Categoria:Temporada 2003

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
(Redirecionado de 2003)
Ir para: navegação, pesquisa
← Temporada 2002 Icone-Calendario.png Temporada 2004 →


Sobre temporada

Se há um ano na História do Cruzeiro em que o torcedor celeste tinha certeza que seu time era imbatível, essa temporada foi 2003. Campeão Mineiro, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, o time estrelado derrotou todos os seus adversários no decorrer do ano, à exceção do São Caetano. Contra o Azulão, foi um empate e uma derrota.

Foram nada menos que 179 gols marcados na temporada, 102 deles só no Brasileirão. Para se ter uma ideia, o Cruzeiro de 2010 teve o ataque mais positivo da Libertadores, com 26 gols, e anotou apenas 124 tentos em todo o ano.

No Campeonato Mineiro, o Cruzeiro foi campeão invicto, com 10 vitórias e dois empates. A competição foi disputada em sistema de pontos corridos e, no jogo considerado mais importante, o clube celeste bateu o rival Atlético-MG por 4 a 2, de virada, no Mineirão, com gols de Alex (2), Deivid e Marcelo Ramos.

Na Copa do Brasil, outro título invicto. Foram 11 jogos, com oito vitórias e três empates. Depois de passar fácil por Vasco e Goiás, nas quartas de final e semifinal, o Cruzeiro atropelou o favorito Flamengo na decisão.

No Maracanã, a Raposa saiu na frente com um golaço de Alex, de letra. O Flamengo empatou aos 48 minutos do segundo tempo e alimentou as esperanças de conquistar o bi da competição nacional. No Mineirão, porém, o clube celeste marcou três gols em apenas 28 minutos e administrou o jogo até o fim. O time rubro-negro ainda fez um gol de honra no segundo tempo, mas viu o Cruzeiro ser tetracampeão da Copa do Brasil diante de 79.614 pagantes no Gigante da Pampulha.

No Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro sobrou em campo. O time somou 100 pontos na competição, um recorde na história do torneio. Os principais jogos do segundo turno ocorreram contra o Santos, o Atlético-MG e o Paysandu, todos eles no Mineirão.

O Peixe era o principal adversário do Cruzeiro na briga pelo título e perseguia o clube celeste de perto. No duelo do segundo turno, a Raposa não deu chances ao adversário e fez 3 a 0, diante de 65.366 pagantes, no Gigante da Pampulha.

Contra o Atlético-MG, a torcida cruzeirense fez a sua parte, foi maioria entre os 66.930 torcedores no Mineirão e comemorou o triunfo por 1 a 0, com gol de Mota, que deu ainda mais moral ao clube na disputa pelo título. Com a vitória, o Cruzeiro abriu 12 pontos de vantagem sobre o Santos, segundo colocado, e os cruzeirenses ficaram ainda mais confiantes na conquista.

A confirmação matemática do título veio com duas rodadas de antecedência, no duelo contra o Paysandu, no Mineirão, com gols de Zinho e Mota. O Cruzeiro ainda foi o campeão de público daquele campeonato, com média de 26.366 pagantes por jogo, no Brasileirão mais longo da história (ao lado da edição de 2004), com 46 partidas.

Geral

Mando de Campo Jogos Aprov. em pts Vitórias (aprov.) Empates Derrotas Gols
Feitos
Gols
Sofridos
Saldo de
Gols
Média de
gols
Média de
gols sofridos

Geral 73 77,17% 52
(71,23%)
13 8 179 70 109 2,45 0,96
Mandante 35 85,71% 28
(80,00%)
6 1 100 28 72 2,86 0,80
Visitante 36 67,59% 22
(61,11%)
7 7 68 39 29 1,89 1,08
Amistosos 2 100,00% 2
(100,00%)
0 0 11 3 8 5,50 1,50

Artilharia

- Jogador Gols Gol aos  do
Alex 40
Aristizábal 28
Deivid 27
Mota 25
Márcio Nobre 10
Edu Dracena 5
Thiago Gosling 5
Maurinho 5
Cris 4
10º Marcelo Batatais 4
11º Marcelo Ramos 4
12º Augusto Recife 3
13º Zinho 3
14º Wendel 2
15º Luisão 2
16º Felipe Melo 2
17º Diego Clementino 1
18º Alex Alves II 1
19º Irineu 1
20º Sandro 1
21º Jussiê 1
22º Leandro Silva 1
23º Contra aos  do 2

