. Deivid Gol aos do
Técnico: Wagner Oliveira Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Reservas que não entraram na partida
América-MG: Cruzeiro:


Como foi o jogo

Primeiro tempo

"Quente", acelerado. Assim foi o início do clássico. O América, disposto a ficar com uma das vagas na Copa do Brasil do ano que vem e o Cruzeiro tentando se aproximar ainda mais da taça de campeão estadual, que dificilmente não ficará na Toca da Raposa.

O América começou explorando as jogadas de linha de fundo e conseguiu três escanteios seguidos. Aos oito minutos, Gomes soltou uma bola dentro da área, numa dividida com Fred, e por pouco não complicou o jogo para os celestes. Aos dez minutos, a primeira chance do Cruzeiro. Alex alçou a bola na área, no segundo poste, e Mota tocou de cabeça, com perigo, mas Laílson levou a melhor.

O Cruzeiro organizava a maioria das jogadas pela direita, com Maurinho. Mas outra grande chance veio pela esquerda. Mota chegou na entrada da área e soltou uma bomba, que Laílson defendeu no susto. Aos 28 minutos, Jean cobrou uma falta, a bola bateu na defesa e quase enganou Gomes. Dois minutos depois, Alex fez um carnaval na defesa americana e por pouco não entrou com a bola dentro do gol.

O América insistia pela linha de fundo. Aos 39 minutos, Jussiê tentou tirar uma bola dentro da área, levantou muito a perna e Alício Pena Júnior marcou "jogo perigoso". A cobrança, em dois toques, resultou no gol americano. Goiano apenas rolou a bola e Jean soltou um torpedo, sem chance para Gomes. Coelho 1 a 0.

O Cruzeiro não estava morto. Aos 42 minutos, Alex quase empatou, chutando forte numa cobrança de falta, defendida por Laílson. Um minuto depois, foi a vez de Jussiê "fazer fila" na defesa alviverde. Ele "costurou" a zaga e chutou com violência. Laílson, mais uma vez, salvou o América. Fim de um primeiro tempo marcado pela ótima atuação de Laílson e pela marcação competente de Fael, que anulou Alex.

Segundo tempo

O América voltou acomodado na segunda etapa e parecia "satisfeito" com o resultado. O início foi morno e o primeiro lance de perigo só aconteceu aos 15 minutos. Jussiê foi lançado e entrou sozinho na área. Laílson saiu do gol e evitou o empate celeste.

O Cruzeiro continuava "apostando" na direita, com Maurinho. Aos 20 minutos, Marcelo Ramos dominou a bola na área e Fael chegou "solando". Alício marcou "jogo perigoso" e cobrança em dois toques. Como o Coelho, a Raposa não desperdiçou a chance. Alex rolou a bola e Deivid chutou para deixar tudo igual no Mineirão 1 a 1.

O Cruzeiro queria mais e aproveitava a covardia do América, sempre recuado, para tentar ampliar. Aos 28 minutos, Wendell fez grande jogada e cruzou para área. Alex não alcançou a bola, para sorte do Coelho. Aos 36 minutos, o grito de gol da torcida azul ficou preso na garganta. Alex cobrou a falta com competência e a bola acertou a trave de Laíson. No rebote, Alex chutou de novo, mas o goleiro americano segurou mais uma.

Já nos descontos, Alex avançou pela esquerda e tocou para a área. Maurinho deu um carrinho, mas não alcançou a bola, perdendo uma chance incrível, a última da partida. Final, 1 a 1. Mesmo com o empate, o Cruzeiro segue na liderança da competição.

Imagens do jogo