Temporada 2009

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
(Redirecionado de 2009)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Nota: Este artigo é sobre a temporada do Cruzeiro no futebol. Para a do vôlei, veja: Temporadas do Vôlei

← Temporada 2008 Icone-Calendario.png Temporada 2010


Sobre a temporada[editar]

Em 2009, o torcedor cruzeirense foi do céu ao inferno em um dia. Até às 23h de 15 de julho, a torcida celeste era a mais feliz do Brasil, comemorava o gol de Henrique na final da Copa Libertadores da América e via seu time muito próximo de conquistar o tricampeonato da maior competição do continente.

Minutos depois, o Mineirão era o retrato da decepção. Chocados e aos prantos, os cruzeirenses viram o Estudiantes virar a partida e levantar o troféu em BH. Não bastasse a tragédia da derrota, os torcedores celestes tiveram que aguentar a festa na cidade, promovida por torcedores do Atlético, que comemoraram o título argentino como se fosse uma conquista deles.

No dia seguinte, o Alvinegro derrotou o São Paulo, no Mineirão lotado, e festejou a derrota cruzeirense com bandeiras e camisas do Estudiantes. Para completar o inferno cruzeirense, o Galo estava no alto da tabela do Brasileiro, e o Cruzeiro, que havia jogado a competição com time reserva até então, estava na parte de baixo.

O clube celeste chegou a ocupar a zona de rebaixamento no Brasileirão. Uma reação surpreendente tirou o time da degola e o levou para a disputa de uma vaga na Libertadores.

A reação do Cruzeiro inverteu as gozações entre torcedores em Belo Horizonte, já que o Atlético tivera uma queda brusca na reta final do Brasileirão e terminara o campeonato atrás do time da Toca da Raposa.

O feito levou a torcida celeste chamar os atleticanos de ‘flanelinhas’, por estarem guardando a vaga do Cruzeiro na Copa Libertadores da América durante todo o campeonato. Um final de ano mais tranquilo para os cruzeirenses, que conviveram com o ‘inferno’ promovido pela torcida do Galo durante quase todo o segundo semestre.

Em âmbito regional, a Raposa bateu o Galo por 5 a 0 pela segunda vez consecutiva em finais de Campeonato Mineiro e levantou o bicampeonato. A supremacia em clássicos continuaria até o fim de 2010, quando o Cruzeiro foi batido por 4 a 3, pelo segundo turno do Brasileirão. (Fonte: Superesportes)

Geral[editar]

Mando de Campo Jogos Vitórias
(aprov.)
Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo Gols Média gols Média gols
sofridos

Geral 72 41
(56,94%)
16 15 140 83 57 1,94 1,15
Mandante 36 24
(66,67%)
4 8 79 34 45 2,19 0,94
Visitante 35 17
(48,57%)
12 6 60 47 13 1,71 1,34
Amistosos 5 2
(40,00%)
0 3 9 5 4 1,80 1,00
Jogo de despedida do Sorín não foi computado nas estatísticas

Maior período de invencibilidade[editar]

  • Invícto: 19 jogos
  • Vitórias consecutivas: 8 jogos

Artilheiros[editar]

- - Jogador Gols Gol aos do
Wellington Paulista 26
Kléber 24
Ramires 11
Thiago Ribeiro 10
Leonardo Silva 8
JonathanSimbolo jogador base.png 7
Gilberto 7
Soares 6
Fabrício 4
10º Marquinhos Paraná 4
11º Henrique 4
12º EliandroSimbolo jogador base.png 3
13º Diego RenanSimbolo jogador base.png 3
14º Gerson MagrãoSimbolo jogador base.png 3
15º Wanderley dos Santos 3
16º Wagner 2
17º Guerrón 2
18º BernardoSimbolo jogador base.png 2
19º Fernandinho 2
20º Zé Carlos 2
21º Leandro Lima 1
22º Fabinho Alves 1
23º Léo Fortunato 1
24º Alessandro 1
25º Elicarlos 1
26º Jancarlos 1
- - Gols contra aos do 1
  • Simbolo jogador base.png - Jogador formado na Base

Estatísticas[editar]