Estatísticas

Jogador Jogos oficiais Titular Reserva Cartões Cartão amarelo recebido aos Cartões Cartão vermelho recebido aos Amistosos
Alex 61 59 2 11 0 2
Alex Alves II 11 2 9 1 0 0
Alex Dias 10 2 8 0 0 0
Alê 0 0 0 0 0 1
Aristizábal 54 45 9 6 0 0
Artur 6 6 0 0 0 2
Augusto Recife 63 61 2 7 2 2
Claudinei 9 7 2 1 0 0
Cris 33 31 2 4 0 2
Deivid 38 38 0 2 0 0
Diego Clementino 2 1 1 0 0 1
Edu Dracena 49 48 1 12 1 0
Emerson 0 0 0 0 0 1
Felipe Melo 33 14 19 7 0 0
Gladstone 5 3 2 0 0 0
Gomes 65 65 0 1 0 2
Irineu 2 2 0 1 1 1
Itaparica 1 0 1 0 0 0
Jardel 10 3 7 1 0 0
Jorge Wagner 1 0 1 0 0 2
Jussiê 12 1 11 1 0 0
Kanú 3 0 3 1 0 1
Leandro Silva 56 56 0 5 0 0
Luisão 31 30 1 8 1 0
Maicon 17 9 8 1 0 0
Maldonado 29 29 0 9 1 0
Marcelo Batatais 11 11 0 0 0 2
Marcelo Ramos 14 4 10 0 1 2
Marcinho II 1 0 1 1 0 0
Martinez 20 20 0 3 1 2
Maurinho 64 63 1 10 0 2
Mota 58 33 25 6 0 2
Márcio Nobre 51 23 28 4 1 1
Paulo Miranda 10 9 1 1 0 2
Rondinelli 0 0 0 0 0 1
Ruy 3 0 3 0 0 2
Sandro 28 19 9 5 0 2
Thiago Gosling 41 35 6 11 1 2
Thiago Pereira 2 0 2 0 0 0
Wendel 52 35 17 8 0 1
Zinho 32 17 15 2 0 0

Públicos e Rendas

Motivo Jogo Público pagante Renda Bruta Ingresso médio
Campeonato Mineiro 2003 Caldense 5.919 R$ 27.456,00 R$ 4,64
Campeonato Mineiro 2003 Social 8.206 R$ 38.908,00 R$ 4,74
Campeonato Mineiro 2003 Atlético-MG 45.027 R$ 414.902,00 R$ 9,21
Campeonato Mineiro 2003 Mamoré 5.720 R$ 27.323,00 R$ 4,78
Campeonato Mineiro 2003 Guarani-MG 7.866 R$ 17.140,00 R$ 2,18
Campeonato Mineiro 2003 Tupi 34.665 R$ 48.475,00 R$ 1,40
Campeonato Brasileiro 2003 São Caetano 10.705 R$ 100.003,00 R$ 9,34
Copa do Brasil 2003 Corintians-RN 4.621 R$ 20.153,00 R$ 4,36
Campeonato Brasileiro 2003 Ponte Preta 12.577 R$ 107.357,50 R$ 8,54
Campeonato Brasileiro 2003 Goiás 12.627 R$ 110.303,00 R$ 8,74
Copa do Brasil 2003 Vila Nova-GO 5.983 R$ 26.836,00 R$ 4,49
Campeonato Brasileiro 2003 Atlético-PR 13.120 R$ 101.830,00 R$ 7,76
Copa do Brasil 2003 Vasco 28.938 R$ 238.529,00 R$ 8,24
Campeonato Brasileiro 2003 Corinthians 52.126 R$ 424.747,00 R$ 8,15
Copa do Brasil 2003 Goiás 24.303 R$ 108.929,00 R$ 4,48
Campeonato Brasileiro 2003 Criciúma 10.541 R$ 74.821,00 R$ 7,10
Copa do Brasil 2003 Flamengo 79.614 R$ 700.626,00 R$ 8,80
Campeonato Brasileiro 2003 Atlético-MG 44.521 R$ 411.556,50 R$ 9,24
Campeonato Brasileiro 2003 Internacional 24.409 R$ 221.246,00 R$ 9,06
Campeonato Brasileiro 2003 Fortaleza 8.920 R$ 66.625,00 R$ 7,47
Campeonato Brasileiro 2003 Vasco 13.207 R$ 112.597,00 R$ 8,53
Campeonato Brasileiro 2003 Paraná Clube 15.290 R$ 123.349,00 R$ 8,07
Campeonato Brasileiro 2003 Bahia 17.339 R$ 75.547,50 R$ 4,36
Campeonato Brasileiro 2003 São Paulo 30.331 R$ 268.151,00 R$ 8,84
Campeonato Brasileiro 2003 Coritiba 17.407 R$ 143.423,00 R$ 8,24
Copa Sul-Americana 2003 São Caetano 2.117 R$ 10.809,00 R$ 5,11
Campeonato Brasileiro 2003 Guarani 12.052 R$ 91.969,00 R$ 7,63
Campeonato Brasileiro 2003 Santos 65.366 R$ 605.861,00 R$ 9,27
Campeonato Brasileiro 2003 Vitória 24.992 R$ 204.100,50 R$ 8,17
Campeonato Brasileiro 2003 Flamengo 22.740 R$ 140.842,50 R$ 6,19
Campeonato Brasileiro 2003 Juventude 24.843 R$ 198.514,00 R$ 7,99
Campeonato Brasileiro 2003 Figueirense 22.472 R$ 184.176,00 R$ 8,20
Campeonato Brasileiro 2003 Grêmio 49.069 R$ 237.091,50 R$ 4,83
Campeonato Brasileiro 2003 Paysandu 73.141 R$ 827.201,00 R$ 11,31
Campeonato Brasileiro 2003 Fluminense 37.728 R$ 481.112,50 R$ 12,75
Total 868.502 (média: 24.814) R$ 6.992.510,50 (média: R$ 199.786,01) R$ 8,05

Subcategorias

Esta categoria possui as seguintes 5 subcategorias, de um total de 5.

A

C

Páginas na categoria "Temporada 2003"

As seguintes 74 páginas pertencem a esta categoria, de um total de 74.

2