- Nome Jogos
oficiais
Tit. Res. Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos Amist.
Fábio (GOL) 61 61 0 6 0 2
Marquinhos Paraná (VOL) 61 58 3 8 0 1
Henrique (VOL) 57 52 5 16 0 2
Jonathan Simbolo jogador base.png (LAT) 51 46 5 3 2 2
Leonardo Silva (ZAG) 47 46 1 13 2 2
Thiago Ribeiro (ATA) 46 39 7 6 2 2
Wellington Paulista (ATA) 45 39 6 9 2 2
Fabrício (VOL) 47 46 1 12 3 0
Elicarlos (VOL) 42 22 20 10 0 1
10º Kléber (ATA) 38 34 4 11 4 0
11º Gerson Magrão Simbolo jogador base.png (MEI) 36 33 3 12 0 0
12º Jancarlos (LAT) 33 20 13 4 2 2
13º Soares (ATA) 30 12 18 3 0 2
14º Thiago Heleno Simbolo jogador base.png (ZAG) 30 27 3 11 1 2
15º Diego Renan Simbolo jogador base.png (LAT) 30 25 5 2 1 1
16º Ramires (VOL) 28 26 2 6 1 2
17º Bernardo Simbolo jogador base.png (MEI) 28 11 17 2 1 0
18º Wagner (MEI) 25 21 4 5 0 2
19º Léo Fortunato (ZAG) 19 18 1 7 0 2
20º Gil (ZAG) 19 18 1 8 0 0
21º Gilberto (MEI) 19 18 1 6 1 0
22º Fabinho Alves (VOL) 19 11 8 3 1 0
23º Athirson (LAT) 15 5 10 1 0 0
24º Anderson Beraldo (ZAG) 14 12 2 2 0 0
25º Guerrón (ATA) 14 5 9 2 0 0
26º Fernandinho (LAT) 11 8 3 7 1 2
27º Wanderley dos Santos (ATA) 12 2 10 4 0 0
28º Gustavo Schiavolin (ZAG) 9 8 1 2 0 0
29º Zé Carlos (ATA) 9 4 5 1 1 0
30º Vinícius Santos (LAT) 8 4 4 0 0 0
31º Leandro Lima (MEI) 8 2 6 1 0 0
32º Andrey (GOL) 8 8 0 2 0 0
33º Cláudio Caçapa (ZAG) 7 4 3 0 0 0
34º Sorín (LAT) 6 5 1 2 0 0
35º Dudu Simbolo jogador base.png (MEI) 6 2 4 0 0 0
36º Eliandro Simbolo jogador base.png (ATA) 4 0 4 0 0 1
37º Camilo (MEI) 3 1 2 0 0 2
38º Alessandro (MEI) 2 1 1 0 0 1
39º Patric (ZAG) 2 0 2 0 0 0
40º Rômulo (ATA) 2 0 2 0 0 0
41º Neguete (ZAG) 2 2 0 1 0 0
42º Anderson Uchôa Simbolo jogador base.png (MEI) 2 1 1 0 0 0
43º Anselmo Ramon (ATA) 0 0 0 0 0 1
44º Mateus Ribeiro (MEI) 1 1 0 0 0 0
45º Luisão Santos (ZAG) 1 1 0 0 0 0
46º Elisson Simbolo jogador base.png (GOL) 0 0 0 0 0 1
47º Carlos Magno (VOL) 0 0 0 0 0 1
48º Bruno Maranhão (ATA) 0 0 0 0 0 1
49º Hugo Veloso (MEI) 0 0 0 0 0 1
50º Fábio Cracco (MEI) 0 0 0 0 0 1
51º Fidel Martínez (ATA) 0 0 0 0 0 1
52º Wagner Alegrete (LAT) 0 0 0 0 0 1
53º Luquinha () 0 0 0 0 0 1
54º Leandro Amaro Simbolo jogador base.png (ZAG) 0 0 0 0 0 1
55º Rodrigão (ZAG) 0 0 0 0 0 1
56º Radar (LAT) 0 0 0 0 0 1
57º Joabe (MEI) 0 0 0 0 0 1
58º Hérick (ZAG) 0 0 0 0 0 1
59º João Víctor (LAT) 0 0 0 0 0 1
60º Aldo Simbolo jogador base.png (MEI) 0 0 0 0 0 1
61º Reina (MEI) 0 0 0 0 0 1
62º Sandro Manoel (VOL) 0 0 0 0 0 1
  • Simbolo jogador base.png - Jogador formado na Base


Público e rendas[editar]

Motivo Jogo Público pagante Renda Bruta Renda Líquida
(com sócio)
Renda Líquida
(sem sócio)
% Bruto/líquido Ingresso médio
Mineiro Escudo Social.png Social 15.844 R$ 225.967,50 R$ 138.902,90 R$ 138.902,90 61,47% R$ 14,26
Mineiro Escudo Guarani-MG.png Guarani-MG 5.539 R$ 51.060,00 R$ 26.027,23 R$ 26.027,23 50,97% R$ 9,22
Mineiro Escudo Atlético-MG.png Atlético-MG 47.803 R$ 972.856,50 R$ 705.339,77 R$ 423.203,86 72,50% R$ 20,35
Libertadores Escudo Estudiantes.png Estudiantes 33.969 R$ 827.617,50 R$ 0,00 R$ 0,00 0% R$ 24,36
Mineiro Escudo Ituiutaba.png Ituiutaba 11.674 R$ 167.927,50 R$ 94.789,06 R$ 94.789,06 56,45% R$ 14,38
Mineiro Escudo Tupi.png Tupi 9.536 R$ 139.547,50 R$ 70.727,85 R$ 70.727,85 50,68% R$ 14,63
Libertadores Escudo Universitário Sucre.png Universitário Sucre 14.439 R$ 319.065,00 R$ 0,00 R$ 0,00 0% R$ 22,10
Mineiro Escudo Democrata-GV.png Democrata-GV 3.425 R$ 29.812,90 R$ -15.962,11 R$ -21.497,11 0% R$ 8,70
Mineiro Escudo Tupi.png Tupi 9.882 R$ 141.137,50 R$ 44.523,99 R$ 44.523,99 31,55% R$ 14,28
Mineiro Escudo Ituiutaba.png Ituiutaba 13.878 R$ 184.352,50 R$ 95.961,98 R$ 95.961,98 52,05% R$ 13,28
Libertadores Escudo Deportivo Quito.png Deportivo Quito 34.175 R$ 460.350,00 R$ 0,00 R$ 0,00 0% R$ 13,47
Mineiro Escudo Atlético-MG.png Atlético-MG 47.889 R$ 1.078.742,50 R$ 782.449,29 R$ 461.863,80 72,53% R$ 22,53
Brasileiro Escudo Flamengo.png Flamengo 24.564 R$ 473.947,50 R$ 394.920,15 R$ 394.920,15 83,33% R$ 19,29
Libertadores Escudo Universidad de Chile.png Universidad de Chile 36.898 R$ 741.422,50 R$ 0,00 R$ 0,00 0% R$ 20,09
Brasileiro Escudo Vitória.png Vitória 7.344 R$ 153.200,00 R$ 81.255,03 R$ 81.255,03 53,04% R$ 20,86
Libertadores Escudo São Paulo.png São Paulo 52.906 R$ 1.376.847,50 R$ 0,00 R$ 0,00 0% R$ 26,02
Brasileiro Escudo Internacional.png Internacional 16.687 R$ 332.191,91 R$ 254.273,09 R$ 100.771,18 76,54% R$ 19,91
Brasileiro Escudo Grêmio Prudente.png Barueri 6.117 R$ 96.762,24 R$ 33.366,25 R$ 8.173,51 34,48% R$ 15,82
Brasileiro Escudo Avaí.png Avaí 3.435 R$ 59.776,22 R$ 3.380,46 R$ -15.611,05 5,66% R$ 17,40
Brasileiro Escudo Atlético-MG.png Atlético-MG 22.583 R$ 424.612,23 R$ 302.116,64 R$ 288.504,64 71,15% R$ 18,80
Libertadores Escudo Estudiantes.png Estudiantes 64.800 R$ 2.764.366,43 R$ 0,00 R$ 0,00 0% R$ 42,66
Brasileiro Escudo Corinthians.png Corinthians 32.595 R$ 629.629,82 R$ 457.374,56 R$ 380.578,83 72,64% R$ 19,32
Brasileiro Escudo Sport.png Sport 17.954 R$ 292.302,87 R$ 198.202,62 R$ 89.934,55 67,81% R$ 16,28
Brasileiro Escudo Atlético-PR.png Atlético-PR 15.485 R$ 186.728,70 R$ 194.125,05 R$ 67.321,34 103,96% R$ 12,06
Brasileiro Escudo Santos.png Santos 16.939 R$ 315.294,14 R$ 222.458,83 R$ 105.254,59 70,56% R$ 18,61
Brasileiro Escudo Náutico.png Náutico 14.708 R$ 271.899,72 R$ 185.443,78 R$ 66.879,06 68,20% R$ 18,49
Brasileiro Escudo São Paulo.png São Paulo 28.303 R$ 618.014,25 R$ 484.272,26 R$ 287.405,50 78,36% R$ 21,84
Brasileiro Escudo Palmeiras.png Palmeiras 26.282 R$ 574.365,00 R$ 440.236,87 R$ 235.529,37 76,65% R$ 21,85
Brasileiro Escudo Goiás.png Goiás 7.693 R$ 136.430,50 R$ 66.410,80 R$ -10.407,27 48,68% R$ 17,73
Brasileiro Escudo Botafogo.png Botafogo 28.504 R$ 415.258,81 R$ 294.068,25 R$ 189.927,44 70,82% R$ 14,57
Brasileiro Escudo Santo André.png Santo André 19.567 R$ 302.458,43 R$ 208.847,46 R$ 91.324,03 69,05% R$ 15,46
Brasileiro Escudo Fluminense.png Fluminense 49.140 R$ 830.627,84 R$ 658.455,72 R$ 527.140,88 79,27% R$ 16,90
Brasileiro Escudo Grêmio.png Grêmio 51.534 R$ 809.077,24 R$ 634.992,31 R$ 498.550,07 78,48% R$ 15,70
Brasileiro Escudo Coritiba.png Coritiba 27.291 R$ 408.077,83 R$ 291.995,13 R$ 196.169,80 71,55% R$ 14,95
Total 819.382 (média: 24.099) R$ 16.811.728,58 R$ 7.348.955,22 R$ 4.918.125,21 43,71% R$ 20,52

* Não temos acesso aos borderôs da Libertadores e por isso não sabemos as rendas líquidas

Jogos[editar]

Legenda
Vitória Empate Derrota

Ver também[editar]